Go to the content
Show basket Hide basket
Full screen Suggest an article

Notícias

Gennaio 12, 2009 22:00 , by Unknown - | 1 person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

UFRB reage contra cortes financeiros na mobilização “2 de Julho em Defesa da Ciência”

Luglio 3, 2018 10:50, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participou, em Salvador, da mobilização “2 de Julho em Defesa da Ciência”, convocada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que completa este ano sete décadas de atuação.

A comunidade universitária da UFRB se concentrou com outros manifestantes interessados na defesa da educação, pesquisa e tecnologia, no Largo da Lapinha, por ocasião dos festejos da Independência da Bahia, data que marca o calendário político, histórico e popular baiano.

A participação na mobilização é uma reação da UFRB contra os cortes financeiros no Orçamento Geral da União destinados a Educação, Saúde, Ciência e Tecnologia nos últimos anos, que têm atingido diretamente o funcionamento das instituições públicas de ensino, de fomentos à pesquisa e à inovação tecnológica, em empresas inovadoras e instituições de ciência e tecnologia. Os cortes prejudicam, também, o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS); os Programas de Educação do Campo (INCRA) e Educação e Formação em Saúde.

Além do baixo orçamento aprovado em 2018, outro agravante para as áreas foi a Medida Provisória 839/2018, editada pelo Governo Federal para compensar os gastos gerados pelo acordo com os caminhoneiros. Essa medida reduziu ainda mais os recursos em quase R$ 800 milhões destinados a instituições subordinadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e não deve ser minimizada.

Outras mobilizações

A SBPC convocou as sociedades científicas afiliadas a realizar atividades culturais e manifestações públicas em defesa da ciência e da educação e contra os cortes orçamentários no Dia Nacional da Ciência e no Dia Nacional do Pesquisador, registrado no Dia 08 de julho. O objetivo é chamar a atenção da população para a grave crise dessas áreas no Brasil.

Em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG) os eventos de protesto estão marcados para o próximo dia 8; em Brasília (DF) acontece no próximo dia 12, no Plenário da Câmara dos Deputados, com a participação de representantes de entidades científicas e deputados.

Confira fotos da manifestação:

{gallery}noticias2018/2dejulho{/gallery}



Comunicação da UFRB sofre alterações durante período eleitoral

Luglio 3, 2018 10:34, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A partir de 7 de julho de 2018, quando começa o período eleitoral no Brasil, os meios de comunicação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), assim como de todas as Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) do país, deverão seguir determinadas diretrizes de divulgação, em respeito às Instruções Normativas nº 1 e 2, da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República. A medida terá efeito até 7 de outubro, caso se encerre o período eleitoral em primeiro turno, ou até 28 de outubro em caso de segundo turno.

De acordo com as Instruções Normativas, elaboradas a partir da legislação eleitoral, o conceito de publicidade engloba toda ação de difusão de informação, inclusive os conteúdos noticiosos. Na edição deste ano, as orientações estão mais rigorosas nesse sentido.

A medida afeta a veiculação de notícias no Portal da UFRB, a Agenda de Eventos, as redes sociais institucionais (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube), a UFRB TV, entre outros. Páginas de Centros de Ensino, Superintendências, Coordenadorias, Programas de Pós-Graduação e setores administrativos também deverão obedecer às normas, uma vez que estão sob o domínio ufrb.edu.br.

Segundo as diretrizes, a comunicação exercida pelos órgãos de governo deverá, no período eleitoral, priorizar conteúdos estritamente informativos ou de interesse do cidadão vinculadas à prestação de serviços públicos. Ficam assim vedadas as publicações que contenham nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos, assim como conteúdos ou análises com juízo de valor sobre ações, políticas públicas e programas sociais e comparações entre gestões de governo.

Exemplos de publicações que serão afetadas são a cobertura de eventos, citações de pessoas da comunidade universitária ou externos à UFRB envolvidos nas eleições ou que tenham cargos políticos, assim como notícias que contenham informações sobre recebimento e uso de recursos financeiros públicos.

Nas redes sociais, é permitida apenas a divulgação estritamente informativa (inscrições em concursos públicos, cadastro em programas sociais, conteúdos didáticos e científicos), assim como as postagens de programas de prestação de serviços ao cidadão, com caráter educativo, informativo ou orientação social.

Além disso, os comentários e a interatividade nas redes sociais também sofrerão impacto, sendo utilizada somente para casos de grave e urgente necessidade ou se estritamente informativo, de prestação de serviços ao cidadão. Comentários com conteúdo eleitoral (nomes e números de candidatos, siglas e nomes de partidos políticos, slogans de campanhas partidárias, palavras-chave como eleições, segundo turno etc) serão excluídos.

Outra medida afetada é o uso de logos. Durante o período eleitoral, é permitida apenas as marcas das instituições, mas vedadas as marcas do Governo Federal, bem como dos programas de Governo, e das instituições. Por exemplo, é permitido o uso da marca da UFRB, mas não é permitido divulgar a logo de um programa da Universidade.

Em caso de dúvidas, recomenda-se entrar em contato com a ASCOM/UFRB ou com a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República ([email protected]).

Mais informações:

Instrução Normativa nº 1, de 11 de abril de 2018

Instrução Normativa nº 2, de 20 de abril de 2018

Perguntas Frequentes

Esclarecimentos do Assessor Jurídico da Andifes

Modelos de publicidades permitidas e proibidas

Ofício Nº106/2018 – Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif)

Fonte: Agecom/UFSC

{gallery}noticias2018/instrucoes{/gallery}



Categories

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres