Go to the content
Show basket Hide basket
Full screen Suggest an article

Notícias

Gennaio 12, 2009 22:00 , by Unknown - | 1 person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Novas chamadas do Programa Ciência sem Fronteiras estão disponíveis

Ottobre 22, 2013 15:44, by Unknown - 0no comments yet

A Superintendência de Assuntos Internacionais (SUPAI) da UFRB divulga que estão abertas novas chamadas para o Programa Ciência Sem Fronteiras. As inscrições seguem até o dia 29 de novembro. As novas chamadas para Graduação Sanduíche são para os seguintes países: Reino Unido, Bélgica, Canadá, Holanda, Finlândia, Austrália, Nova Zelândia, Coréia do Sul, Espanha,EUA, Alemanha, França, Itália, Suécia, Noruega, Irlanda, China, Hungria, Japão, Áustria.

Mais informações no site do Ciência sem Fonteiras.



Reitor analisa multicampia das Universidades Federais em artigo no Jornal A Tarde

Ottobre 22, 2013 11:00, by Unknown - 0no comments yet

O reitor da UFRB, Paulo Gabriel Soledade Nacif, aborda a multicampia das Universidades Federais no Jornal A Tarde, em 22 de outubro de 2013. Segue abaixo texto integral:

A MULTICAMPIA DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS
Paulo Gabriel Soledade Nacif
Reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

No Brasil, a multicampia é uma resposta à necessidade de interiorização da educação superior e reafirma uma visão de universidade como instrumento essencial para o desenvolvimento regional. Instalada em mais cidades, a instituição aproxima a população da cultura universitária, democratiza o conhecimento e distribui recursos materiais e humanos em maiores áreas de abrangência.

O atual ciclo de expansão das universidades federais, iniciado em 2005, redefiniu a multicampia porque: a) a multicampia passou a ser a regra do sistema federal (exceções: UFGD e UFCSPA); b) instituições recém-criadas nasceram com uma multicampia com um novo arranjo que traz uma distribuição mais equitativa das forças acadêmicas entre os campi.

Com esse processo, pode-se definir a existência de duas categorias de multicampia nas IFES: a) Vertical – formada por um campus com sede forte e campi menores, sendo que o primeiro concentra a maior parte da força acadêmica; b) Horizontal – formada por diversos campi com forças acadêmica e institucional equilibradas entre eles.

A multicampia horizontal é uma experiência nova nas IFES, por isso, são muitos os desafios que ela apresenta, afinal, a dispersão da capacidade acadêmica, presente nesses casos, determina a necessidade de estratégias especiais que criem condições para que as forças acadêmicas das unidades descentralizadas se somem, de modo a impor a cultura universitária em todo o sistema.

A multicampia organizada por áreas de conhecimento, de um lado favorece o estabelecimento de condições propícias à criação de programas mais potentes de ensino, pesquisa e extensão, mas, por outro, torna ainda mais restrita as possibilidades de convivência com a diversidade cultural, fundamental para o aguçamento do senso crítico.

Em 1969, Beryl Crowe, cientista político americano, destacava que a sociedade, com ênfase na diferenciação e especialização, levava a universidade ao desenvolvimento de ilhas de comunidades culturais entre as quais havia pouca comunicação, grandes disputas, suspeitas, desdém e competição por recursos escassos. O que mudou desde 1969? De um lado, um avanço na compreensão epistemológica sobre a interdisciplinaridade, mas por outro lado, avançou-se também na diferenciação e especialização.

Tal situação pode tomar proporções ainda maiores nessa multicampia horizontalizada, caso não haja uma ação institucional que integre esses campi. Vivenciar a multicampia sem correr o risco de constituir campi culturalmente isolados exige estratégia e disposição institucional e coletiva.

Como destacou Anísio Teixeira, a universidade deve construir uma cultura que responda às necessidades da civilização contemporânea, promovendo o desenvolvimento das fontes que a integram, dando–lhe sentido humano, por um lado, e novas sendas, por outro. Para Anísio a nova cultura não pode expressar apenas valores da civilização técnica, mas deve também servir de base para a sua crítica e constante reformulação. A proposta Anisiana destaca então a missão histórica da universidade como instituição da cultura.

Para encaminhar essa questão necessitamos de condições virtuosas para o desenvolvimento de um ambiente efetivamente universitário e isso significará a necessidade incontornável da instituição definir, como princípio de sua organização acadêmica, a utilização intensiva de novas tecnologias de apoio à aprendizagem (TAA).

Na Bahia, o uso intensivo de TAA não será alcançado sem a significativa ampliação da infraestrutura de acesso a internet: é urgente a elevação da velocidade de conexão de todos os campi universitários para acima de 1 Gbps.

É necessário pensar o processo de consolidação desse modelo de multicampia horizontal em todos os seus aspectos de ensino, pesquisa, extensão e gestão, de modo que a "nova" universidade federal brasileira que nasce neste início do século XXI possa construir uma cultura que não superficialize a sua contribuição à civilização contemporânea, mas que, ao contrário, fortaleça o sentido complexo e polifônico da aventura humana.



UFRB divulga concurso público para professor efetivo do CETEC, área física

Ottobre 21, 2013 17:17, by Unknown - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) torna público o Edital Nº 07/2013 destinado ao provimento de duas vagas do cargo de professor, com ingresso na Classe Auxiliar, Nível I. A oportunidade é para matérias/áreas do conhecimento do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC), em regime de trabalho de 40 horas semanais com dedicação exclusiva. O vencimento básico é de R$ 4.455,20.

As inscrições estão abertas até dia 06 de novembro. O requerimento de inscrição está disponível no site www.ufrb.edu.br/concursos. Os candidatos devem enviar o requerimento de inscrição, acompanhado do comprovante de pagamento e dos documentos listados no edital, para a Gerência Técnica Administrativa do CETEC, localizada no campus de Cruz das Almas. O valor total das inscrições é de é de R$90.

O concurso constará das seguintes etapas de prova: escrita ou escrita/prática, didática (aula pública), prova de títulos e defesa de memorial. As provas e as etapas serão realizadas no CETEC a partir do dia 09 de dezembro. Após a realização de todas as etapas, a UFRB homologará e publicará no Diário Oficial da União e em seu site de Concursos a relação dos candidatos aprovados e classificados, pela ordem.

Os candidatos aprovados poderão atuar em qualquer das disciplinas relativas à matéria/área de conhecimento objeto do concurso e em quaisquer dos Centros de Ensino da UFRB. O prazo de validade do concurso é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Confira o Edital Nº 07/2013.

Para mais informações, acesse o site de Concursos da UFRB.



CETEC abre concurso para professor substituto

Ottobre 21, 2013 16:46, by Unknown - 0no comments yet

O Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) torna pública a abertura das inscrições para o processo seletivo simplificado para a contratação de professor substituto por tempo determinado. A vaga é destinada para graduados em arquitetura, desenho industrial, engenharias, bacharelado em ciências exatas e tecnológicas, licenciatura em construção civil. O regime de trabalho é de 40 horas semanais.

As inscrições estão abertas a partir desta segunda-feira, 21 de outubro, e seguem abertas até 04 de novembro, de 8h às 12 h e das 14h às 17 h, no Núcleo de Apoio Administrativo do CETEC, campus Cruz das Almas. O valor da inscrição é de R$ 60. Podem se inscrever somente os candidatos que não tenham sido professores substitutos em Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) ou que não tenham trabalhado, com contrato temporário, em outro órgão federal, nos últimos 24 meses, anteriores à data de publicação do Edital.

O processo seletivo constará de duas etapas, são elas: análise de currículo, com peso três e prova didática, com peso sete. As provas serão realizadas no período de 23 e 24 de Julho de 2013, no CETEC.

Edital Interno N° 15/2013.

Mais informações: Concursos UFRB.



PROEXT lança edital para seleção de propostas do PIBEX 2014

Ottobre 18, 2013 11:39, by Unknown - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB, por intermédio da Pró-Reitoria de Extensão - PROEXT, convoca os professores a apresentarem propostas para o Programa Institucional de Bolsas de Extensão Universitária - PIBEX.

As inscrições já estão abertas e seguem até 16 de outubro a 19 de novembro, exclusivamente na página da PROEXT. Serão selecionadas 50 propostas entre projetos e/ou programas. O período de execução deve atender ao prazo mínimo de seis meses e máximo de um ano, com início em 01 de março de 2014 e término em 28 de fevereiro de 2015. Comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, tecnologia e produção educação, meio ambiente, saúde e trabalho são as possíveis áreas de atuação dos projetos.

O PIBEX é um programa que destina bolsa de extensão ao estudante de graduação vinculado a um projeto ou programa. O professor é responsável pela orientação e acompanhamento do discente. Após a seleção dos projetos enviados pelos docentes, a PROEXT lançará outro edital para selecionar os bolsistas.

Confira o Edital, o Formulário de inscrição e a submissão de propostas.

 



Categories

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil