Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

UFRB discute impactos do desastre de óleo no litoral da Bahia

17 de Dezembro de 2019, 17:39 , por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 157 vezes

Pesquisadores explicam impacto do óleo nas praias baianas.Pesquisadores explicam impacto do óleo nas praias baianas.

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) promoveu nesta terça-feira, dia 17, no campus Cruz das Almas, o Seminário “Os impactos do desastre do óleo no litoral da Bahia”, com a presença de pesquisadores, professores, técnicos administrativos, estudantes e integrantes de movimentos sociais.

Os palestrantes Miguel da Costa Accioly (UFBA); Francisco Kelmo Oliveira dos Santos (UFBA); Jorge Antônio Gonzaga Santos (UFRB); Sérgio Fernandes Freitas (ICMBIO); o defensor público da União, Vladimir Correia e a coordenadora da Articulação Nacional das Mulheres Pescadoras e mestre em Sustentabilidade, Elionice Conceição Sacramento (UnB), explicaram a situação e os impactos do desastre ambiental do óleo nas comunidades ribeirinhas do litoral baiano.

Segundo o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação (PPGCI), Maurício Ferreira, a realização do seminário produz “um debate qualificado” sobre o tema, envolvendo as áreas de pesquisa e extensão, dentro dos territórios nos quais a UFRB está inserida.

O pesquisador e biólogo Kelmo Oliveira informou que desenvolve, desde 1995, uma pesquisa mapeando as espécies invertebradas nos recifes de corais nas praias do Forte, Itacimirim, Guarajuba e Abaí – uma extensão de vinte quilômetros. Segundo ele, o impacto do óleo nos recifes de corais fez com que houvesse uma redução de 46,88% no número de espécies invertebradas.

Outra consequência foi a perda de diversidade das espécies – de 88 para 47 indivíduos catalogados pelo Grupo de Estudos em Ecologia Marinha e Costeira (Geemco), liderado por ele. “Houve perda de patrimônio natural: redução no número de animais, redução na diversidade de animais e aumento as doenças/mortalidade dos corais”, informa Kelmo.

Pró-reitor Maurício Ferreira, reitor Fábio Josué e pró-reitora Tatiana Veloso.Pró-reitor Maurício Ferreira, reitor Fábio Josué e pró-reitora Tatiana Veloso.

Presenças – Estiveram presentes à abertura do seminário, na mesa de honra, o reitor da UFRB, Fábio Josué dos Santos; a pró-reitora de Extensão, Tatiana Velloso; e o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação, Maurício Ferreira.


Fonte: https://www.ufrb.edu.br/portal/noticias/5697-ufrb-discute-impactos-do-desastre-de-oleo-no-litoral-da-bahia

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    UFRB

    Brazil