Go to the content
Show basket Hide basket

Empreendimento de Economia Solidária

Colivre Empreendimento de Economia Solidária

Go back to Notícias
Full screen Suggest an article

Retrospectiva Colivre 2017

December 27, 2017 16:42 , by Feed RSS do(a) Colivre - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 997 times

Premiobb2

2017 foi um ano de criação e fortalecimento de novas e importantes redes Noosfero além do reconhecimento nacional da Colivre através da participação em mais um prêmio.

A rede internacional Another Roadmap for Arts Education (Outro Roteiro para a Educação Artística, em tradução livre) passou a utilizar o Noosfero como plataforma de articulação e comunicação entre seus núcleos ao redor do mundo. A plataforma utilizada pela rede foi desenvolvida pela Colivre por meio de um serviço prestado à Universidade de Artes de Zurique, na Suiça, e pode ser acessada através do endereço http://another.zhdk.ch/. A Another Roadmap reúne educadores/as e pesquisadores/as em museus, universidades, escolas e projetos culturais e educativos, contando 22 grupos ao redor do mundo com a proposta de trabalhar a educação artística inserida nas relações sociais e políticas, respeitando os contextos locais.

Outra importante rede social implementada pela Colivre com Noosfero foi a plataforma da Rede Nacional de Observatórios do Trabalho, um projeto do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A Rede vem sendo construída desde 2014 para possibilitar o desenvolvimento de atividades e produtos que contribuam para a articulação e aprimoramento metodológico dos Observatórios de Trabalho pelo país, buscando aprimorar a produção de informações voltadas para subsidiar o desenvolvimento de políticas públicas no campo do trabalho. A plataforma, que está em domínio provisório no servidor da Colivre, pode ser acessada através do endereço https://redeot.colivre.net/.

Em abril, a Colivre iniciou desenvolvimento do Erinle, um sistema distribuído, para lembrete sobre remédios e outros avisos médicos via SMS e App próprio. Com cadastro de pacientes, consultas, remédios a serem tomados e horários das doses. A plataforma foi desenvolvida sob demanda para a Universidade Federal da Bahia de Vitória da Conquista, que é executora local do projeto HealthRise, um projeto internacional finananciado pela fundação Medtronic, que visa expandir os cuidados de pacientes com diabetes e hipertensão. O software Erinle foi criado com o objetivo de aumentar a adesão de pacientes diagnosticados com diabetes e hipertensão ao tratamento com medicamentos e  hábitos saudáveis. Inicialmente o sistema será utilizado em uma farmácia da secretaria municipal de saúde de Vitória da Conquista para a fase de testes.

Em junho, a Colivre foi contratada pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) para desenvolver melhorias na rede Noosfero da instituição. A UFBA utiliza o Noosfero em projetos ligados à educação desde 2009 e atualmente tem ambientes Noosfero para projetos da faculdade de Educação e de Ciência da Computação como a Rede de Intercâmbio e Produção Audiovisual (RIPE), o Em Aberto Hackeado e o programa Onda Digital.

Em julho, a Colivre começou a desenvolver um aplicativo móvel para a plataforma de participação social do governo de Minas Gerais. O aplicativo está ligado ao Participa.MG, que utiliza o Noosfero e é mantida por várias secretarias do governo de Minas com o objetivo de facilitar o diálogo entre a sociedade civil e o governo, fortalecento fóruns, conselhos, conferências e centros de referência de direitos humanos no estado. Batizado de Participa Mais, o aplicativo facilitará aparelhos móveis ao Participa.MG e o acesso às funcionalidades do Noosfero como fóruns, blogs de notícias, artigos, comunidades além de permitir a realização de denúncias de violação de direitos humanos no estado e o preenchimento de enquetes e formulários em consultas públicas. O Participa Mais ainda está em fase de testes e tem previsão de lançamento para março de 2018.

Em outubro, a Colivre venceu uma licitação para desenvolver melhorias na plataforma de participação social do governo do Maranhão, o Participa MA. A plataforma, que também utiliza o Noosfero, foi implementada pela Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular do Maranhão (Sedihpop) para aumentar a participação dos maranhenses nas políticas públicas e tomadas de decisões no governo do Estado. Como contratada, a Colivre irá aprimorar o layout da rede e criar uma ferramenta para realizar processos de votação, enquetes e consultas com aplicativo móvel além de adaptar a plataforma aos padrões de acessibilidade estabelecidos no eMAG – Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico. A plataforma pode ser acessada atavés do endereço http://participa.ma.gov.br/.

No final de novembro, a Colivre participou como finalista da cerimônia do 9ª edição do Prêmio Banco do Brasil de Tecnologia Social. A Colivre foi finalista na categoria Cidades Sustentáveis/Inovação Digital com o projeto Noosfero: plataforma web livre para a criação de redes sociais autônomas. O prêmio, que acontece a cada dois anos, é o principal instrumento de identificação e certificação de tecnologias sociais que compõem o Banco de Tecnologias Sociais – BTS da fundação.  A edição de 2017 também contou com uma categoria internacional para a América Latina e obteve 735 inscrições de tecnologias sociais latino-americanas.


Source: http://softwarelivre.org/colivre/blog/retrospectiva-colivre-2017

0no comments yet

    Մեկնաբանություն թողնել

    The fields are mandatory.

    Եթե դուք գրանցված մասնակից եք, դուք մեխանիկորեն կճանաչվեք համակարգի կողմից:

    Հրաժարում