Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Acontecendo

Pedidos abertos: 103. Ciclo n. 193

Pedidos: quarta, 21/06 - 14h00 - segunda, 26/06 - 14h00
Entrega: quarta, de 10h30 para 12h30
Tela cheia Sugerir um artigo

Blog

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | 2 pessoas seguindo este artigo.

Sobre a Rede Agroecológica Caiçara

8 de Maio de 2015, 12:05, por Isabel Fernandes Pinto Viegas - 0sem comentários ainda

A ideia inicial era bem simples: consumir produtos sem agrotóxicos, mais saudáveis direto do produtor. As primeiras conversas se deram em rodas informais, das quais faziam parte produtores e consumidores que já tinham uma ideia da produção agrícola de Ubatuba. Entre os consumidores, alguns trabalham para instituições públicas de fomento à agricultura e, por isso, já tinham contato com os produtores e uma noção da disponibilidade de produtos agroecológicos e das dificuldades de inseri-los no varejo convencional. Preocupados com o consumo familiar, cada um estava se virando individualmente para comprar produtos mais saudáveis diretamente dos produtores e a conversa se deu no sentido de ampliar essas compras diretas para outros consumidores, com as mesmas preocupações. Ainda que se limitasse a um grupo de amigos, mais pessoas teriam acesso a esses produtos, mais produtores poderiam ser beneficiados desse mercado, oferecendo uma maior variedade de produtos e, se conseguissem fazer isso juntos, muitas horas de viagem seriam poupadas, dadas as dimensões de Ubatuba.
Algumas reuniões foram feitas, das primeiras participaram agricultores e outros interessados ligados às instituições públicas, restaurantes e sociedade civil. Todos cansados de reuniões improdutivas e com vontade de fazer algo acontecer, concordaram em montar uma estrutura simples, com recursos mínimos, apoiada em trabalho colaborativo rotativo, de modo que fosse implementada rapidamente, sem mais delongas. Sem muitas regras, os problemas seriam resolvidos quando surgissem.
Depois de três ou quatro reuniões, a Rede Agroecológica Caiçara entrou em atividade. Alguns já tinham experiência prática com coletivos de consumo: por meio de estudos acadêmicos sobre o assunto, com compra e venda direta, com compras e atuação em organizações do tipo em outros municípios. Juntando informações, experiência, cara e coragem colocaram a Rede Agroecológica Caiçara para funcionar. A primeira entrega se deu no dia 05 de junho de 2013.
Como funciona na prática: os produtores passam uma lista dos produtos que estarão disponíveis na semana seguinte, os consumidores a recebem por e-mail e escolhem os produtos que desejam adquirir. Às quartas-feiras produtores e consumidores se encontram para entrega e pagamento dos produtos. Todas as etapas são executadas com o apoio de participantes colaboradores voluntários.
O esquema prevê venda direta da produção agroecológica e artesanal local, que permite o estabelecimento de um preço de equilíbrio mais justo para ambos, produtores e consumidores. Menores gastos com transporte, armazenamento e redução de intermediários na distribuição possibilitam que os produtores recebam um pouco mais pelos seus produtos - como um incentivo à produção agroecológica - sem que os consumidores paguem mais por isso.
Muitos dos agricultores de Ubatuba estão em transição agroecológica e algum compõem esquemas participativos de garantia de produção orgânica para venda direta, ou seja, não utilizam agrotóxicos ou adubos sintéticos, apesar de não terem certificado de orgânico. A ampliação do mercado para esses produtos, além de ser um estímulo para quem já produz dessa forma, também é um incentivo para a transição de outros produtores a uma produção mais sustentável. A redução no uso de agrotóxicos e adubos sintéticos é um dos objetivos desse projeto, devido aos seus impactos na saúde de agricultores, consumidores e meio ambiente.
Além das entregas semanais, a Rede Agroecológica Caiçara tem apoiado e organizado diversos eventos com seus parceiros. Destaque para a Organização de Controle Social "Agroecológica de Ubatuba", o Mutirão de Hortas Domésticas e as doações coletivas de produtores para órgão assistenciais.
Embora a Rede não tenha fins lucrativos e seja toda apoiada em trabalho colaborativo voluntário, tem muita expectativa para que tenha vida longa! As compras e vendas sinalizam se toda essa estrutura tem uma razão para continuar a existir, por isso, ela depende muito da regularidade no consumo. A estrutura simples, sem lucros e poucos recursos depende do compartilhamento do trabalho, de modo que cada um possa se dedicar um pouquinho. O envolvimento direto de produtores e consumidores é a melhor maneira para se conhecer o processo e as intenções. A Rede Agroecológica Caiçara é uma construção coletiva, na qual todos são igualmente importantes e podem contribuir. Estão todos convidados a  experimentar um pouco mais da Rede Agroecológica Caiçara!
   
Facebook: https://www.facebook.com/groups/redecaicara/


As compras devem ser realizadas até segunda-feira, pelo sistema do cirandas e as mercadorias deverão ser retiradas às quartas-feiras, das 10:30 às 12:30 na Praça Teodorico de Oliveira 38 - Ilha dos Pescadores.



Rede Agroecológica Caiçara

Ubatuba - São Paulo - Brazil

Posts do blog