Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Economia Solidária no DF

18 de Setembro de 2015, 15:33 , por Synara de Almeida Pinto - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 127 vezes

Representantes da Economia Solidária do Distrito Federal se reuniram nesta última terça-feira (08/09), com a nova diretora de Economia Solidária da Setrab, a Sra. Stefania Victorette.

Além da apresentação do trabalho que já é realizado no DF, os representantes conversaram sobre as expectativas em relação ao desenvolvimento da política pública que atende aos empreendimento de economia solidária. 

A economia solidária dialoga com várias outras políticas por atender um público bem diverso: mulheres, negros, catadores, cultural, juventude, agricultura familiar, artesãos, saúde mental, entre outros. Desta forma há projetos que estão sendo realizados também em outras secretarias, como o exemplo do projeto de "Ações Integradas", convênio Secretaria da Cultura com GDF. O dianóstico que se faz é que as ações do poder público atualmente estão dispersas e poderiam ter maior efetividade e impacto no desenvolvimento territorial se estivessem mais integradas. Ainda há o trabalho de organizações de apoio e fomento e redes de economia solidária que também, nas ações estratégicas, poderiam dialogar mais com a política pública. 

Chamaram a atenção ainda para o fato de que o FES-DFE, integra não somente DF mas também seu Entorno. Os EES das cidades de Goiás que estão mais próximos tem o DF enquanto referencia para articulação. Por isto outro ponto importante é também no planejamento da política levar em consideração esta característica.  

Foi tema da conversa o Cadastro de Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) - CADSOL. Este é um intrumento importante, por reconhecer oficialmente o sujeito da política de economia solidária. Os empreendimentos que ainda não tem seu certificado, podem fazer sua inscrição no site do Ministério do Trabalho. A própria diretoria, em conversas anteriores já havia sinalizado o compromisso de apoiar a mobilização e inscrição dos EES. Sobre o CADSOL clique aqui

Foram colocadas enquanto ações prioritárias e imediatas para a diretoria: o Conselho Distrital de Economia Solidária e a elaboração do Plano Distrital de Economia Solidária. 

Quanto a este último, foram realizadas, ano passado, conferências territoriais e uma distrital que levantaram diagnósticos e demandas para elaboração do plano. Devido à mudança de governo, ainda não houve a definição do documento. Importante destacar que já existe um plano nacional que deverá uma referencia para o documento distrital. 

Foi consenso de que o primeiro passo, é a criação do Conselho Distrital de Economia Solidária. Segundo representantes presentes, o Conselho existe na lei, mas nunca saiu do papel. O próprio FES-DFE já encaminhou carta de solicitação para o GDF, para que a Setrab fique como esta referencia uma vez que a secretaria que era a titular do conselho, na transição de governo, foi extinta. Destacaram a importancia de ter presente as demais secretarias que já possuem ação de economia solidária ou de alguma forma dialogam com esta política. 

Neste dia, ainda foi pauta, o Circuito Ecosol DF, que tem a proposta de reunir várias ações de economia solidária, entre elas feiras, formações, apresentações culturais, com objetivo de divulgar a economia solidária e fortalecer os EES. Esta é uma ação iniciada este ano, já enquanto parceria da Diretoria de Economia Solidária e o Fórum. Já estão em planejamento as próximas edições mensais até o final do ano. 

[+] INFORMAÇÕES: [email protected]

 


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    FESDFE - Fórum de Economia Solidária do DF e Entorno

    Brasília - Distrito Federal - Brazil

    9 integrantes