Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | 1 pessoa seguindo este artigo.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Inep divulga lista dos estudantes regulares no Enade 2019

26 de Dezembro de 2019, 12:51, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou no último dia 23, os Relatórios de Estudantes em Situação Regular junto ao Enade 2019. A previsão em edital, para divulgação da lista, era 2 de janeiro de 2020.

Os estudantes dos cursos de Agronomia, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Medicina Veterinária, Nutrição e Zootecnia ministrados pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) inscritos pelos coordenadores dos cursos e que participaram da prova, poderão estar aptos a colar grau ainda em 2019.

O Inep também antecipou o período para justificar a ausência no exame: De 24 de dezembro de 2019 a 05 de fevereiro de 2020, os estudantes inscritos na condição de concluintes que não compareceram a prova por ocorrências previstas no Edital devem fazer a solicitação de dispensa via Sistema Enade.

Os estudantes que realizaram a prova ou aqueles que tiveram seus pedidos de dispensa deferidos só têm a garantia de regularidade se tiverem preenchido o Questionário do Estudante no período estabelecido em edital. É preciso ter cumprido os demais requisitos de integração curricular para ter aptidão a colar grau.

As demais situações deverão ser tratadas individualmente junto aos Coordenadores de Curso para posterior análise pelo Inep.

O concluinte que permanecer em situação de irregularidade não estará apto a colar grau, até que ocorra regularização pelo Inep na edição subsequente do exame.

ENADE

O Enade é componente curricular obrigatório das matrizes dos cursos e, por isso, a participação nas provas e o preenchimento do Questionário do Estudante são imprescindíveis para a obtenção do diploma de graduação.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Inep.



Editora da UFRB lança e-books da Coleção Recôncavo; são cinco obras inéditas

19 de Dezembro de 2019, 15:36, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Editora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (EDUFRB) anuncia o lançamento de cinco obras inéditas da Coleção Recôncavo. As novas publicações no formato e-book estão disponíveis para leitura online e download gratuito na página da EDUFRB: www.ufrb.edu.br/editora.

Os títulos são “Caminhos da fé: a Boa Morte de São Gonçalo dos Campos-BA”, de autoria de Adriana Carvalho da Silva; “Juventude e Agricultura Familiar no Recôncavo da Bahia”, de Nilson Weisheimer; “Turismo Cultural e Desenvolvimento: Cachoeira & Ouro Preto”, assinado por Lúcia Maria Aquino de Queiroz; “Vida Universitária e Saúde Mental: um estudo junto a estudantes da UFRB”, de Leandro Ribeiro Azevedo, e “A Comunicação dos Mapas”, autoria de Antônio Heleno Caldas Laranjeira.

As obras abordam aspectos artístico-culturais, biográficos, econômicos, históricos, políticos ou sociais do Território de Identidade do Recôncavo da Bahia. Os autores são servidores docentes, servidores técnico-administrativos, discentes e egressos da UFRB. Os trabalhos foram selecionados por meio de chamada pública, lançada pela editora em maio deste ano, contemplando monografias, dissertações e teses.

Em sua obra, fruto do mestrado em Ciências Sociais na UFRB, Adriana Silva faz um estudo sobre a Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte de São Gonçalo dos Campos em sua dinâmica sociocultural. Entre outras questões, ela aborda as relações sociais que se estabelecem nesta instituição e os seus valores e crenças.

Já o trabalho do professor Nilson Weisheimer propõe romper a invisibilidade social, acadêmica e política que estão submetidos os jovens agricultores familiares. Ao descrever a situação juvenil na agricultura familiar em suas dimensões objetivas e subjetivas, ele põe em evidência tanto essa categoria social quanto as relações entre essa situação e os impasses na sucessão gerencial da agricultura familiar.

A professora Lúcia Queiroz publica obra sobre desenvolvimento local. O livro é resultado de pesquisa em duas cidades brasileiras, Cachoeira, no Recôncavo baiano, e Ouro Preto, em Minas Gerais. O trabalho utiliza uma abordagem inovadora e procura aprofundar questões sobre esse fenômeno e dar visibilidade a vozes de atores de um conjunto de organizações do turismo cultural.

O psicólogo Leandro Azevedo apresenta em sua obra os principais resultados de uma pesquisa que teve por objetivo analisar as relações entre vida universitária e saúde mental entre estudantes de graduação. Azevedo atuou como professor substituto na UFRB e tem dentre as suas principais áreas de interesse a saúde mental de estudantes universitários, com espacial atenção às significativas mudanças na vida dos estudantes no ingresso à universidade.

O trabalho do egresso do curso de Comunicação da UFRB, Antônio Laranjeira, é fruto de pesquisa de campo realizada no território de Cachoeira e investiga as relações entre os mapeadores, a cidade e dois mapas online, com uma perspectiva comparada e replicável. O livro oferece um guia de conhecimentos para trabalhos inovadores de pesquisa, gestão e mercado.

Leia ou faça download dos novos e-books.

Mais informações: www.ufrb.edu.br/editora.



CAPES cadastra professores interessados em cursar licenciaturas pelo PARFOR

19 de Dezembro de 2019, 13:40, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

Até o próximo dia 31 de janeiro, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) recebe os dados de professores em exercício na rede pública interessados em cursar licenciatura na área em que atuam.

Além de mapear em todo Brasil os professores que precisam adequar sua formação ao que estabelece a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), esse processo pretende identificar aqueles que têm real interesse em se especializar.

As informações vão nortear o planejamento dos programas de formação inicial de professores da educação básica a serem implementados no próximo ano.

Os interessados devem cadastrar seus currículos na Plataforma CAPES de Educação Básica e preencher os formulários - dados sobre sua formação e atuação profissional. Essas informações serão analisadas e validadas pelas Secretarias de Educação às quais os candidatos estão vinculados.

A manifestação de interesse dos professores e a validação pelas Secretarias ainda não garantem a oferta dos cursos, mas a intenção é de que norteiem o atendimento gradativo das demandas. Programas como o Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) – que fomentam cursos de licenciatura – já terão seus próximos editais direcionados por essas informações.

A iniciativa contribui para o alcance da Meta 15 do Plano Nacional de Educação (2014-2024). A meta aborda as estratégias que preveem consolidar e ampliar plataformas eletrônicas e implementar cursos e programas especiais, para assegurar formação superior aos professores que estão em exercício, mas que possuem somente formação de nível médio.

Fonte: Brasília – Redação CCS/CAPES.



UFRB oferece 13 vagas para professor formador na modalidade EaD

18 de Dezembro de 2019, 14:28, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Superintendência de Educação Aberta e a Distância (SEAD), vinculada à Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), abre seleção para professores formadores para atuarem temporariamente no curso de pós-graduação Lato Sensu em Tecnologias e Educação Aberta e Digital (Orientadores de TCC), na modalidade de Educação a Distância (EaD).

A inscrição deverá ser realizada exclusivamente pela internet, no site da SEAD, no período de 26 de dezembro a 12 de janeiro de 2020.

São ofertadas treze vagas para professores formadores (orientadores de TCC), do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC), distribuídos nos eixos temáticos: Educação a Distância Digital; Sociedade e Cultura Digitais; Ambientes Virtuais de Aprendizagem; Jogos Digitais e Gamificação na Educação; Tecnologias de Imagens, Áudio e Vídeo; Educação Aberta e Tecnologias Móveis.

Poderão participar do processo seletivo colaboradores da rede privada ou pública de ensino federal, estadual ou municipal no Estado da Bahia. Será concedida uma bolsa para cada grupo de cinco alunos orientados, sendo no valor de R$ 1.300,00 para Professor Formador I e de R$ 1.100,00 para Professor Formador II.

Os candidatos convocados deverão ter a disponibilidade de 20 horas semanais para desenvolver as atividades. As atividades estão previstas para início em fevereiro de 2020, com previsão de término em junho de 2020.

O desenvolvimento das atividades do candidato selecionado não caracteriza vínculo empregatício com a UAB (Universidade Aberta do Brasil) e com a UFRB. O tipo de vínculo, a ser estabelecido entre o candidato selecionado e a SEAD/UFRB/UAB, refere-se unicamente à categoria de bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES/UAB) durante a vigência da bolsa.

Compete ao professor formador atuar junto ao aluno na orientação da elaboração, desenvolvimento e avaliação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC); participar e/ou atuar nas atividades de capacitação desenvolvidas na instituição de ensino; desenvolver acompanhamento das atividades de ensino desenvolvidas nos cursos na modalidade a distância; elaborar relatórios mensais no âmbito de suas atribuições; e participar de encontros de formação continuada.

O resultado final e a convocação dos classificados serão divulgados no site da SEAD,

Confira o Edital SEAD nº 18/2019.

Informações: www.ufrb.edu.br/ead

Dúvidas exclusivamente no email: [email protected]



UFRB discute impactos do desastre de óleo no litoral da Bahia

17 de Dezembro de 2019, 17:39, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

Pesquisadores explicam impacto do óleo nas praias baianas.Pesquisadores explicam impacto do óleo nas praias baianas.

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) promoveu nesta terça-feira, dia 17, no campus Cruz das Almas, o Seminário “Os impactos do desastre do óleo no litoral da Bahia”, com a presença de pesquisadores, professores, técnicos administrativos, estudantes e integrantes de movimentos sociais.

Os palestrantes Miguel da Costa Accioly (UFBA); Francisco Kelmo Oliveira dos Santos (UFBA); Jorge Antônio Gonzaga Santos (UFRB); Sérgio Fernandes Freitas (ICMBIO); o defensor público da União, Vladimir Correia e a coordenadora da Articulação Nacional das Mulheres Pescadoras e mestre em Sustentabilidade, Elionice Conceição Sacramento (UnB), explicaram a situação e os impactos do desastre ambiental do óleo nas comunidades ribeirinhas do litoral baiano.

Segundo o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação (PPGCI), Maurício Ferreira, a realização do seminário produz “um debate qualificado” sobre o tema, envolvendo as áreas de pesquisa e extensão, dentro dos territórios nos quais a UFRB está inserida.

O pesquisador e biólogo Kelmo Oliveira informou que desenvolve, desde 1995, uma pesquisa mapeando as espécies invertebradas nos recifes de corais nas praias do Forte, Itacimirim, Guarajuba e Abaí – uma extensão de vinte quilômetros. Segundo ele, o impacto do óleo nos recifes de corais fez com que houvesse uma redução de 46,88% no número de espécies invertebradas.

Outra consequência foi a perda de diversidade das espécies – de 88 para 47 indivíduos catalogados pelo Grupo de Estudos em Ecologia Marinha e Costeira (Geemco), liderado por ele. “Houve perda de patrimônio natural: redução no número de animais, redução na diversidade de animais e aumento as doenças/mortalidade dos corais”, informa Kelmo.

Pró-reitor Maurício Ferreira, reitor Fábio Josué e pró-reitora Tatiana Veloso.Pró-reitor Maurício Ferreira, reitor Fábio Josué e pró-reitora Tatiana Veloso.

Presenças – Estiveram presentes à abertura do seminário, na mesa de honra, o reitor da UFRB, Fábio Josué dos Santos; a pró-reitora de Extensão, Tatiana Velloso; e o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação, Maurício Ferreira.



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil