Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Fórum Regional Economia Solidária de Florianópolis
Tela cheia

Reunião de Novembro do Fórum Regional de Economia Solidária de Florianópolis

19 de Dezembro de 2015, 10:15 , por Fórum Regional Economia Solidária de Florianópolis - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 81 vezes

contribuição Ana Alves

 

REUNIÃO DO FÓRUM REGIONAL DE ECONOMIA SOLIDARIA

A reunião do Fórum Regional de Economia Solidaria de Florianópolis foi realizada no dia 05/11/2015, entre 14:00 até 17:00 horas, no Auditório da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Santa Catarina (SRTE/MTE). Iniciou com a apresentação de cada participante, Ana Alves (ITCP UNIVALI), Mirian (Rede de Fibra ), Dilu (Ecotramadeiras), Marilda (Flor de Lótus), Beatriz (Flor de Lótus), Maria Ilene (GAAI), Denise (GAAI), Doraci (Mãos que criam), Elenice (Mãos que criam), Fatima (Grupo familiar Reci), Lucas (ONG KRX), Cleber (ONG KRX), Sonia (Instituição Escrava Anastácia), Ilene (Instituição Escrava Anastácia), Ivanete (MMM), Ivone (MMM), Glaico (Dom Natural), Joana (UFSC), Mariana (GAAI), Cristina Collaço (SRTE), Lucia (GAAI), Patrícia (IGEOF), Natalia(IGEOF), Neide(UDESC), Leila (ITCP UNIVALI), Luiz Carlos (Fundação Catarinense de Cultura), Carlos (Jornal Comunitário), Rita (Floripamel). A pauta da reunião foi assim estruturada: Informações e conceitos sobre a EcoSol (Miriam);                                           Box do Mercado Público (IGEOF); Feiras e Informes. Miriam iniciou a reunião apresentando a EcoSol, repassando os princípios, aproveitando a oportunidade para apresentar a proposta e conceitos para os novos integrantes. Apresentou o Fórum e lembrou que o mesmo é composto por 23 municípios e o Box deve atender a todos. Cristina passa a palavra para as gestoras publicas do IGEOF da Prefeitura Municipal de Florianópolis, Patrícia e Natalia. Natalia inicia relatando a historia do Box, e as transições ocorridas na gestão do IGEOF. Foi definida a destinação do Box para uso do Fórum e Cristina Collaço comunicou que foi definida a data de inauguração e início das atividades para o dia 15/12/2015. O que ficou definido em relação á Coordenação do Box, é que devido às exigências que devem ser cumpridas, impostas pelo Prefeito de Florianópolis e da Administração do Mercado Público é que a mesma fique com o IGEOF, já que o Box pertence ao órgão e o mesmo deverá prestar contas. Porém a gestão de uso fica por conta do movimento, lembrando que todos devem colaborar com o trabalho e ter comprometimento, deixando claro que em hipótese alguma o Box poderá permanecer fechado. Foi sugerido pelo IGEOF o nome “Empório da Economia Solidária” para a loja e, ao ser rejeitado por algumas pessoas, recorreu-se à votação foi aceito pela maioria dos integrantes presentes e a placa já esta sendo encaminhada por Cristina Collaço. Patrícia apresentou um material – Regimento - do CEPESI para os empreendimentos terem um parâmetro de gestão, sugerindo que os mesmos se reunissem para elaborar o referido material. Em relação à mobília, foi cedido por uma empresaria não integrante do Fórum, móveis de madeira de demolição, temporariamente e mediante etiquetas de divulgação, sendo que a ideia aparentemente foi aprovada pela maioria. Foi mencionado que os produtos devem ter uma etiqueta padrão, trazendo a origem e o conceito do produto dentro da EcoSol. Também foi sugerido a implementação de uma maquina de cartão de crédito e débito, mais para isso deve-se formalizar uma associação. Finalizando, Patrícia e Natalia deixam claro que são apenas propostas de Regimento Interno e não querem interferir na decisão do Fórum e tendo Regulamento ou não a data para inauguração foi agendada pela SRTE e Prefeitura, e acertada para dia 15/12/2015. Natalia lembrou que o Box é uma passagem para a feira, e estão com intenção de realizar a Feira da Economia Solidária uma vez por mês, e o Fórum irá decidir se é viável por conta dos produtos. A primeira feira já esta marcada para o dia 26/11/2015, sendo que o transporte das tendas do Cepesi/Itajaí e retorno será realizado pela ITCP UNIVALI. Glaico também trouxe uma proposta de gestão apresentada por Cleber e Lucas que inicialmente se apresentaram como empresários, e posteriormente falaram que querem entrar no Fórum como um empreendimento gestor, eles trouxeram a ideia de implantar um Administrador e um Vendedor (Lucas se disponibiliza a vender), gratuitamente e temporariamente, também deram a ideia de estruturar um empreendimento social, incorporar um sistema (site). Mariana (GAAI) elogia a ideia do site, porem acha que esta tendo um distanciamento enquanto as decisões. Prof.ª Leila volta a falar do material do CEPESI, sendo que a mesma ajudou a elaborar, acredita que toda gestão deve se feita pelos empreendimentos, e os mesmos devem saber lidar e solucionar os conflitos que possam vir a aparecer, e elogia a proposta apresentada por Cleber e Lucas mas acha que eles precisam se entrosar um pouco mais com a Economia Solidaria, que entende a Economia Solidária como um processo coletivo, onde todos devem pensar e tomar as decisões juntos. Desta forma como está ocorrendo o processo não se configura como Economia Solidária. Glaico acabou demonstrando descontentamento com a viabilidade do movimento ao dizer que ninguém vive de Economia Solidaria, que falta atitude na pratica, que precisam de avanço, gerar renda, estão assim desde 2013 e as coisas precisam evoluir. Carlos também se pronuncia e fala que o Box é uma oportunidade única, que todos querem, mas ninguém quer assumir responsabilidades e com isso já perderam algumas oportunidades e acredita na proposta de Lucas e Cleber. Após, foi deliberado os grupos que irão participar das feiras do dia 12/11/2015 (Feira de Tijucas) e do dia 26/11/2015 (Feira da Praça da Alfândega). Encerrando a reunião, foi marcada uma nova reunião para o dia 11/11/2015 no mesmo endereço e local no horário das 13h00min ás 16h00min para debater sobre o regimento interno do Box. Cristina Collaço se responsabilizou de convocar os membros do Fórum por e-mail. Esta ata foi elaborada por Ana Alves e revisada por Leila Andrésia Severo.

 

 


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    FRES Floripa

    FRES em fotos