Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | 1 pessoa seguindo este artigo.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

UFRB apresenta estudos de impactos da mineração para Defensorias Públicas

30 de Setembro de 2019, 13:04, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

Encontro reuniu pesquisadores e defensores públicos para debater os impactos da mineração em Santo Amaro e região.

Pesquisadores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) vinculados ao Núcleo Tecnológico de Estudos dos Impactos da Mineração (NEIM) se reuniram na manhã da última quinta-feira, dia 26, com representantes da Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE) e da Defensoria Pública da União (DPU) para apresentar os resultados das pesquisas sobre a qualidade ambiental em Santo Amaro e na Bacia do Rio Subaé em decorrência da contaminação por metais pesados. Os dados apresentados devem subsidiar ações parceiras em defesa dos direitos da população e das comunidades de pescadores que vivem no estuário.

De acordo com o coordenador do NEIM, professor Jorge Antonio Gonzaga, as pesquisas na região vem sendo desenvolvidas desde 2010, num trabalho multidisciplinar que envolve professores das áreas das ciências do solo, biológicas e da saúde. Os trabalhos já resultaram em mais de 15 pesquisas de mestrado e doutorado e deram origem a cursos específicos ofertados pela UFRB no nível da graduação e pós-graduação, a exemplo do Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Ambientais e da Especialização em Mineração e Meio Ambiente, na modalidade EaD. “Essa temática se torna ainda mais evidente uma vez que a Bahia está próxima de se tornar o 4º maior polo de mineração do Brasil”, destacou o professor durante o encontro.

Dados encontrados - Em sua pesquisa, o professor Fábio Oliveira estuda a transferência continente-oceano dos metais, principalmente nos organismos aquáticos, através do biomonitoramento. O professor explica que a contaminação oriunda da operação de indústria metalúrgica na região já foi bem maior no passado, mas o risco ainda não cessou, sendo evidenciado tanto no meio urbano como em áreas de extrativismo. Em mais de 200 amostras de caranguejo coletadas nos manguezais da região nos últimos cinco anos, 77,8% delas apresentaram níveis de contaminação por metais pesados acima dos estabelecidos. “O caranguejo é tanto um alimento como uma fonte de renda para a população ribeirinha e isso causa uma desvalorização comercial e um estigma para essa cadeia produtiva”, afirma.

Segundo o professor Marcelo Araújo, uma das soluções seria exigir o cumprimento da Resolução nº 420/2009 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), que dispõe sobre os critérios e valores orientadores de qualidade do solo quanto à presença de substâncias químicas e estabelece diretrizes para o gerenciamento ambiental de áreas contaminadas por essas substâncias em decorrência de atividades antrópicas. “Alguns estados brasileiros já implantaram essa resolução, mas a Bahia precisa se mobilizar e começar esse levantamento de todos os sítios contaminados, tão graves quanto a região de Santo Amaro, como em Boquira, por exemplo”, destacou.

Apoio institucional - Representando o Grupo de Trabalho Degradação e Racismo Ambiental em Santo Amaro e Região, os defensores públicos presentes no encontro se colocaram à disposição para o enfrentamento dos desdobramentos dessa situação histórica e dos novos dados advindos dos estudos da UFRB. De acordo com a defensora Carina Silva, o contato com a universidade dará um direcionamento para ações mais efetivas. A ouvidora Thais Gomes defendeu que é preciso estabelecer formas responsáveis de intervenção em conjunto com a população local e cobrar do Estado ações para a descontaminação. O defensor Carlos Fonseca também ressaltou a importância de se responsabilizar as empresas pelos eventuais danos ambientais provocados.

Novas ações conjuntas entre a UFRB e o GT já estão previstas, como uma visita à Penha Papeis, fábrica de papeis de fontes recicladas, localizada em Santo Amaro. O NEIM também tem buscado contato com representantes de outros órgãos públicos, como a Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia e o Ministério Público, para disponibilizar os resultados dos estudos e com isso subsidiar as ações futuras para reverter os prejuízos físicos, ambientais e sociais das últimas décadas nesta região.

Seminário - Nos dias 04 a 08 de novembro, o NEIM promove o II Seminário de Mineração e Meio Ambiente da Bahia, no campus da UFRB em Cruz das Almas. O objetivo é apresentar e debater os avanços da ciência na recuperação de áreas afetadas pela exploração mineral. A programação conta com palestras ministradas por conferencistas nacionais e internacionais que são referências na temática. As inscrições estão abertas no site do evento.

Confira as fotos:

{gallery}noticias2019/reuniao-defensoria{/gallery}



UFRB seleciona monitores para evento sobre crise em políticas públicas

27 de Setembro de 2019, 13:37, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) seleciona sete pessoas para monitoria voluntária do evento “Políticas públicas no Brasil a partir de 2016: como abordar esse tema diante de crises e retrocessos?”

O processo de seleção dos interessados acontece com entrevista, na Sala dos Professores, no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), em Cachoeira, na próxima terça-feira, dia 1º, às 15h30min, com a professora Maria Inês Ferreira.

Os monitores voluntários vão integrar a comissão organizadora do evento “Políticas públicas no Brasil”, nas áreas de comunicação, divulgação e atuação durante o evento.

Os monitores selecionados vão receber certificados emitidos pela Pró-reitoria de Extensão (PROEXT) da UFRB.

Evento

O evento “Políticas públicas no Brasil a partir de 2016: como abordar esse tema diante de crises e retrocessos?” acontece no próximo dia 15 de outubro, das 9h às 22h, no auditório do CAHL. O evento vai reunir professores e especialistas do campo das políticas públicas no Brasil atualmente, e discutirá as conseqüências da hegemonia do compromisso com cortes de investimentos do governo, que ameaça setores essenciais que vinham se consolidando nos últimos anos.



UFRB abre seleção para estagiário de Mídias Digitais no Campus Cruz das Almas

27 de Setembro de 2019, 12:26, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Superintendência de Educação Aberta e a Distância (SEAD) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) está selecionando estagiário para a área administrativa de Mídias Digitais, Tecnologias e Comunicação e cadastro de reserva, para atuar no Campus Cruz das Almas.

As inscrições deverão ser feitas no período de 27 de setembro (14 horas) a 02 de outubro de 2019 (23 horas e 59 minutos), no endereço http://www.ufrb.edu.br/sead. Não será cobrada taxa de inscrição.

Os alunos interessados devem estar regularmente matriculados em Bacharelados Interdisciplinares, Engenharias, Artes Visuais, Cinema e Audiovisual e não podem ser bolsista de qualquer outro programa de bolsas, prestador de serviço voluntário, estágio obrigatório ou possuir vínculo empregatício.

O estagiário selecionado irá atuar com Educação Online, educação a distância, utilização com fins educacionais da Plataforma Moodle e ser Designer instrucional para EAD e Tecnologias da Informação e Comunicação.

O estagiário receberá o valor de R$ 520,00 (quinhentos e vinte reais), para uma carga horária semanal de 30 horas. Será oferecido o benefício de auxílio transporte, no valor de R$ 132,00 (cento e trinta e dois reais) - referente a dois vales transporte por dia efetivo de trabalho, durante 22 dias úteis no mês.

O estágio terá duração mínima de seis meses, podendo ser renovado por igual período, no limite máximo de dois anos, conforme Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008.

Seleção

A seleção constará de duas etapas. A primeira será feira a Análise da ficha de inscrição (eliminatória); a Análise do currículo (classificatória); e definidas pontuação aos candidatos que tenham realizado iniciação científica e extensão, participado de programas de monitorias, projetos especiais, programas de permanência qualificada e estágios.

A segunda etapa será realizada uma entrevista e a prova prática. Essa etapa acontecerá a partir do dia 09 de outubro, das 8h30min até às 11h30min, na Superintendência de Educação Aberta e a Distância.

A prova prática deverá testar as habilidades dos candidatos em Word, Excel, Corel Draw e LaTeX.

Informações adicionais deverão ser solicitadas exclusivamente por meio do e-mail: [email protected]

Edital nº 14 - SEAD.

http://www.ufrb.edu.br/sead/.



Nota sobre a ocupação da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis

20 de Setembro de 2019, 21:02, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Reitoria da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) vem a público manifestar a surpresa quanto à ocupação da sede da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (PROPAAE), ocorrida na noite da última quarta-feira, 17 de setembro de 2019. A ocupação foi comunicada através de nota divulgada em rede social por integrantes do Coletivo Unificado dos Estudantes Quilombola na UFRB, Coletivo de Estudantes Indígenas na UFRB e Movimento Negro Unificado, quando o Reitor e o Vice-Reitor encontravam-se em reuniões na Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) em Brasília-DF.

A nota, além de informar a ocupação, apresentava desagravos a duas das gestoras da PROPAAE. Neste sentido, repudiamos os ataques e acusações proferidos, ao tempo que ratificamos nossa total confiança nos encaminhamentos dados pela atual gestão da PROPAAE.

Ressalta-se que no decorrer destes primeiros meses de gestão, a Reitoria se reuniu por duas vezes com representantes dos referidos movimentos, prática esta que representa a continuidade do diálogo estabelecido nas gestões passadas buscando sempre o atendimento das demandas apresentadas, dentro das possibilidades institucionais.

Em reunião de gestão ocorrida hoje, 20 de setembro, a PROPAAE apresentou síntese do último encontro realizado com integrantes dos movimentos, informando os supostos motivos pelos quais um grupo de discentes decidiu pela ocupação, motivos estes relacionados à suspensão de 17 bolsas do Programa de Bolsa Permanência do MEC (PBP) pelo não atendimento de critérios preestabelecidos para a concessão e manutenção das mesmas.

Afirmamos ainda que a manutenção da ocupação da sede da PROPAAE, além de acarretar possíveis prejuízos na execução de atividades sob a responsabilidade daquela Pró-Reitoria, inclusive as que garantem a percepção de recursos financeiros aos estudantes aptos a receberem esta e a demais modalidades de bolsas atualmente concedidas pela PROPAAE, poderá obstruir a continuidade dos diálogos anteriormente estabelecidos.

Cruz das Almas, 20 de setembro de 2019.

Fábio Josué Souza dos Santos
Reitor da UFRB



UFRB seleciona vinte estudantes para monitoria da Expoflores de Cruz das Almas

20 de Setembro de 2019, 13:44, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) seleciona vinte alunos de graduação para atuarem como monitores na Expoflores 2019, a ser realizada no período de 03 a 06 de outubro, das 7h às 19h, em Cruz das Almas, na Praça Senador Themistocles, Centro.

As inscrições dos alunos interessados acontecem até o próximo 27 de setembro.

Os monitores vão atuar em um dos turnos: das 7h às 13h ou das 13h às 19h e receberão certificados emitidos pela Pró-reitoria de Extensão – PROEXT.

Expoflores

Expoflores é uma exposição de flores e plantas ornamentais de Cruz das Almas, considerado um dos mais importantes eventos do calendário do Estado da Bahia, tendo a participação de expositores de diversos municípios baianos e também de outros Estados. O evento é promovido pela Prefeitura Municipal de Cruz das Almas em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, e propicia a comercialização de produtos da agricultura familiar, artesanato, plantas e flores, além de gastronomia.

Este ano, a expectativa dos organizadores é que se amplie de 120 para 150 estandes  destinados para visitação do público e comercialização de produtos.

O formulário de inscrição está disponível aqui

Chamada nº 01/2019.



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres