Gehe zum Inhalt

Warenkorb

Warenkorb leeren
Einkauf beenden
Gesamt:
Warenkorb anzeigen Warenkorb verstecken
Zurück zu Blog
Vollbild Einen Artikel vorschlagen

Quais os limites da propriedade intelectual numa Universidade Pública?

October 3, 2008 21:00 , von Unbekannt - 0no comments yet | Es folgt noch niemand diesem Artikel.
576 Mal angesehen:
No momento em que a UFBA - uma universidade Pública - está criando um núcleo especializado em PI - Propriedade Intelectual, mas com um nome momentâneo de "Núcleo de Inovação Tecnológica", sem nenhum tipo de debate com a comunidade acadêmica, a reflexão proposta abaixo surge como algo mais do que necessário....

"Quais os limites da propriedade intelectual?"

Em entrevista à Carta Maior, a pequisadora Carol Proner, autora de uma tese de doutorado sobre Propriedade Intelectual e Direitos Humanos, fala sobre o dever constitucional da função social da propriedade e o respeito aos direitos coletivos, hoje ameaçados pela pressão dos países ricos e seus conglomerados econômicos. Veja a entrevista 

A partir dessa entrevista, fica também a questão sobre que tipo de Propriedade Intelectual (PI) deve ser produzida numa universidade pública como a UFBA:

publish.gif

1 - A PI sugerida, por exemplo, pelo Projeto Creative Commons, isto é, uma proposta internacional para licenciamento livre de qualquer propriedade intelectual, onde busca-se promover um equilíbrio entre os direitos conferidos pelas leis de direitos autorais e seus titulares e os direitos dos membros da sociedade de terem acesso ao conhecimento e à cultura. Vejam o exemplo do filme AQUI.

 

 
 
2 - Ou a PI estimulada atualmente pelo NIT/UFBA que mostra como uma "patente permite que terceiros sejam excluídos de atos relativos a matéria a protegida". Vejam AQUI a cartilha abaixo divulgada pelo Núcleo

 

 

Qual então é a sua opinião como contribuinte (que sustenta as universidades públicas), pesquisador/a, estudante, professor/a ou cidadão?


Quelle: Vicente Aguiar

0no comments yet

    Einen Kommentar schreiben

    Die Felder sind zwingend erforderlich.

    Wenn Sie ein registrierter Nutzer sind, dann können Sie sich anmelden und automatisch unter Ihrem Namen arbeiten.

    Abbrechen