Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Rede de Agricultura Urbana do Rio de Janeiro
Tela cheia Sugerir um artigo

Seminário Sistemas Alimentares Sustentáveis

17 de Julho de 2013, 21:00 , por Bruno Prado - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 154 vezes

 

Sim, a cidade do Rio tem agricultura
 
Seminário discute produção, acesso, consumo e divulgação de alimentos no município do Rio de Janeiro
No dia 12 de agosto, agricultores e entidades que apoiam a produção local se reúnem no seminário Sistemas alimentares sustentáveis: desafios da inclusão produtiva para fomentar a segurança alimentar e nutricional do município do Rio de Janeiro. O evento vai acontecer no Centro Municipal de Arte Hélio Oticica, com organização do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea-Rio). É aberto ao público, e trata-se de uma oportunidade para conhecer quem planta e o que se produz na cidade; e também de colaborar com soluções para estreitar a distância entre produtores e consumidores locais.
O objetivo é discutir produção, acesso, consumo e divulgação de alimentos cultivados no município. Esse sistema deve ser mais sustentável, pois envolve saúde, economia, meio ambiente, manutenção da biodiversidade, políticas públicas, e a preservação de tradições regionais. O aipim da terra preta da Santa Cruz, o caqui da Pedra Branca, a banana de Vargem Grande, além de coco, chuchu e inhame são alguns sabores produzidos na região, que apesar de ter mais de 9.200 trabalhadores em áreas rurais, o Plano Diretor do Rio de Janeiro (Lei Complementar nº111/2011), considera o município “inteiramente urbano”. Ou seja, não há espaço para agricultura na cidade.
Com isso, esse contingente de agricultores familiares, segundo dados do Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), enfrenta dificuldades para escoar a produção em feiras, mercados e programas de compra de alimentos, como o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Por sua vez, o consumidor desconhece essa realidade, e não encontra com facilidade alimentos e produtos da agricultura familiar de sua região. Este desencontro é uma das pautas que irá permear as mesas-redondas do seminário ao reunir representantes do sistema alimentar carioca e autoridades de cinco secretarias municipais. Entre os convidados, Miriam Langenbach, idealizadora da Rede Ecológica, um modelo de compras coletivas; Teresa Corção, chef de cozinha, presidente do Instituto Ecochefs Maniva e diretora de sustentabilidade do SindRio; e Gabriela Fernandez Sanches, doutora em economia agrária.
Além dos debates, está prevista a atividade “Diálogos Transversais”, com a finalidade de promover a circulação de ideias e soluções entre os participantes. Esta será a matéria-prima para propor encaminhamentos a partir do seminário. A comida é o vínculo mais resistente de uma cultura, depois da língua. Conhecer o que se come é fundamental para promover um sistema alimentar sustentável para agricultores e consumidores. O seminário será um espaço de troca de saberes a fim de manter e cultivar uma agricultura urbana vigorosa na cidade maravilhosa.
Serviço
Sistemas alimentares sustentáveis: desafios da inclusão produtiva para fomentar a segurança alimentar e nutricional do município do Rio de Janeiro
Quando: 12 de agosto
Horário: 9h às 17h
Local: Centro Municipal de Arte Hélio Oticica - auditório do CMAHO
Endereço: Rua Luís de Camões, nº 68 - Centro – RJ
Informações e inscrições: 2976-1034 e [email protected]

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    Rede de Agricultura Urbana do Rio de Janeiro

    Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brazil

    Galeria de Imagens