Gehe zum Inhalt

Warenkorb

Warenkorb leeren
Einkauf beenden
Gesamt:
Warenkorb anzeigen Warenkorb verstecken
Vollbild Einen Artikel vorschlagen

Notícias

January 12, 2009 22:00 , von Unbekannt - | 1 Person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Mensagem do Reitor sobre os 16 anos da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

July 30, 2021 19:13, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

O reitor Fábio Josué fala sobre os 16 anos da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).

{youtube}P1tU9bXgSAs{/youtube}



UFRB inaugura cinco Laboratórios de Tecnologias no Campus Feira de Santana

July 30, 2021 13:04, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) vai realizar solenidade de inauguração de cinco Laboratórios de Tecnologias, do Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS), na próxima segunda-feira, dia 02, às 09h, na sede provisória da instituição (Rua Godofredo Rebello de Figueiredo Filho, 697, Bairro Sim, Feira de Santana).

Da solenidade presencial, participarão o reitor, professor Fábio Josué; o vice-reitor, José Mascarenhas Bisneto; o diretor e o vice-diretor do CETENS, respectivamente, professores Jacson Machado Nunes e Odair Vieira dos Santos; os coordenadores de cursos ministrados no campus Feira de Santana; o deputado federal Zé Neto, entre outras autoridades.

Serão inaugurados os Laboratórios de Manufatura Avançada; de Processamento em Alimentos; de Energias; de Instrumentação e Mecatrônica; e de Caracterização de Materiais, equipados com emenda parlamentar do deputado federal, Zé Neto, no valor de R$ 1 milhão de reais.

Dentre os benefícios gerados pelos laboratórios se destacam a ampliação e consolidação das competências em ciência, tecnologia e inovação no Campus; afirmação do Campus como provedor de ciência no Portal do Sertão; a ampliação de projetos no nível de iniciação científica e de extensão; o fortalecimento e surgimento de novos cursos de pós-graduação; o aumento do fomento, da inovação e do empreendedorismo na comunidade acadêmica; a ampliação de parcerias com a iniciativa privada; o estímulo ao desenvolvimento de habilidades de tecnologia, inovação, gestão e empreendedorismo em futuros engenheiros, tecnólogos e licenciados; e a possibilidade de realização de experimentos e aulas práticas, permitindo que os alunos visualizem as hipóteses e assimilem o que ensinado em aula teórica. 

Segundo o professor Jacson Nunes, a inauguração dos laboratórios se constitui “momento que deve ser considerado um marco para o CETENS porque sinaliza que estamos caminhando a passos largos com a visão e o sonho de se tornar um Centro Universitário Tecnológico de Excelência para Feira de Santana e todo o Portal do Sertão. Um espaço de desenvolvimento do ensino, extensão, inclusão, pesquisa e inovação a altura da representatividade e liderança de Feira de Santana no campo do desenvolvimento econômico e sustentável”.

Jacson destaca que Feira de Santana é a segunda maior cidade do Estado, o 3º maior PIB, polo industrial, de comércio, de serviços, de saúde e de educação que impacta a vida de 5 milhões de pessoas, e que a inauguração dos cincos laboratórios favorece a consolidação da UFRB em Feira de Santana.

“Esse momento de agradecimento pela infraestrutura de equipamentos para inauguração de laboratórios, fruto da prospecção de parlamentar comprometido com a educação pública, de qualidade e inclusiva, referenciada socialmente. Esse investimento representa aproximadamente 10% do investimento necessário para alcançarmos o propósito de sermos referência na área das energias renováveis e da sustentabilidade, no desenvolvimento de processos, produtos e serviços de alta tecnologia, inclusive com a finalidade acessibilidade e inclusiva sob todos os aspectos, contribuir com a estratégia de desenvolvimento rural de base popular e com desenvolvimento da agricultura familiar, e com isso atender as necessidades latentes da sociedade”, destaca Jacson.

Para Jacson, a aquisição desses equipamentos representa um upgrade na infraestrutura adequada para o desenvolvimento científico e tecnológico no Campus. “É um avanço para a prática dos alunos de Engenharias e de Tecnologia em Alimentos para Educação do Campo. Ter estes laboratórios em funcionamento possibilita a realização de ações de ensino e de pesquisa e atribui pontuação positiva para os cursos do CETENS que passarão pela avaliação iminente de reconhecimento pelo INEP/MEC”, disse.

O diretor do CETENS destaca o empenho da Comissão Permanente de Infraestrutura e Equipamentos de Laboratório, que em parceria com os Colegiados, as Áreas de Conhecimento, as equipes técnica-administrativa e laboratorial, são os responsáveis pela aquisição dos equipamentos de cada laboratório.

Laboratório de Manufatura Avançada

O Laboratório de Manufatura Avançada tem como principal foco o ensino e a pesquisa. Em suas instalações será possível a realização de pesquisas de iniciação científica e tecnológica, trabalhos de conclusão de curso, dissertações, teses e realização de serviços internos e, assim como cooperações externas.

Existe a possibilidade de os estudantes criarem protótipos e fazerem invenções trazendo o aprendizado para a prática. Os processos de fabricação utilizados nas indústrias metalúrgica como usinagem, conformação mecânica, tratamentos térmicos, fundição e soldagem, são contemplados pelos seguintes equipamentos disponíveis: torno mecânico, fresadora, forno mufla, máquinas de soldagem, furadeira, serras, entre outros. Futuramente contará com impressoras 3D, cortadoras a laser, kits de manufatura integrada e outras ferramentas tecnológicas.

Neste laboratório serão contemplados todos os cursos de engenharia do centro de ensino, além do bacharelado interdisciplinar nas mais diversas disciplinas e do suporte a projetos que envolvem tecnologias sociais para a Educação do Campo, se relacionando com as inovações previstas pela Educação 4.0 e corroborando com as metodologias ativas de ensino que prevêem que o aluno esteja no foco da aprendizagem e tenha uma formação crítica e autônoma.

Laboratório de Processamento em Alimentos

O laboratório está equipado com ar-condicionado, pias de inox, bancadas de mármore e armários. O laboratório possui atualmente os equipamentos: Fogão cooktop, Forno Elétrico, Exaustor, Iogurteira elétrica 50 litros, Turbidímetro, Analisador de Umidade, Medidor de Atividade de água e Extrator de gordura.

Destacam-se que alguns equipamentos adquiridos possuem a finalidade de realizar a análise físico-química dos alimentos e serão realocados no laboratório de química.

O laboratório conta atualmente com equipamentos que permitem o processamento básico de vários produtos alimentícios, como doces, geleias, biscoitos, pães e iogurte, e dispõe também de alguns equipamentos necessários para análise de caracterização físico-química dos produtos.

Laboratório de Energias

O Laboratório de Energias é voltado para a prática acadêmica e a pesquisa nas diversas modalidades de Energia, com atenção especial nas fontes renováveis (solar, eólica e biomassa).

Os equipamentos levam em conta os recursos disponíveis na região de Feira de Santana e incluem painéis para energia solar, torres eólicas, reatores para bicombustíveis e bioenergia a partir de resíduos agrícolas, de abatedouros, de estações de tratamento de água e de aterros, entre outras possibilidades comprovadas em Feira de Santana.

Laboratório de Instrumentação e Mecatrônica

O Laboratório de Instrumentação e Mecatrônica tem como principal foco o ensino e a pesquisa. Em suas instalações acontecerá pesquisas de iniciação científica e tecnológica, trabalhos de conclusão de curso, dissertações, teses e realização de serviços internos. Esse ambiente proporciona aos alunos contato prático com a base e fundamentos da indústria 4.0. Nesse contexto, estão inseridos os sensores, atuadores, controladores lógicos programáveis, modelos de controles e a robótica.

Os processos e produtos que são desenvolvidos a partir de estudos na área de instrumentação e mecatrônica são contemplados pelos equipamentos disponíveis: Máquina Router Laser para corte e gravação em diversos materiais, impressoras 3D para desenvolvimento de conceitos e protótipos de produtos de forma rápida com capacidade para extrusão de diversos filamentos poliméricos de acordo com a faixa de temperatura.

A manufatura aditiva é uma revolução na pesquisa e desenvolvimento de produtos. A impressão 3D possibilita pode ser utilizada diversos componentes curriculares, auxiliando na visualização de elementos que não seriam facilmente entendidos no quadro ou em simulação. A utilização das impressoras também oportuniza a prestação de serviços à comunidade, com ações de extensão que são marcas registradas da UFRB.

Laboratório de Caracterização de Materiais

O laboratório tem o objetivo de facilitar a aprendizagem através de experimentos. Os equipamentos adquiridos irão permitir o estudo e análise de aplicações da caracterização na solução de problemas de materiais poliméricos, cerâmicos e metálicos, entre os quais listam-se: fornos para análise em temperaturas altas e baixas, rugosímetro, Estufas (secagem de materiais e estudos de degradação de polímeros), balanças analíticas (pesagem de reagentes), espectrofotômetro UV-Vis (análise quanti e qualitativa de analitos), turbidímetro (análise de efluentes), banho maria (uniformidade de temperatura), purificador de água de Osmose-Reversa e Medidor de Acidez (análise de pH do meio).



Povo Tupi e utilização de molusco na construção civil no Univerciência

July 29, 2021 15:45, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

{youtube}Efwxplsig3w{/youtube}

O Univerciência deste sábado (31) vai mostrar uma pesquisa que catalogou resquícios de ocupação dos povos indígenas de etnia Tupi na Paraíba. O programa vai falar também sobre uma alternativa aos inseticidas sintéticos e sobre a reutilização da concha de um molusco na construção civil. No ar pela TVE aos sábados, às 14h30, o programa tem horários alternativos às segundas-feiras, às 20h, e quartas-feiras, às 7h30.

Uma equipe de pesquisadores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) catalogou resquícios de ocupação de povos indígenas de etnia Tupi em pelo menos 16 localidades do Brejo, Agreste e Sertão paraibanos, regiões historicamente conhecidas por terem sido ocupadas por povos originários de outra etnia, os tapuias. Os objetos descobertos no sítio Moconha, em Serra Grande, semelhantes a grandes panelas de barro, revelam a forma como os tupis sepultavam seus mortos – eles aproveitavam os recipientes velhos que eram usados para cozinhar, guardar água ou comida. O material descoberto é tratado e guardado no Laboratório de Arqueologia e Paleontologia da universidade e pode ajudar a reescrever a história do estado.

A busca por produtos inseticidas mais eficientes, seguros e menos tóxicos é de grande interesse para a ciência já que muitas doenças de importância epidemiológica são transmitidas por insetos. Pensando nisso, cientistas do Laboratório de Pesquisas de Inseticidas Naturais (Lapin) e do Laboratório de Pesquisas e Produtos Naturais (Lapron), ambos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), vêm desenvolvendo estudos acadêmicos para produção de inseticidas alternativos no mercado, uma vez que a grande maioria dos produtos comercializados são sintéticos, e o uso em doses cada vez maiores vem provocando a contaminação de solos, águas, alimentos, animais e, consequentemente, do próprio ser humano.

Pesquisadores da Universidade de Pernambuco (UPE) encontraram uma solução para os resíduos ricos em cálcio, magnésio e fósforo, que são descartados e provocam desequilíbrio ecológico. As pesquisas científicas comprovaram que a mistura da trituração da casca do sururu, molusco que é uma das principais iguarias da culinária na região da Ilha de Deus, em Pernambuco, associada a alguns outros insumos resultam em um material muito semelhante a areia e pode ser utilizado na construção civil. O projeto tem o objetivo de limpar a paisagem da Ilha e ainda possibilitar aos moradores a reutilização do produto extraído desse descarte do molusco. O trabalho vem sendo elaborado com a comunidade local, que vive em uma região pesqueira e que tem sua economia ligada aos recursos naturais extraídos de rios e mangues que circundam a cidade.

O programa Univerciência tem a participação de instituições de todos os estados nordestinos a partir da parceria entre as universidades e televisões públicas da região. A produção do conteúdo é colaborativa e a veiculação acontece em TV’s públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras e das universidades na Internet.

Onde assistir

Sábado, 31/07, às 14h30, no canal do Youtube da TVE.

Segunda, 02/08, às 10h, no canal do Youtube da TV UFRB.



UFRB manifesta profundo pesar pelo falecimento da professora Fran Demétrio

July 28, 2021 21:22, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) vem a público manifestar profundo pesar pelo falecimento da professora Fran Demétrio, ocorrido na cidade de Salvador, na tarde desta quarta-feira, 28 de julho de 2021.

Docente da UFRB desde 2011, lotada no Centro de Ciências da Saúde (CCS), Fran foi a primeira mulher trans professora da instituição, com atuação destacada no Núcleo de Gênero, Diversidade Sexual e Educação da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (PROPAAE) e no Programa de Educação pelo Trabalho - PET - Bacharelado Interdisciplinar em Saúde.

Fran Demétrio é pós-doutora em Filosofia pela Universidade de Brasília (UnB), possui doutorado em Saúde Coletiva pelo Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC-UFBA), mestrado em Alimentos, Nutrição e Saúde pela Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia (ENUFBA) e graduação em Nutrição pela ENUFBA. É líder, coordenadora e pesquisadora do (co)Laboratório Humano de Estudos, Pesquisa e Extensão Transdisciplinares em Integralidade e Interseccionalidade do Cuidado em Saúde e Nutrição, Gêneros e Sexualidades - LABTrans/UFRB.

Ao tempo em que registra o seu pesar, a UFRB manifesta condolências aos familiares, amigos e colegas pela irreparável perda ocorrida.



UFRB completa 16 anos em 2021: confira infográfico com números da instituição

July 28, 2021 14:41, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

infografico 16anos ufrb



Kategorien

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil