Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Consumo Consciente ABC
Tela cheia Sugerir um artigo

CCABC contribuirá com APROATE para manutenção da certificação orgânica por controle social

3 de Dezembro de 2013, 7:46 , por Consumo Consciente ABC - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 162 vezes

Na reunião ordinária da Associação de Produtores Rurais Orgânicos do Alto Tietê (APROATE) em 2 de dezembro de 2013 foi estabelecida uma parceria com o CCABC para garantir o funcionamento da Organização de Controle Social (OCS) da associação. A OCS é um organismo composto pelos próprios agricultores e colaboradores para realização da certificação da produção orgânica. O biólogo Victor Dimitrov e o Geógrafo Fábio da Cunha Brito, ambos conselheiros do CCABC, contribuirão na produção dos planos de manejo, além de realizar junto com os agricultores Roberto de Morais e Ivo Bernardo da Silva as visitas aos agricultores associados a APROATE.


Reunião Ordinária da APROATE

A OCS certifica os agricultores como orgânicos apenas para vendas diretas ao consumidor, modalidade que o CCABC faz. Esse tipo de certificação ainda garante uma possibilidade para o estabelecimento de políticas para preços, uma vez que a certificação por OCS tem custos menores do que as das empresas especializadas que fazem por auditoria. Ademais, essa certificação conduz o agricultor a transição para o sistema orgânico ou agroecológico e promove a interação entre os agricultores o que fortalece a relação.

Novo conselheiro

O agricultor Geraldo de Lima Rodrigues se integrou ao quadro de conselheiros do CCABC. Geraldo é presidente da APROATE e nosso parceiro de trabalhos logísticos, agora ele ajudará nas decisões para manutenção da organização. O trabalho do Geraldo como agricultor é exemplar, sua produção é 100% orgânica e certificada e ainda é um forte articulador entre os demais agricultores associados.

Geraldo é o agricultor parceiro do CCABC

Com essa inclusão, o conselho pretende fortalecer ainda mais o vínculo com a APROATE no sentido de garantir o processo de produção orgânica, o resgate da produção de produtos tradicionais, uma política de preço justo e o escoamento direto para o consumidor.

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar