Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

Empreendimento de Economia Solidária

Feira Empreendimento de Economia Solidária

Tela cheia

Quem somos

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 30 vezes

Feiras orgânicas da ABIO

 

Em 2007, quando existia apenas uma Feira Orgânica na cidade do Rio de Janeiro – a Feira da Glória, criada em 1995, a ABIO realizou um Seminário Interno para buscar soluções para as dificuldades de escoamento dos produtos de seus Associados. Desse Seminário, saiu a recomendação de que a ABIO deveria retomar às suas origens, concentrando esforços na venda direta, principalmente em feiras  e em mercados institucionais, como a alimentação escolar.

Dois anos depois, no final de 2009, a ABIO encontrou na SEDES – Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico Solidário, da Prefeitura do Rio, a parceira que possibilitou a concretização do projeto de criação do Circuito Carioca de Feiras Orgânicas, proposto pela Associação.

Em maio de 2010, foi implantada a Feira Orgânica do Bairro Peixoto, a primeira do Circuito, hoje integrado por dezenove feiras.

A ABIO coordena dez dessas feiras, além de outras duas que não fazem parte do Circuito – a do Campo de São Bento, em Niterói, e a do Méier, na cidade do Rio de Janeiro. Essas doze Feiras Orgânicas estão viabilizando econômica e socialmente duzentos Associados da ABIO que delas participam, possibilitando a expansão e o fortalecimento da agroecologia e da agricultura orgânica e tornando o alimento orgânico acessível a um número cada vez maior de consumidores.

As Feiras Orgânicas coordenadas pela ABIO são empreendimentos da Economia Solidária.

São, também, controladas pelo Sistema Participativo de Garantia da Associação (SPG-ABIO), por meio do qual se garantem a rastreabilidade e a qualidade orgânica dos produtos nelas comercializados.


Este perfil não tem posição geográfica registrada.