Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

Voltar a Notas
Tela cheia

Soluções sociais podem ser premiadas pela Fundação BB

27 de Abril de 2015, 16:17 , por Marcelo Inácio de Sousa - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 236 vezes
Licenciado sob CC (by-nc-nd)

A 8ª edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil 2015 irá reconhecer boas práticas voltadas para comunidades tradicionais, agricultores familiares e assentados da reforma agrária. O valor total do Prêmio FBB de Tecnologia Social é de R$ 600 mil, sendo que, desses, R$ 100 mil são exclusivamente para as soluções que levam à inclusão socioprodutiva desses povos.

Além de Comunidades Tradicionais, Agricultores Familiares e Assentados da Reforma Agrária, serão premiadas também iniciativas em outras cinco categorias: Tecnologias Sociais para meios urbanos; Juventude; Mulheres; Gestores Públicos; Instituições de Ensino, Pesquisa e Universidades. Serão R$ 50 mil para as iniciativas vencedoras em cada uma das seis categorias e mais R$ 25 mil para cada uma das outras duas finalistas de cada categoria. Em sete edições realizadas, de 2001 a 2013, foram concedidos mais de R$ 3 milhões ao aprimoramento das tecnologias sociais vencedoras, por meio de projetos apresentados à Fundação Banco do Brasil.

Os projetos inscritos passam por um processo de triagem que inclui as fases de certificação, seleção das finalistas, julgamento das vencedoras e premiação, observados os critérios e parâmetros estabelecidos no Regulamento. As iniciativas finalistas e as certificadas vão para o Banco de Tecnologias Sociais da Fundação BB, com o objetivo de facilitar reaplicação em outras comunidades.

As inscrições estão abertas até 31 de maio e podem se inscrever, pelo site www.fbb.org.br/tecnologiasocial, instituições sem fins lucrativos, de direito público ou privado. A categoria "Comunidades Tradicionais, Agricultores Familiares e Assentados da Reforma Agrária" foi incluída no Prêmio a partir de 2013 e três iniciativas foram vencedoras naquela edição: Etnomapeamento em Terras Indígenas do Acre para a Gestão Territorial e Ambiental, de Rio Branco (AC), Agrofloresta Baseada na Estrutura, Dinâmica e Biodiversidade Florestal, de Barra do Turvo (SP) e Pescando com Redes 3G, de Brasília (DF).

BANCO DE TECNOLOGIAS SOCIAIS

As tecnologias sociais certificadas pela Fundação Banco do Brasil, por meio do Prêmio, passam a integrar o Banco de Tecnologias Sociais (BTS), uma base de dados on-line disponível no site www.fbb.org.br/tecnologiasocial que contém informações sobre as tecnologias e instituições que as desenvolveram. O BTS é o principal instrumento utilizado pela Fundação BB para disseminar, promover e fomentar a reaplicação de tecnologias sociais. Ao todo, a plataforma online reúne, hoje, 696 dessas tecnologias, todas elas certificadas em edições anteriores do Prêmio.

O PRÊMIO

Realizado a cada dois anos pela Fundação Banco do Brasil, o Prêmio tem como objetivo identificar tecnologias sociais inovadoras, que promovam o envolvimento da comunidade, transformação social efetiva e possibilidade de serem reaplicadas, implementadas em âmbito local, regional ou nacional e que sejam efetivas na solução de questões relativas à alimentação, educação, energia, habitação, meio ambiente, recursos hídricos, renda e saúde. O Prêmio é realizado em parceria com a Petrobras,  Banco Interamericano de Desenvolvimento BID, a KPMG Auditores Independentes, além da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

[+] FONTE: FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL

Categorias

Finanças Solidárias, Mulheres, Agricultura Familiar
Tags deste artigo: prêmio fbb tecnologia social

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar