Ir al contenido
Mostrar carrito de compra Ocultar carrito de compra
Pantalla completa Sugerir un artículo

Notícias

enero 12, 2009 22:00 , por Desconocido - | 1 person está siguiendo este artículo.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Inteligência artificial para detectar Covid-19 e novo biocombustível no Univerciência

junio 25, 2021 11:21, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

{youtube}ieGnwoVaa_Q{/youtube}

Neste sábado (26) o Univerciência apresenta pesquisas sobre tecnologia assistiva, que promove vida independente e inclusão para pessoas com deficiência. O programa vai mostrar também um teste que utiliza a inteligência artificial para a detecção da Covid-19 e a pesquisa para produção de um novo biocombustível. No ar pela TVE aos sábados, às 14h30, o programa tem horários alternativos às segundas-feiras, às 20h, e quartas-feiras, às 7h30.

Tecnologia assistiva é um termo novo utilizado para identificar todos os recursos e serviços que contribuem para proporcionar ou ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência. Pensando nisso, pesquisadores da Universidade Federal do Ceará (UFC) desenvolveram três tecnologias com foco em acessibilidade para as pessoas com deficiência visual. A partir dos estudos constantes, as ferramentas utilizadas, como óculos, bengala e etc, passam também por atualização. Criado em 2019, o Grupo de Tecnologias Assistivas (GTA) da Universidade fortalece a política de acessibilidade e é formado por 22 membros das mais diversas unidades acadêmicas da instituição, entre servidores docentes e técnico-administrativos, além de representantes de empresas, movimentos sociais e entidades da sociedade civil.

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está desenvolvendo um teste sorológico que utiliza inteligência artificial para diagnóstico de Covid-19. Resultados preliminares obtidos a partir de 100 amostras de soro sanguíneo apresentaram aproximadamente 90% de sensibilidade na detecção do coronavírus. Rápido e de baixo custo, o teste analisa uma pequena quantidade de sangue em um sensor específico que apresenta resultado positivo ou negativo entre 30 e 40 minutos. Outra vantagem do teste rápido é que pode ser realizado no ponto de atendimento ao paciente, sem requerer uma estrutura laboratorial complexa.

Na Bahia, pesquisadores usando células de fungo isolado, realizando diversos procedimentos específicos, criaram uma solução de óleo vegetal para chegar a um novo biocombustível. O trabalho é desenvolvido na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), em Vitória da Conquista, em parceria com pesquisadores da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus.

O programa Univerciência tem a participação de instituições de todos os estados nordestinos a partir da parceria entre as universidades e televisões públicas da região. A produção do conteúdo é colaborativa e a veiculação acontece em TV’s públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras e das universidades na Internet.

Onde assistir

Sábado, 19/06, às 14h30, no canal do Youtube da TVE.

Segunda, 21/06, às 10h, no canal do Youtube da TV UFRB.



Servidor da UFRB integra Comitê das Bacias Hidrográficas do Recôncavo Sul

junio 23, 2021 16:10, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A cobrança é o principal ponto de discussão neste ano de 2021, com a criação da Câmara Técnica de Outorga e Cobrança (CTOC), onde os seus integrantes terão a missão de estabelecer as diretrizes e critérios para a cobrança pelo uso dos recursos hídricos nas bacias do Recôncavo Sul. O resultado das discussões do CBHRS é explicada pelo conselheiro Raphael Marinho Siqueira, representante da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), no órgão.

“Além de começar as tratativas com vistas aos estudos para a implementação da cobrança, o CBHRS fará a entrega qualificada dos produtos do Plano de Recursos Hídricos junto às prefeituras municipais, órgãos e instituições públicas, usuários de recursos hídricos e sociedade civil organizada, através de uma "caravana" composta por membros da diretoria do Comitê e do INEMA. Também passará a buscar a implementação do Plano de Recursos Hídricos através de ações nele previstos, além das atividades previstas no Plano de Trabalho 2021”, informa Raphael.

Segundo ele, enquanto órgão colegiado integrante do Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos - SEGREH, o CBHRS tem fundamental importância para a gestão participativa das águas na RPGA IX, visto que, ao exercer as suas competências legais, é o verdadeiro "parlamento das águas", pois reúne segmentos e categorias variados (poder público federal, estadual e municipal; sociedade civil; e usuários da água), com funções consultivas e deliberativas, sendo considerado, portanto, a instância mais importante de participação e integração na gestão hídrica nas bacias do Recôncavo Sul, pois suas decisões têm impacto direto na vida dos usuários dessas respectivas bacias hidrográficas.

Comitê

O Comitê das Bacias Hidrográficas do Recôncavo Sul (CBHRS) é uma instância colegiada formada por representantes dos poderes públicos (municipal, estadual e federal), da sociedade civil e dos usuários da água (dos setores de irrigação, abastecimento humano, energia elétrica, navegação, lazer, turismo e pesca), também conhecida como Parlamento das Águas, com a competência de promover a gestão participativa das águas.

Os membros de um Comitê de Bacia são eleitos através de um processo democrático e empossados pelo governador do Estado, com mandato renovado a cada dois anos. Suas decisões são aprovadas e legitimadas pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos. A Lei Estadual 10.432/06 estabelece o Comitê de Bacia Hidrográfica como ente de Estado, e seus membros têm poder consultivo e deliberativo. Os Comitês de Bacias fazem parte da composição dos Sistemas Nacional e Estadual de Gerenciamento dos Recursos Hídricos.

Atribuições 

O Comitê das Bacias Hidrográficas do Recôncavo Sul - CBHRS, instituído pela Resolução CONERH nº 65, de 26 de novembro de 2009 e regulamentado pelo Decreto Nº 15.730 de 05 de dezembro de 2014, é um órgão colegiado de caráter consultivo, normativo e deliberativo, vinculado ao Conselho Estadual de Recursos Hídricos - CONERH, com área de atuação na Região de Planejamento e Gestão das Águas ­ RPGA IX, tendo como atribuições: promover a participação dos representantes do Poder Público, dos usuários de recursos hídricos e das organizações civis, na sua área de atuação, na gestão integrada dos recursos hídricos; estabelecer os procedimentos de elaboração, implementação e revisão do Plano de Bacia Hidrográfica.

É também papel do CBHRS acompanhar a elaboração e aprovar o Plano de Bacia Hidrográfica do Recôncavo Sul e suas alterações; acompanhar a implementação do Plano de Bacia Hidrográfica, sugerindo as providências necessárias ao cumprimento de suas metas; arbitrar, em primeira instância administrativa, conflitos relacionados com o uso da água; propor ao CONERH: a) a criação de Agências de Bacia Hidrográfica; b) os valores para a cobrança pelo uso dos recursos hídricos, atendendo ao disposto na Lei 11.612/2009; c) o plano de aplicação dos recursos arrecadados com a cobrança pelo uso dos recursos hídricos, em conformidade com a Lei 11.612/2009; d) as vazões das acumulações, derivações, captações e lançamentos considerados de pouca expressão, para efeito de dispensa de outorga do direito de uso; e) as prioridades e os critérios específicos para outorga de direito de uso de recursos hídricos em situações de escassez; f) as reduções das vazões outorgadas em casos de necessidade de racionamento, devidamente motivados, para efeito de revisão de outorgas de direito de uso de recursos hídricos; g) o enquadramento dos corpos d’água em classes, segundo seus usos preponderantes; h) rateio dos custos das obras de aproveitamento múltiplo dos recursos hídricos, de interesse comum e coletivo; e deliberar sobre questões que lhe tenham sido encaminhadas pela respectiva Agência de Bacia Hidrográfica.

Mais em inema.ba.gov.br/plano-da-bacia-do-reconcavo-sul.



Revista Extensão recebe trabalhos, em nova plataforma, para a sua 21ª edição

junio 23, 2021 15:45, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Entre os dias 25 de junho e 15 de julho de 2021, a Revista Extensão da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) vai receber artigos e relatos de experiências para a sua 21ª  edição. As inscrições devem ser feitas, exclusivamente, via plataforma OJS - Open Journal System, no Portal de Periódicos Eletrônicos da UFRB.

Na nova plataforma, é necessário que o proponente faça um cadastro, como autor, para vizualizar o link de submissão e poder enviar o seu trabalho. A migração para o OJS, software livre para gerenciamento e publicação de periódicos científicos, busca otimizar o sistema de publicação da Revista Extensão, melhorando a qualidade e a eficiência da gestão do periódico.

Além da mudança de plataforma, o Comitê Editorial revisou as normas para submissão de trabalhos. Para a próxima edição, não serão mais aceitos trabalhos no formato resenha, e o direito autoral agora está sob licença Creative Commons. Outra decisão do Comitê é não prorrogar o prazo para submissão de trabalhos a partir desta chamada.

Além da chamada de trabalhos para a edição de número 21, o periódico dispõe de um cadastro permanente de pareceristas ad hoc, com o objetivo de ampliar o quadro de colaboradores para a etapa de avaliação dos trabalhos recebidos para publicação.

Os trabalhos devem obedecer às normas de submissão e contemplar uma das nove áreas temáticas do periódico: Comunicação; Cultura e Artes; Direitos Humanos e Justiça; Educação; Meio Ambiente; Saúde; Tecnologia e Produção; Trabalho; Gênero e Sexualidade.

A Revista Extensão tem o compromisso de fortalecer a Extensão Universitária como um processo formativo, pedagógico e cidadão, por meio da difusão de ações extensionistas publicadas em artigos científicos, relatos de experiências e entrevistas. Com periodicidade semestral, busca validar o conhecimento tradicional associado ao científico, produzido na relação indissociável entre o ensino, a pesquisa, a extensão e as políticas afirmativas.

O periódico da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia está vinculado à Pró-Reitoria de Extensão, Coordenação de Cultura e Universidade, Núcleo de Educação e Ações Comunitárias. A gestão administrativa e acadêmica da Revista é realizada pelo seu Corpo Editorial e conta com a colaboração de mais de 500 pareceristas ad hoc, com atuação multidisciplinar e internacional.

Os critérios para publicação, explicitados nas normas de submissão, incluem rigor científico e metodológico, originalidade e relevância do tema, aderência a uma das nove áreas temáticas da Revista e organização formal do texto. Os trabalhos devem, necessariamente, resultar de ações de extensão universitária.



UFRB inscreve para 150 vagas na Especialização em Educação e Tecnologias Digitais

junio 22, 2021 12:39, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abre inscrições para o processo seletivo de aluno regular do Curso de especialização em Educação e Tecnologias Digitais, na modalidade de Ensino à Distância (EaD) no Sistema UAB (Universidade Aberta do Brasil) na UFRB para o semestre de 2021.2. São disponibilizadas cento e cinquenta vagas distribuídas nos polos: Feira de Santana, Amargosa, Rio Real, Valença e Itabuna.

As inscrições acontecem no período de 23 a 30 de junho de 2021, por meio do endereço ufrb.edu.br/sead.

O perfil desejado dos candidatos são de professores egressos dos cursos de Licenciaturas (Pedagogia, História, Geografia, Biologia, Letras, Matemática, Química, Física, Filosofia, Educação Física, Ciências Sociais, Educação do Campo, Informática) ou demais cursos de graduação em outras áreas, desde que atuem em processos educativos em ambientes escolares ou não escolares.

O curso tem duração de mínima de 18 meses e no máximo 24 meses, com carga horária total de 425h.

O curso será realizado na modalidade a distância por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) com encontros presenciais para os seminários temáticos, realizados nos polos de EAD em que o aluno se vincular no ato da matrícula. Estão previstos três encontros presenciais, sendo dois para a realização dos seminários temáticos, realizados ao término de cada um dos períodos que compõem a matriz curricular do curso e o terceiro encontro para a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Seleção dos candidatos

A seleção dos interessados será realizada pelo Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT) e considerará as avaliações da prova de títulos e análise de carta de intenções.

O cálculo da Nota Final (NF) da seleção será resultante da soma das pontuações obtidas no barema pela avaliação de títulos e experiência e análise da carta de intenções.

Edital SEAD/Cecult Nº 08_2021.

E-mail: [email protected]



UFRB inscreve para pós em Agroecologia e Tecnologias Sociais na Educação do Campo

junio 21, 2021 12:59, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abre inscrições para o processo seletivo de ingresso de alunos regulares no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Agroecologia e Tecnologias Sociais na Educação do Campo (PPG Agroecologia), no semestre acadêmico de 2021.2.

O curso, em nível de especialização, será oferecido no Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS), em Feira de Santana.

As inscrições acontecem no período de 21 de junho até o dia 17 de julho, somente via internet no link sistemas.ufrb.edu.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf?nivel=L&aba=p-lato.

São oferecidas 40 vagas para alunos regulares, das quais quatro vagas, correspondente a 10% do total de vagas, poderão ser ocupadas por Servidores Técnico-Administrativos do Quadro Efetivo da UFRB, desde que atendam aos quesitos de mérito; e oito vagas poderão ser destinadas a candidatos autodeclarados Negros, correspondente a 20% (vinte por cento) das vagas, duas (02) vagas para Pessoas com Deficiência, correspondente a 5% (cinco por cento) das vagas, e seis (06) vagas para Indígenas, Quilombolas e Pessoas Trans, correspondente a 15% (quinze por cento) das vagas.

O PPG Agroecologia tem como público preferencial os profissionais da Educação, as equipes de Assistência Técnica e Extensão Rural e Gestores Públicos que atuem em Agroecologia e Tecnologias Sociais na perspectiva da Educação do Campo.

O curso está fundamentado no Regime e na Pedagogia da Alternância, seguindo as diretrizes regidas pela Resolução CONAC - UFRB 016/2019, qual dispõe sobre o Regulamento da Modalidade e Regime da Alternância nos Cursos de Graduação da UFRB. Dessa forma, as aulas do curso ocorrerão a cada quinze dias, às sextas-feiras, nos turnos tarde e noite e, aos sábados, nos turnos manhã e tarde, intercalando encontros presenciais (cerca de 03) e em ensino remoto (cerca de 05).

Enquanto durar a situação de emergência sanitária causada pela Covid-19 (seguindo as indicações normativas da UFRB), as aulas serão ministradas na modalidade remota.

Seleção e matrícula

A seleção dos candidatos ocorrerá em duas etapas, sendo composta de três instrumentos de avaliação: Carta de Intenção, Planto de Trabalho e Análise do Currículo.

As matrículas serão realizadas no período de 24 a 30 de agosto, no horário das 09h às 12h e das 13h às 16h.

Mais informações no e-mail [email protected] e no site ufrb.edu.br/ppgagroecologia.

Edital da Especialização.



Categorías

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil