Go to the content
Show basket Hide basket
Full screen Suggest an article

Notícias

January 12, 2009 22:00 , by Unknown - | 1 person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Pesquisa da UFRB utiliza IA com imagens de raio X para detecção de Covid-19

October 19, 2021 12:06, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Pesquisadores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) investigaram a importância da aplicação de técnicas de inteligência artificial (IA), denominadas de Deep Learning ou Aprendizado de Máquina Profundo, com o uso de número reduzido de imagens de raio X artificiais de pulmão (Data Augmentation), para o diagnóstico de Covid-19 - o diagnóstico rápido e preciso contribui na redução da taxa de transmissão da doença respiratória infecciosa, considerada pandemia mundial, e permite realizar um acompanhamento do estado de saúde do paciente.

As imagens sintéticas criadas a partir de transformações em imagens reais (originais) analisadas classificaram os pacientes entre saudável, com pneumonia e com Covid-19, alcançando a precisão de até 100% de acertos na etapa de teste. A pesquisa usou a análise de acurácia de 16 combinações de transformações (zoom, rotação, intensidade do brilho e espelhamento horizontal) aplicadas na geração de novas imagens artificiais através de técnicas de Data Augmentation - um dos desafios da área é o treinamento de modelos de Redes Neurais Convolucionais com base de dados com poucas amostras.

“Os resultados foram promissores e mostram que o treinamento com imagens sintéticas (Data Augmentation) pode proporcionar boas taxas de classificação, caso as combinações de transformações (hiperparâmetros de Data Augmentation) nas imagens sejam adequadamente selecionadas”, explica o pesquisador e professor da UFRB, André Luiz Carvalho Ottoni, um dos autores do estudo.

A pesquisa foi publicada em forma de artigo científico, “Análise da seleção de hiperparâmetros de Data Augmentation na detecção de Covid-19 em imagens de raio X com Deep Learning”, no XV Congresso Brasileiro de Inteligência Computacional, pelos pesquisadores Pedro Rici, Samara Oliveira Silva Santos e André Ottoni, do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC), em Cruz das Almas.

A pesquisa apresenta uma metodologia criteriosa e experimental para a definição de hiperparâmetros de Data Augmentation na classificação de imagens de raio X para detecção de Covid-19 com Deep Learning. O aluno de Engenharia Elétrica, Pedro Rici, destaca que através da metodologia apresentada e dos resultados obtidos, a pesquisa pode servir de base para outros pesquisadores da área para entender como a técnica do Data Augmentation influência em suas arquiteturas de Redes Neurais Convolucionais e assim economizar esforços e tempo em outras pesquisas envolvendo a classificação de imagens de raio X de pulmão para detecção de Covid-19.

Como exemplo, na sessão temática - ST02: Inteligência Computacional aplicada ao combate da COVID-19 - na qual o artigo foi apresentado, “estudos de relevantes universidades nacionais também foram discutidos, como da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRJ e UFRN)”, afirma Ottoni, que destaca a importância do estudo para reforçar o papel da UFRB na busca por soluções inteligentes no combate à pandemia.

Importância da pesquisa

Para o estudante e pesquisador Pedro Rici, diante do cenário vivido atualmente, com tamanho desafios e mudanças, “devemos procurar sempre utilizar dos nossos conhecimentos e forças para contribuir de alguma forma”. “Com a Pandemia do Covid-19 esse sentimento se intensificou e essa ânsia por tentar de alguma forma melhorar o mundo que vivemos se transformou nessa pesquisa. Dessa forma, vejo esse artigo como um primeiro passo para maiores transformações na minha vida e na sociedade" destaca Rici.

O professor André Ottoni afirma que a pandemia de Covid-19 representa um triste momento na vida de todos nós. Por outro lado, a sociedade e a comunidade acadêmica foram desafiadas para encontrar soluções que pudessem melhorar esse cenário. Uma dessas áreas de estudo concentra-se na aplicação de Inteligência Artificial na análise de dados da pandemia.

"A literatura recente (2020 e 2021) tem mostrado excelentes trabalhos na área de aplicação de Deep Learning para detecção de Covid-19. Nesse aspecto, nossa pesquisa contribui com essa área, focando na geração de imagens com Data Augmentation. Espera-se que o presente estudo possa motivar outros pesquisadores a também investigar os efeitos da geração de imagens artificiais em bases de dados com poucas imagens de raio X de Covid-19. Dessa forma, na tentativa de se obter melhores resultados de acurácia na classificação. "

O artigo está publicado na página da Sociedade Brasileira de Inteligência Computacional: sbic.org.br/eventos/cbic_2021/cbic2021-22/.



Nota da UFRB sobre o acesso indevido de estudantes à residência estudantil do CCS

October 18, 2021 19:16, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Reitoria da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) torna pública a nota sobre o episódio de acesso indevido ao espaço físico da Residência Universitária do Centro de Ciências da Saúde (CCS) por estudantes do referido Centro, ocorrido no último dia 14 de outubro.

Inicialmente, é importante considerar que visando preservar a saúde de sua comunidade contra a COVID-19, a UFRB, por meio da Portaria No 322/2020, suspendeu as atividades acadêmicas e administrativas a partir do dia 17 de março de 2020, por tempo indeterminado, preconizando o desenvolvimento das atividades de forma remota e manutenção das atividades presenciais prioritárias ou estratégias de forma revezada, enquanto medidas restritivas à utilização dos espaços institucionais, cumprindo assim com as exigências de distanciamento social e segurança sanitária.

Também, a UFRB instituiu o “Comitê de Acompanhamento e Enfrentamento à COVID -19” (Portaria No 319/2020), em 13 de março de 2020, e referendada pelo Conselho Universitário (CONSUNI) em 17 de março de 2020, com o objetivo de acompanhar e avaliar questões inerentes ao contexto epidemiológico, respeitando as diretrizes dos órgãos públicos competentes e orientar as decisões da Administração Central da UFRB quanto às ações a serem encaminhadas, enquanto perdurar o quadro de pandemia estabelecido pela OMS.

Na sequência, em 26 de março de 2020, foi publicado o Plano de Contingência COVID-19, com orientações sobre o funcionamento da instituição durante o período da pandemia, sob vigência da Portaria Nº 322/2020, que mantém o funcionamento das atividades da UFRB de acordo com as medidas de proteção e de precaução individual e coletiva da Universidade, durante o período de isolamento social.

Durante a suspensão das atividades presenciais, com vistas à preservação da vida das(os) estudantes residentes que não puderam retornar aos seus domicílios de origem e permaneceram nas residências universitárias, a UFRB, por meio da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (PROPAAE), adotou medidas administrativas, tais como, atendimento psicológico, distribuição de cestas básicas, fornecimento de EPI’s e material para higienização pessoal e do espaço físico (sabão liquido, álcool gel, álcool líquido), levantamento sobre a rede socioassistencial dos municípios em que a UFRB tem Campus e emissão de nota sobre a mobilidade e circulação nas dependências do espaço físico das Residências Universitárias durante a pandemia.

Mais recentemente, em 16 de julho de 2021, foi aprovada a Resolução No 03/2021 que estabelece Diretrizes e Protocolos de Medidas de Biossegurança da UFRB, definindo critérios para retomada das atividades presenciais na instituição. Considerando este normativo, a Universidade encontra-se na Fase 3 – Controle, na qual as atividades acadêmicas continuam sendo desenvolvidas de forma remota, com abertura gradual dos laboratórios de pesquisa e permissão para atividades práticas e estágios supervisionados na área da saúde humana e animal e restrição de acesso às residências universitárias para as(os) residentes que permaneceram isolados desde o início da pandemia.

Prospectando a evolução para as próximas fases do Protocolo de Biossegurança, a PROPAAE iniciou a elaboração de um plano de retorno às Residências Universitárias, que, em breve, será apresentado às instâncias devidas.

Neste contexto, no último dia 14, foi relatado episódio de acesso indevido ao espaço físico da Residência Universitária do CCS por estudantes do referido Centro. Segundo informações, a ação dos estudantes foi ocasionada por não terem obtido autorização para retornarem à Residência Universitária do CCS. Entretanto, de acordo com a PROPAAE, os estudantes envolvidos na ação supracitada e assistidos pelo Programa de Permanência Qualificada na modalidade de Moradia/Residência, não formalizaram solicitações de retorno à residência.

Importante destacar que, neste momento, a UFRB encontra-se em período de recesso das atividades acadêmicas de graduação.

A conduta dos estudantes contraria os normativos institucionais e as determinações sanitárias adotadas em virtude da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus (COVID-19) que mobilizou União, Estados e Municípios a determinarem restrições em atividades presenciais como medidas que evitem aglomerações e contato social de prevenção e precaução individual e coletiva.

Essa conduta além de violar o artigo 149 do Regimento Geral da UFRB, que trata dos direitos e deveres do corpo discente, cujas sanções estão previstas no artigo 150 do próprio Regimento e podem ensejar a exclusão do Programa de Permanência Qualificada, coloca em risco a saúde das(os) residentes que permaneceram isoladas(os) nas residências desde a suspensão das atividades presenciais, bem como representa ameaça à saúde das(os) funcionárias(os) terceirizadas(os).

Sendo assim, a UFRB informa que adotará os procedimentos para a apuração dos fatos, envidando medidas cabíveis na observância das normas superiores que regulamentam e referendam o funcionamento da Universidade e as decisões do Conselho Universitário.

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB



UFRB divulga seleção para Mestrado Profissional em Saúde da Família

October 18, 2021 16:26, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) divulga o edital de processo seletivo para o ingresso de aluno regular no Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família (PROFSAUDE/MPSF), com ingresso previsto para o primeiro semestre acadêmico de 2022.

São disponibilizadas seis vagas. O curso é oferecido em rede nacional, na modalidade Ensino à Distância (EaD), abrangendo nove encontros síncronos (presenciais ou virtuais, a depender do contexto epidemiológico) e atividades desenvolvidas a distância no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

As inscrições acontecem de 01 de dezembro de 2021 até 14 de fevereiro de 2022, exclusivamente via internet no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA). A documentação comprobatória deverá ser apresentada de acordo com as instruções do Edital Nº 01/2021.

Os interessados devem ter concluído o curso de graduação em Medicina, em Enfermagem ou em Odontologia, devidamente autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), possuir registro no respectivo Conselho Regional e Federal da categoria; e atender ao critério de ser professor da graduação e/ou residência em Medicina de Família e Comunidade ou residência multiprofissional em Saúde da Família de instituições públicas de ensino superior; ou ser preceptor e/ou tutor de residências multiprofissionais e/ou da graduação em uma das três áreas em instituições públicas de ensino superior; ou ser profissional com atuação na Atenção Básica, nas equipes de saúde da Estratégia de Saúde da Família e na gestão no âmbito do SUS.

O PROFSAUDE/MPSF é um programa de pós-graduação stricto sensu em Saúde da Família, reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) do Ministério da Educação (MEC). O programa é uma estratégia de formação que visa atender à expansão da graduação e da pós-graduação no país, bem como à educação permanente de profissionais de saúde, com base na consolidação de conhecimentos relacionados à Atenção Primária em Saúde (APS), à Gestão em Saúde e à Educação.

Confira o Edital nº 01/2021 - PROFSAUDE/MPSF.

Mais informações em https://ufrb.edu.br/mestradoprofsaude.



Reitoria da UFRB inicia discussão sobre retorno gradual presencial

October 18, 2021 13:17, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Reitoria da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) iniciou a discussão sobre o retorno gradual presencial às suas atividades com as representações dos servidores docentes e técnicos administrativos, além da Administração Central e Direções de Centros de Ensino, em conformidade com a Resolução CONSUNI No 03/2021 que dispõe sobre aprovação das Diretrizes Institucionais e Protocolos de Medidas de Biossegurança de Enfrentamento à COVID-19 no âmbito da UFRB.

A reunião com a Administração Central e Direções de Centro de Ensino ocorreu em formato presencial na tarde da última quarta-feira (13), na sala dos Conselhos, Campus Cruz das Almas.

A reunião com a representação sindical dos servidores docentes ocorreu em formato virtual na manhã de quinta-feira (14). No mesmo dia, pela tarde, ocorreu a reunião virtual com a representação sindical dos servidores técnico-administrativos.

Nos encontros foram apresentadas as ações adotadas pela Administração Central para viabilização do retorno presencial, em conformidade com as Diretrizes Institucionais e Protocolos de Medidas de Biossegurança de Enfrentamento à COVID-19 no âmbito da UFRB, como compra de insumos (álcool em gel, máscaras cirúrgicas, máscaras N95, protetores faciais, borrifadores, termômetros digitais, totens de álcool em gel, dispensers de álcool em gel, luvas látex, óculos de proteção), além do material gráfico para sinalização dos campi da UFRB.

Ainda conforme os Protocolos de Medidas de Biossegurança, foi apresentado o resultado do trabalho realizado pelos profissionais do Núcleo de Gestão e Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (NUGASST) da Pró-Reitoria de Gestão Pessoal (PROGEP), como a elaboração de relatórios técnicos e inspeções feitas nas instalações da Universidade. A Instrução Normativa SGP/SEDGG/ME Nº 90, de 28/09/2021, que estabelece orientações aos órgãos e entidades do SIPEC para o retorno gradual e seguro ao trabalho presencial, também foi objeto de discussão nas reuniões.

A retomada das atividades presenciais foi prospectada em fases no âmbito da Resolução CONSUNI Nº 03/2021, com garantia de condições de funcionamento em consonância com as medidas sanitárias, de forma gradual. Essa retomada segue critérios estabelecidos em indicadores da capacidade do sistema de saúde e da evolução da pandemia da COVID-19, a partir das orientações e recomendações das autoridades da saúde pública e da vigilância sanitária.

Em agosto de 2021, foi constituído um Grupo de Trabalho (GT – Indicadores da COVID-19), pela Portaria da Reitoria No 769, para realizar o acompanhamento dos indicadores da saúde e da evolução da pandemia, sob acompanhamento do Comitê de Acompanhamento e Enfretamento à COVID-19 da UFRB.

A partir das reuniões realizadas nos dias 13 e 14 de outubro, foi indicada a realização de uma reunião do Conselho Universitário (CONSUNI) para o dia 22 de outubro, para apresentação dos indicadores da saúde e da evolução da pandemia, com vistas à mudança de Fase, com a previsão do retorno gradual das atividades presenciais da UFRB.

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB



UFRB abre seleção para mestrado em Arqueologia e Patrimônio Cultural

October 15, 2021 16:54, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) anuncia a abertura de processo seletivo para alunos regulares no programa de pós-graduação, em nível de mestrado, em Arqueologia e Patrimônio Cultural (PPGap), para o primeiro semestre acadêmico de 2022. O curso é vinculado ao Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), em Cachoeira.

Serão oferecidas vinte vagas no processo seletivo, sendo dez para área de concentração Arqueologia e dez para a área de concentração Patrimônio Cultural.

As inscrições acontecem exclusivamente via SIGAA – Processos Seletivos Stricto Sensu, até o próximo dia 29 de outubro. Não haverá cobrança de taxa de inscrição para interessados. Os dados solicitados no formulário eletrônico devem ser informados pelo candidato, que se responsabilizará pela exatidão dos mesmos.

Das 20 vagas ofertadas no Edital PPGap 03/2021, há vagas destinadas à política de cotas, amparado pela Resolução CONAC 033/2018, a qual dispõe sobre o sistema de cotas raciais para o acesso e outras políticas de ações afirmativas para a permanência de estudantes negros, quilombolas, indígenas, pessoas trans (transgêneros, transexuais e travestis) e pessoas com deficiência em todos os cursos de pós-graduação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; e para servidores técnico-administrativos do quadro efetivo da instituição.

Poderão participar do processo seletivo graduados ou graduandos de qualquer área. Para as graduandos, a previsão de conclusão da graduação deverá ocorrer em período anterior à data prevista para efetivação da matrícula no Programa.

O Programa de Pós-Graduação em Arqueologia e Patrimônio Cultural (PPGap) tem como objetivo desenvolver os campos da Arqueologia e do Patrimônio Cultural de forma integrada, promovendo a formação de excelência e produção de conhecimento no nível da pós-graduação (mestrado), capacitando profissionais para atuar autonomamente em diferentes ambientes (institucionais, empresariais e sociais), da docência, da pesquisa e das atividades técnicas, sendo capazes de refletir, planejar e agir sobre todo processo de formação dos acervos arqueológicos e dos demais patrimônios culturais, da sua concepção aos processos de patrimonialização.

Áreas de Concentração

A Área de Concentração Arqueologia abrange os estudos em Arqueologia Histórica e dos Povos Originários, em sítios e acervos musealizados ou não. A área tem duas linhas de pesquisas: Linha 1 - Populações, ambientes e culturas; e Linha 2 - Musealização do patrimônio arqueológico.

A Área de Concentração Patrimônio Cultural aborda os processos históricos e socioculturais de formação dos patrimônios culturais, bem como as ações institucionais que levam a apropriação dinâmica deste legado. A área tem duas linhas de pesquisas: Linha 3 - Patrimônio cultural e identidades; e Linha 4 - Patrimônio cultural e políticas públicas.

Processo Seletivo

O processo seletivo será constituído por quatro etapas: Etapa 1 - Anteprojeto de Pesquisa, de caráter eliminatório e classificatório; Etapa 2 - Prova remota, digitada. Etapa de caráter eliminatório e classificatório; Etapa 3 - Prova oral remota. Etapa de caráter eliminatório e classificatório; e Etapa 4 - Prova de Língua Estrangeira de caráter classificatório.

Confira o Edital Nº 03/2021.

mais informações em ufrb.edu.br/ppgap.

E-mail [email protected]



Կատեգորիաներ

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil