Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

I ENICQ debate políticas afirmativas associadas à excelência acadêmica

18 de Março de 2014, 14:54 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 45 vezes

Discutir as perspectivas para uma Universidade com ações afirmativas e avaliar as políticas já implementadas. Esse é o objetivo do I Encontro de Estudantes Negros, Negras, Indígenas, Cotistas e Quilombolas (ENICQ) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), que teve início nesta segunda-feira, 17 de março, no campus de Cruz de Almas. 

A abertura do evento no anfiteatro do prédio da Reitoria contou com a presença do vice-reitor, Silvio Soglia, do pró-reitor de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis, Ronaldo Barros e da pró-reitora de Extensão, Ana Rita Santiago, além dos convidados Hilton Cobra, presidente da Fundação Palmares, e o deputado federal Luiz Alberto. 

No decorrer da sua fala, o vice-reitor Silvio Soglia destacou que as ações afirmativas têm sido a marca da UFRB. A Universidade registra um contingente de 84% de estudantes negros/pardos e 1.205 estudantes participantes do Programa de Permanência Qualificada, dados de 2013.  “Isso é o que nos distingue e nos diferencia”, destacou o vice-reitor, completando: “Esse é o momento legítimo para celebrar as conquistas e avançar na busca pela excelência acadêmica associada às políticas afirmativas e a UFRB já tem dado a resposta para aqueles que não acreditam nessa associação”.

“O ENICQ já se justiça pelo fato de termos os negros como maioria no nosso corpo discente. E, mais do que isso, o encontro representa o perfil da própria Universidade em acolher os cotistas dentro de um processo de ampliação da formação, a fim de que sejam profissionais atuantes na sociedade”, afirmou o pró-reitor de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis, Ronaldo Barros. “Esse encontro atualiza e recoloca as pautas dos cotistas para a UFRB e para fora dela”, completou a pró-reitora de Extensão, Ana Rita Santiago.

O deputado federal Luiz Alberto relembrou o processo para implantação das políticas de reparação no Brasil e destacou o papel da UFRB nesse processo. “Esse evento é o reflexo do papel desta universidade na transformação de nossa sociedade. A UFRB caminha para ser o centro da excelência de ensino para o povo preto. Ela nasce com esse compromisso”, relembrou. 

A programação do I ENICQ segue até quarta-feira, dia 19, com mesas redondas, grupos de trabalho (GT’s), rodas de diálogos, oficinas e performances artísticas. As propostas encaminhadas pelo encontro irão constituir as diretrizes do Plano de Desenvolvimento Institucional da UFRB.

Apresentações Culturais

Durante o I ENICQ também estão previstas apresentações culturais. A cantora Virgínia Rodrigues se apresentou logo após a mesa de abertura. Acompanhada pelo violão, no seu repertório esteve clássicos da música baiana. As próximas atrações serão a Banda Alfaya e o cantor Rogério Lima, com participação de Cássia Maria. A programação cultural inclui ainda lançamentos de livros, rodas de capoeira e exposição fotográfica.

Confira fotos do evento:

{gallery}noticias2014/enicq{/gallery}


Fonte: http://www.ufrb.edu.br/agencia/cursos-e-eventos/3513-i-enicq-debate-politicas-afirmativas-associadas-a-excelencia-academica

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    UFRB

    Brazil