Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Blog
Tela cheia

[Atividade 1 - da Semana 1] GT de Mulheres FBES

21 de Setembro de 2015, 15:22 , por Fabiane K Bogdanovicz - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 13 vezes

Informação 1: Cite 3 coisas "boas" que existem na relação com grupos de economia solidária.

Minha resposta pessoal:
1 - Aprender a respeitar e conviver 
2 - Diversidade
3 - Empoderamento feminino
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Informação 2: Cite 3 coisas "ruins" que podem existir na relação com grupos de economia solidária.

Minha resposta pessoal:
1 - Quando existe autoritarismo 
2 - Quando os princípios da EcoSol não são respeitados
3 - A convivência forçada entre EcoSol e mundo capitalista, que ainda dificulta a concretização da nossa utopia
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Informação 3: a) Fale sobre "familia" (o que quiser); b) Cite palavras que te referenciam; c) Diga os coletivos/grupos/movimentos/lutas de que faz parte.

Minha resposta pessoal:
a) Família não é sangue, é amor, respeito, companheirismo, cuidado.

b) Participação, trabalho, apoio, busca, estudo, aprendizagem, crescimento, movimento.

c) Movimento Feminista (Coletivo Feminista Corina Portugal), Movimento pelos Direitos Animais (AVEG), movimento da EcoSol (fórum regional, fórum estadual, conselho municipal, Rede de ITCPs, CFES), Comissão Setorial do Conselho Regional de Psicologia do Paraná, atuação pelos Direitos Humanos, especialmente as questões LGBT, e atuação junto ao MST e Educação Popular através da IESol (Incubadora de Empreendimentos Solidários).
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Informação 4: Sonho de vida para daqui a 5 anos? (escreva o que quiser)

Minha resposta pessoal: continuar sempre mais atuante junto aos movimentos sociais, especialmente através da Psicologia da Libertação; aumentar meu conhecimento prático da agroecologia, através da ampliação da minha horta; ampliar atuação dentro da Psicologia pelo compromisso social junto às minorias.


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar