Go to the content
Show basket Hide basket
Full screen Suggest an article

Notícias

January 12, 2009 22:00 , by Unknown - | 1 person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

UFRB lamenta falecimento da funcionária terceirizada Juciara Carvalho

May 8, 2021 1:58, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento da funcionária terceirizada Juciara Moreira de Carvalho, ocorrido nesta sexta-feira, 07 de maio. Juciara fazia parte da equipe de limpeza do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), Campus Cachoeira/São Félix. 

Ao registrarmos nossas condolências, manifestamos apoio e solidariedade aos amigos e familiares.



Nota da Reitoria da UFRB sobre o corte de 22,8% no orçamento de 2021

May 7, 2021 14:49, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Lei Orçamentária Anual (LOA), relativa à 2021, foi sancionada em 22 de abril. Entretanto, esta legislação deveria ter sido aprovada em fins de 2020. Esse atraso, por mais de quatro meses, já representou uma descontinuidade da execução orçamentária das Universidades Federais, afinal, cabe a esta normativa legal, a definição dos gastos e a estimativa das receitas do Governo Federal.

Após sucessivos cortes, promovidos tanto pela peça orçamentária encaminhada pelo Executivo quanto pela apreciação do Legislativo, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi atingida com a supressão de um montante no valor de R$ 11,1 milhões em seu orçamento discricionário, o que representa um decréscimo da ordem de 22,8% quando comparado ao ano de 2020.

Comparação dos orçamentos discricionários de 2020 e 2021

Rubrica 2020 2021 Corte
Custeio 29.226.321,00 28.722.111,00 -504.210,00
Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes) 9.824.398,00 7.828.193,00 -1.996.205,00
Hospital Universitário de Medicina Veterinária 211.532,00 165.380,00 -46.152,00
Incluir 31.597,00 25.030,00 -6.567,00
Investimento 7.756.385,00 423.001,00 -7.333.384,00
Arrecadação 1.587.883,00 353.972.00 -1.233.911,00
Total 48.638.116,00 37.517.687,00 -11.120.429,00

Além do corte, desde 2020 foi introduzido um novo conceito no regime fiscal brasileiro denominado “orçamento sob supervisão”, que expressa uma estratégia de gestão orientada para a redução do gasto público. Na prática, isso significa que parte significativa dos recursos não estão disponíveis para utilização das Universidades Federais. Assim, autorização de gasto somente é liberada com aprovação legislativa especial, o que dificulta ainda mais a execução e o comprometimento de novas despesas. No caso específico da UFRB, 58% de nosso orçamento encontra-se sob supervisão, o que totaliza R$ 21,6 milhões.

Mas o desafio é ainda maior no atual exercício financeiro, pois o Ministério da Educação (MEC), dentro do “orçamento sob supervisão”, ainda repassou para o conjunto das universidades um bloqueio de 13,8%, o que correspondente a R$ 5,1 milhões na UFRB.

Orçamento Discricionário Liberado e Sob Supervisão

Rubrica LOA Liberada LOA Sob Supervisão
Custeio 11.677.836,00 17.044.275,00
Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes) 3.261.316,00 4.566.877,00
Hospital Universitário de Medicina Veterinária 115.195,00 50.185,00
Incluir 10.038,00 14,992,00
Investimento 423.001,00 -
Arrecadação 353,972,00 -
Total 15.841.358,00 21.676.329,00

Dessa forma, o orçamento total liberado para a UFRB em 2021, até o momento, é de R$ 15,8 milhões para fazer frente a todas as despesas de custeio, assistência estudantil e investimentos. Se o “orçamento sob supervisão” for totalmente liberado, a UFRB terá R$ 37,5 milhões para 2021. Por comparação, foram executados R$ 47 milhões em 2020.

O corte e o novo regime fiscal “sob supervisão” significam o comprometimento na manutenção de estruturas para o desenvolvimento de atividades da UFRB. Em função deste momento de excepcionalidade da pandemia da CoVid-19, o que pode ocasionar o colapso de funcionamento da UFRB, como de todo o sistema federal de ensino superior.

Impacto na assistência estudantil

Além de afetarem as despesas com manutenção da instituição e investimento em ações de ensino, pesquisa e extensão, os cortes prejudicam as políticas e ações afirmativas de inclusão e assistência de estudantes em condições de vulnerabilidade. Hoje, cerca de 2,6 mil, dos mais de 10 mil estudantes de graduação da UFRB, são apoiados por essas ações.

O corte representará a supressão de aproximadamente R$ 2 milhões em relação ao volume de recursos destinado durante o último período, que fora da ordem de R$ 9,8 milhões, na assistência estudantil.

Andifes faz alerta sobre orçamento das universidades federais

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), entidade que congrega os reitores das 69 universidades federais, alerta a sociedade brasileira sobre a difícil realidade vivenciada por essas instituições, assim como as severas consequências para o funcionamento destas, diante do cenário orçamentário desenhado pela LOA 2021.

O documento classifica como preocupante a redução dos recursos destinados às universidades federais e conclui nos seguintes termos:  "Reduzir ou paralisar nossas atividades não é uma opção. Seria o mesmo que impor uma punição aos brasileiros, já tão agastados com a pandemia. Rever valores, conceitos e prioridades é o caminho para o qual conclamamos as autoridades", conclui o texto.

Confira a íntegra da nota.

Como se pode perceber, o problema orçamentário não se restringe a UFRB, mas o seu impacto acadêmico, político e social será de grandes proporções no contexto dos territórios de identidade em que nossa universidade tem atuação. Nesse sentido, cabe conclamar a todos àqueles que compreendem a importância da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia para que se engajem na defesa desse ousado projeto educacional que já apresenta, há mais de 15 anos, profundas transformações.

A UFRB é um patrimônio do povo brasileiro, saberemos defendê-la e superaremos esse difícil e complexo momento da história.



Terceiro comunicado aos(às) servidores(as) da UFRB: Vacinação

May 6, 2021 13:54, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Como resultado da reunião entre os reitores(as) das Universidades Públicas e os Institutos Federais de Educação Básica e Superior do Estado da Bahia, ocorrida na última segunda-feira, dia 03 de maio, organizada pela Reitoria da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), foi enviado o Ofício nº 234/2021 GR UFRB para o Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde do Estado da Bahia (COSEMS) no dia 04 de maio.

Confira na íntegra o Ofício nº 234/2021 GR UFRB.

Ao mesmo tempo, continuamos as tratativas com as autoridades municipais e estaduais para que o local de residência seja considerado um critério para a imunização.

Att.

Fábio Josué Santos
Reitor



UFRB define ação conjunta com outras IPES sobre vacinação do COVID-19

May 3, 2021 18:53, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

reuniao reitores

Os reitores Fábio Josué dos Santos (UFRB), Evandro do Nascimento Silva (UEFS), Jacques Antônio de Miranda (UFOB), José Bites de Carvalho (UNEB), Aécio Duarte (IF Baiano) e Luzia Mota (IFBA) avaliaram o cenário estadual da vacinação contra o novo coronavírus, COVID-19, em profissionais da área de Educação Superior, em reunião virtual ocorrida nesta segunda-feira, dia 3, pela manhã. Pela UFRB, ainda participaram da reunião online, o chefe de Gabinete, professor Luiz Paulo de Oliveira e a Assessoria de Comunicação (ASCOM).

Na avaliação do quadro atual, em que os servidores da educação são considerados grupos prioritários, o que se constatou foi que o ritmo de aplicação das vacinas nas cidades baianas está com cronogramas diferentes e seguindo critérios de grupos prioritários diferentes. Não há uma sincronicidade sobre o atendimento aos profissionais de Educação (professores, técnicos-administrativos e terceirizados), no Estado, mesmo com o envio de uma lista prévia elaborada e enviada aos órgãos públicos envolvidos, pelas Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES).

Os reitores dessas IPES sediadas na Bahia, convidadas pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) definiram uma atuação conjunta, como estratégia no processo de vacinação dos servidores da Educação destas instituições, devido as particularidades de atendimento nos municípios.

Segundo a definição dos dirigentes, entre as ações conjuntas a serem adotadas destaca-se a articulação para realização de uma reunião virtual com o Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (Cosems), para que os(as) reitores(as) das Universidades e Institutos possam apresentar o pleito para que a imunização dos profissionais das IPES da Bahia possa acontecer no município em que o(a) servidor(a) reside, critério comumente utilizado em outras companhas de vacinação do Sistema Único de Saúde.

Também, ficou definido que o grupo tentará uma reunião com a Secretaria Municipal de Saúde em Salvador, para incluir os profissionais das IPES da Bahia que residem neste município e que são lotados no interior baiano, no grupo prioritário da Capital.

A Reitoria da UFRB manterá a comunidade acadêmica informada dos resultados das ações empreendidas.



Segundo comunicado aos(às) servidores(as) da UFRB: Vacinação

May 2, 2021 10:47, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Complementando as informações já divulgadas no comunicado da Reitoria sobre a vacinação contra a Covid-19 (comunicado de sexta-feira, no site da UFRB, no endereço https://www.ufrb.edu.br/portal/noticias/6151-comunicado-aos-as-servidores-as-da-ufrb), informamos que no dia 26/04 encaminhamos a relação nominal dos nossos servidores efetivos e trabalhadores terceirizados, por faixa etária, demandada pela Secretaria Estadual de Educação (através de e-mail encaminhado no dia 22/04), tendo em vista o planejamento da vacinação dos profissionais das Instituições de Ensino Superior do Estado da Bahia. 

Segundo a SEC, a logística de vacinação é gerida pelos municípios, de tal forma que as informações solicitadas à UFRB (nome completo, CPF, data de nascimento, município de lotação e função) foram enviadas às Secretarias Municipais de Saúde, responsáveis pela gestão de todo processo de vacinação.

Até o momento, a Reitoria não recebeu nenhuma comunicação oficial sobre a data de início da vacinação nos municípios que sediam os campi da UFRB. Contudo, já estamos em contato com as Secretarias Municipais de Saúde afim de obter mais informações. O feriado e o final de semana têm dificultado esta ação, que será finalizada na segunda-feira.

Ademais, entendemos que a vacinação dos nossos servidores deve ocorrer no município em que residem, critério comumente utilizado em outras companhas de vacinação do Sistema Único de Saúde. Neste sentido, nesta segunda-feira encaminharemos, através comunicação oficial, a relação nominal dos nossos servidores às Secretarias de Saúde dos municípios residentes, bem como estaremos articulando uma reunião conjunta dos Reitores(as) das Instituições Públicas de Ensino Superior baianas e a Secretária Municipal de Saúde de Salvador a fim de discutirmos a possibilidade de vacinação dos docentes e servidores técnicos que residem naquele município.

Att.

Fábio Josué Santos
Reitor



Կատեգորիաներ

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil