Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Consumo Consciente ABC
Tela cheia Sugerir um artigo

Transição Agroecológica: Problematizações e Proposta de Atuação

16 de Junho de 2015, 15:33 , por Consumo Consciente ABC - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 112 vezes



No dia 5 de junho de 2015, Victor Dimitrov, conselheiro do Projeto Consumo Consciente ABC, apresentou uma palestra sobre os desafios da transição agroecológica durante o Encontro Regional de Estudantes de Geografia. O palestrante enfatizou que o modelo agroindustrial de monoculturas precisa mudar, principalmente por causa das mudanças climáticas que pode provocar. Já é cotidiana a falta d'água na região metropolitana de São Paulo, e vai ser cada vez mais se providências não forem tomadas.

Explicou aos participantes os motivos da crise hídrica no sudeste causados pelo histórico de desflorestamento para exploração agrícola de áreas extensas, mostrou como a dinâmica climática amazônica é tão necessária para o sudeste e como o avanço do desflorestamento na região amazônica pode ser prejudicial para essa dinâmica.

"Os impactos da agroindústria nas áreas entre o cerrado e a amazônia podem causar sérios problemas ao clima do sudeste. Aqui já não temos mais florestas para segurar a estabilidade do clima, sem a amazônia o quadro pode piorar". Explicou Victor

A transição agroecológica seria uma maneira de contornar a situação ambiental que vem se agravando dia-a-dia e afastar o fantasma do racionamento da água. Uma mudança ecológica na matriz tecnológica da agricultura daria fôlego para o meio ambiente natural se regenerar, mas isso não depende somente dos esforços dos ambientalistas e instituições ambientais sem fins lucrativos. Além desses atores há a necessidade de um Estado atuante e preocupado com os recursos naturais e com a questão socioambiental.

Victor colocou para os estudantes uma proposta de atuação frente a esse quadro, a organização de grupos de consumidores de produtos orgânicos ou agroecológicos, mas mostrou que essa é uma tática, sem programas estatais sérios não será possível reverter o quadro desolador do meio ambiente. Além disso, chamou os futuros geógrafos a buscar atuação em programas de extensão rural que visem a mudança da matriz tecnológica agrícola para a agroecológica. "O campo brasileiro não aceita mais a matriz tecnológica convencional, precisamos fazer uma revolução". Finalizou Victor.
Fonte: http://consumoconscienteabc.blogspot.com/2015/06/transicao-agroecologica.html

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar