Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | 1 pessoa seguindo este artigo.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

III Reconcitec: Feira de Ciências atrai estudantes de escolas do recôncavo

24 de Outubro de 2014, 12:44, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Inseridas na programação da III Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia – Reconcitec, a Feira de Ciência reuniu dezenas de pesquisadores que desenvolveram experimentos com a finalidade de demonstrar suas tecnologias e produtos científicos. Um dos destaques do evento foi a presença de diversos colégios da região.

A Feira possibilitou mais uma oportunidade de interagir e despertar o interesse dos estudantes rede pública de ensino pela ciência. O colégio Manoel Benedito Mascarenhas da comunidade de São José do Itaporã (Muritiba), por exemplo, encaminhou nove estudantes para apresentarem o projeto “Práticas Educativas no Ensino Médio em desenvolvimento educacional”, que dispõe do apoio da Fapesb.

A professora de Geografia, Alexandra Vieira, falou sobre a iniciativa: “esta nossa apresentação tem foco na conscientização da população a respeito do uso de resíduos. Nossos alunos começaram a perceber o que não é lixo e o que pode ser reaproveitado. Nesse sentido, uma das nossas práticas que mais entusiasmou os alunos foram os 'Pufs de garrafa pets' ", explicou. A estudante do 2º ano, Bárbara Machado, integrante do projeto dos “Pufs”, conta que  pretende cursar Biologia e ressalta a importância de participar de um evento desta magnitude. “É muito importante  esse contato com a Universidade. Eu me interessei desde o início, especialmente porque  o nosso projeto trabalha com práticas educativas em educação ambiental, contribuindo diretamente com a qualidade de vida da minha  comunidade”, conta.

Segundo o coordenador da Feira, professor Ariston Cardoso, foram apresentados, ao todo, mais de 60 experimentos em projetos de Química, Física e Engenharia, em parceria entre a UFRB e as escolas. Além de Cruz das Almas, instituições de Cachoeira, Governador Mangabeira, Sapeaçu e Conceição do Almeida também participaram do evento. A atração é fruto da proposta "Feira de Ciência no chão da sala de aula da educação básica do Recôncavo da Bahia", de autoria de docentes do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC) da UFRB, aprovada na Chamada MCTI/CNPq/SECIS/MEC/SEB/CAPES Nº 50/2012

Estímulo a Interdisciplinariedade -  Um dos projetos que chamou a atenção do público foi o projeto “Robô de Sumô”, desenvolvido em conjunto com estudantes do Centro Educacional Cruzalmense (CEC).  O discente Kaio dos Santos do 4º semestre do curso do Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Exatas e Tecnologias da UFRB falou sobre a iniciativa. “Para construirmos o robô, tivemos que ter acesso a um conhecimento básico em computação, e em noções elétricas e de mecânica, além de uma grande junção das engenharias para transformá-lo em realidade”, explicou.

Outro destaque no quesito exposições é a nova geração de “armadilhas”, que tem incorporada uma estação meteorológica. A importância desta versão é a facilitação na obtenção de dados meteorológicos para o pesquisador, que terá uma estação disponível no local da pesquisa. A estação fornecerá a temperatura; umidade interna e externa; pressão barométrica; velocidade e direção do vento; ponto de orvalho e pluviosidade. Ainda exibe ícones de previsão do tempo; fases da lua; gráficos de tendência climáticas e alarmes. Variáveis do tempo do dia e dos últimos 25 dias.

{gallery}noticias2014/reconcitec-feira{/gallery}



III Reconcitec: palestras, apresentações orais e pôsteres debatem temas da educação

24 de Outubro de 2014, 12:08, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

A tarde do segundo dia da III Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura do Recôncavo da Bahia (Reconcitec) promoveu o debate sobre educação, ciência, inovação e redução das desigualdades sociais através de apresentações orais, apresentações de pôsteres e palestras. Foram realizadas sete palestras, mais de 200 apresentações orais e exposições de pôsteres.

Os visitantes se dividiram entre as tendas, os pavilhões de aulas e auditório da Biblioteca para conferir a programação. Para Carolina Nascimento, estudante do quinto semestre de serviço social do Centro de Artes Humanidades e Letras (CAHL), campus Cachoeira “a Reconcitec é uma ótima proposta de interação entre os centros e traz discussões bem interessantes em diversas áreas”.

A programação da tarde começou com palestras nas tendas montadas no estacionamento da Biblioteca Universitária de Cruz das Almas. "O trabalho precário na sociedade contemporânea: uma reflexão crítica", ministrada pelo professor Bruno Durães, do Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS), campus Feira de Santana, foi um dos temas debatidos. Segundo ele, o evento, é uma oportunidade ímpar de intercâmbio entre diferentes áreas do conhecimento. “Pude aqui palestrar para pessoas de cursos e cidades diferentes. Essa troca constate de informações de diversas áreas faz a gente sair um pouco do nosso mundinho na área do conhecimento e ampliar nossos horizontes”, afirmou Durães. 

Na sequência, a programação seguiu com a exposição de pôsteres no auditório da Biblioteca e apresentações orais de trabalhos nos Pavilhões de Aulas. “ O evento é importante para conhecer pessoas e pesquisas em um momento de finalização dos trabalhos, ao mesmo tempo em que nos estimula a continuar nossa atividade de pesquisar”, afirmou Naira Moura, estudante do sétimo semestre de Jornalismo do CAHL, que expôs o trabalho análise da produção de jornalismo de moda em Feira de Santana.      

O evento também ofereceu a oportunidade de divulgação de trabalhos para estudantes que desenvolvem pesquisas em outras instituições, a exemplo de Tâmara Maria, discente do curso de Licenciatura em Biologia do Centro de Ciências Agrárias Ambientais de Biológicas (CCAAB) que desenvolve um trabalho na Embrapa Mandioca e Fruticultura de Cruz das almas. “É muito interessante participar da III Reconcitec, pelo fato dessa pesquisa ser desenvolvida fora da UFRB. Essa apresentação é uma forma de mostrar para comunidade acadêmica o trabalho que desenvolvo na Embrapa” , destacou Tâmara.  

As palestras e apresentações continuaram no último dia do evento, conforme a programação.  O evento contou com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e patrocínio da Petrobras.   

{gallery}noticias2014/reconcitec_ap_paletras{/gallery}



Professora da UFRB realiza seminário sobre resgate de fósseis e educação patrimonial

24 de Outubro de 2014, 11:54, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Professora Carolina Scherer da UFRBOs empregados da VALEC foram apresentados, no último dia 15, quarta-feira, ao trabalho de resgate de fósseis e educação patrimonial realizado na área de construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) através do Termo de Cooperação nº 02/2013, firmado entre a Valec e as Universidades Federais do Recôncavo da Bahia (UFRB) e da Bahia (UFBA). Estiveram presentes também representantes do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), do Ministério dos Transportes e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A professora Carolina Saldanha Scherer da UFRB foi uma das palestrantes. 

A professora da UFRB iniciou sua apresentação explicando o que é Paleontologia, o que são fósseis e como eles são formados. Logo após, resumiu os principais apanhados da área no país, tais como descobertas de fósseis de dinossauros, bastante comuns na região Nordeste. Onde está sendo construída a FIOL, no entanto, são encontrados materiais fossilizados de outras espécies de animais, que viveram muito depois dos dinossauros, de 10 mil a 1,8 milhão de anos, e compunham a chamada megafauna. “A megafauna recebeu esse nome porque os animais eram de grande porte. Uma preguiça gigante podia chegar a 6 metros de altura, enquanto um tatu podia ter o tamanho de um carro popular”, disse Carolina. Segundo ela, o maior achado até o momento foram ossos fossilizados medindo um metro e meio e que faziam parte do braço de uma preguiça gigante.

Além do resgate dos fósseis, é desenvolvido na Bahia um trabalho de educação patrimonial para os funcionários dos canteiros de obras da VALEC, assim como para os professores da rede básica de ensino. Eles recebem treinamento e atuam como multiplicadores das informações. Segundo apresentou a professora Simone Souza Moraes, a comunidade é envolvida para despertar a atenção quanto à importância histórica e biológica desses materiais que são encontrados naquela região.

As professoras se disseram satisfeitas com a receptividade ao seminário "Projeto de Prospecção e Salvamento de Fósseis e Educação Patrimonial na Área de Influência da FIOL – Termo de Cooperação 002/2013". “Viemos preparadas para trazer explicações técnicas sobre o nosso trabalho. Mas quando chegamos aqui observamos que não se tratava de uma prestação de contas. O público presente estava realmente interessado em conhecer as atividades que desempenhamos”, disse Simone.

Texto: VALEC 



III Reconcitec: conferência, painéis e minicursos promovem manhã de aprendizado na UFRB

23 de Outubro de 2014, 12:18, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O segundo dia da III Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia - Reconcitec foi marcado pela apresentação de trabalhos científicos e a realização de conferência, painéis e minicursos. A programação teve início com a conferência “Contexto histórico, conceito e importância da agricultura familiar e sua contribuição para o desenvolvimento sustentável”, ministrada pelo representante da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) no Brasil, Marcello Broggio.

Em seguida, os participantes se dividiram nas tendas e pavilhões de aula para conferir os debates e compartilhar conhecimento. Durante toda a manhã, foram realizados seis painéis e 16 minicursos que abordaram temas como Educação; Ciência, Tecnologia e Inovação; Agricultura Familiar; Pesquisa e Pós-Graduação no Brasil; Biossegurança em Laboratórios de Ensino; Pré-melhoramento de Plantas; Bioinformática; Pesquisa Científica e Fontes de Informação na Web; Biodiesel; Novas Abordagens na Análise Estatística de Dados, entre outros.

Para debater a temática “Interdisciplinaridade na Graduação e Pós-Graduação”, os convidados foram os professores Naomar de Almeida Filho, reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB); Manuel Fernando Melo, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), e Sônia Maria Sampaio, da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A atividade teve como moderadora a professora Georgina Gonçalves, diretora do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), e foi uma das mais concorridas do evento.

O reitor da UFSB destacou a necessidade de construir uma universidade que atenda à nova conjuntura social e econômica do Brasil. Nesse sentido, ele apresentou a experiência da implantação do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni) na UFBA, onde também foi reitor, e a nova proposta dos Colégios Universitários e o modelo dos ciclos de formação na UFSB. “Na universidade tradicional, o aluno entra e sai de um curso através de uma formação com vários componentes comuns. Já no regime de ciclos, ele começa a universidade estudando o que se refere ao conteúdo geral e, em um segundo momento, passa a ter contato com tudo que diz respeito a sua grande área”, explicou.

Já o professor Manuel Fernando Melo, que também é coordenador do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da UFJF, apresentou ao público os desafios na universalização do ensino superior no Brasil. O educador apresentou vantagens e desvantagens do Sistema de Seleção Unificada (SISU), através do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), no processo de nacionalização da competição de vagas. “O ENEM tem qualidade como processo avaliativo, mas precisamos refletir sobre os seus efeitos não desejados, uma vez que a nacionalização não oferece opções ao ensino de discutir as competências exigidas no século XXI”, ressaltou.

Os painéis e minicursos da III Reconcitec seguem até esta quinta-feira, dia 23. Os temas desta manhã são Inserção Social; Educação e Tecnologia; Programas de Formação em Iniciação Científica, Tecnológica e Empreendedorismo; Vida Estudantil; O Papel da Biblioteca na Universidade; Doenças Negligenciadas; Citogenética Humana; Noções Básicas de Redação de Patentes; bem como práticas de laboratório e informática. Continuam pela tarde as exposições e a feira de ciência, além das apresentações de trabalhos e atividades culturais.

Sobre o evento: a III Reconcitec teve início na terça-feira, dia 21 de outubro, no campus da UFRB em Cruz das Almas. O encerramento está previsto para hoje às 17h30, no auditório da Biblioteca, com a entrega de menção honrosa e lançamento de livros da Editora da UFRB – EDUFRB. O evento conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e patrocínio da Petrobras.  

Veja fotos do segundo dia do evento: 

{gallery}noticias2014/iii-reconcitec-segundo-dia{/gallery}



UFRB divulga reabertura das inscrições para professor efetivo do CETEC

22 de Outubro de 2014, 15:23, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) informa a reabertura do Edital Nº 05/2014, referente ao Concurso Público para cargo de Professor da Carreira do Magistério Superior do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC). Para inscrições e envio de documentos, o prazo é de 27 de outubro a 21 de novembro.

Na reabertura, três vagas são ofertadas para a matéria de Engenharia Civil e abrange as áreas de conhecimento de Estradas e Engenharia de Transporte, Engenharia Civil e Construção. Todas as vagas são para professor assistente A. Elas estão divididas em regime de trabalho de dedicação exclusiva e 20 horas semanais

Para se candidatar, é necessário preencher a ficha de inscrição e enviar e enviar à Gerência Técnica Administrativa do CETEC, campus de Cruz das Almas. O endereço completo encontra-se no Edital Nº 05/2014. O valor total da inscrição é de R$ 90. De acordo com o Edital publicado no Diário Oficial da União, o concurso possui as seguintes etapas “escrita ou escrita/prática, didática (aula pública), prova de títulos e defesa de memorial". 

O resultado final será publicado no Diário Oficial da União (DOU) e na página eletrônica de concursos da UFRB. Em caso de empate, terá preferência o candidato que obtiver maior nota na prova didática, mas persistindo o empate, será escolhido o que obtiver maior nota na prova escrita.

Confira o Edital Nº 05/2014 e a reabertura do Edital Nº 05/2014.

Mais informações na página de Concursos da UFRB.



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil