Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Feira Virtual Bem da Terra

30 de Novembro de 2015, 16:48 , por Bem da Terra - | 5 pessoas seguindo este artigo.

4º Encontro de Biodiversidade terá oficina com Grupo de Consumo Bem da Terra

12 de Setembro de 2015, 16:33, por Institucional Bem da Terra - 0sem comentários ainda

oficina_biodiversidade
Na próxima quarta-feira acontecerá, em Lombra Grande/ Novo Hamburgo, o 4º Encontro Regional de Biodiversidade onde haverá troca de sementes crio​u​las e um panorama da agroecologia nos Vales do Sinos e Paranhana.
Será uma oportunidade de conhecer opções de alimentação saudável e de​ cuidado com o planeta na produção de alimentos que estão pertinho da gente.
Às 13h30 acontecerão oficinas e uma delas será sobre consumo consciente.
O pessoal do Bem da Terra, de Pelotas, vem contar sua experiência na organização de um grupo de abastecimento lá na região: consumidoras/es e produtoras/es que se organizaram para a venda direta de produtos e serviços necessários!
Venha participar desta conversa com o Bem da Terra e a gente aqui na região também buscar se organizar, identificar o que consumimos e comprar direto de produtoras/es daqui.
Texto e imagem de Rosana Kirsch em: http://cirandas.net/fbes/economia-solidaria-no-brasil/4o-encontro-de-biodiversidade-tera-oficina-com-grupo-de-consumo-bem-da-terra
Mais informações em:  http://www.novohamburgo.rs.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=67483



O consumo como ato político

20 de Agosto de 2015, 10:35, por Institucional Bem da Terra - 0sem comentários ainda

agenda-gcrs (800x600)

“O consumo como ato político”. Esse foi o lema construído nos três dias do III Encontro da Rede Nacional de Grupos de Consumo Responsável, que ocorreu em São Pedro-SP de 7 a 9 de agosto.  O evento contou com a presença de 22 grupos de consumo responsável dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia, Amazonas e Mato Grosso. A Feira Virtual Bem da Terra também esteve representado no encontro que teve entre suas finalidades a troca de relatos das mais diversas experiências em consumo consciente, comércio justo e economia solidária no Brasil.

O evento organizado pelo Instituto Kairós teve diversas atividades e pontos de discussão, dentre as quais:

  • Apresentação do resgate sobre o histórico da Rede Nacional de GCR;
  • Trocas de experiências e debates sobre os desafios e conquistas dos GCRs ao longo do tempo;
  • Apresentações de trabalhos realizados pelo Kairós em parceria com alguns GCRs que atuam como “Bases de Serviço em economia solidaria”, dentro do projeto com a Senaes/MTE, como estudos de viabilidade econômica, plano de logística e pesquisa comparativa de preços de hortalicas em cidades de diversas regiões do pais, esta última a ser lançada em breve;
  • Bate-papo com produtores do Rede Guandu (GCR de Piracicaba) sobre como é participar de um GCR;
  • Avaliação e continuidade do software para os GCR, disponível no Cirandas.net a partir da criação de uma comunidade, utilizado pelos GCRs: Bem da Terra/RS, Uilikandé/SP, Rede Agroecologica Caiçara/SP; ComerAtivaMente/SP e RedeMoinho/BA;
  • Apresentação do Portal do Consumo Responsável, em desenvolvimento pela Cooperativa EITA, que pretende ser um espaço para busca de práticas, portal de notícias e acervo de materiais sobre o tema, além de estar linkado à um aplicativo de celular – o Responsa – para integração das práticas e busca de produtos e serviços em todo o país, que segue em pré-teste;
  • Participação dos GCRs no Sistema Nacional do Comércio Justo e Solidário (SCJS) e cadastro no CADSol (Cadastro Nacional de Empreendimentos Econômicos Solidários);
  • Debate sobre a identidade nos termos consumo responsável e Grupo de Consumo Responsável, buscando um vínculo mais permanente e a possibilidade de mais ações em conjunto;
  • E ao final do encontro houve uma plenária de encaminhamentos, em temas como: agendas, logística conjunta; coordenação, continuidade e modo de integração à Rede.

Conheça o instituto e obtenha mais informações em institutokairos.net/



Audiência Pública discutirá a atual conjuntura e futuras políticas em Economia Solidária

13 de Agosto de 2015, 18:39, por Institucional Bem da Terra - 0sem comentários ainda

A Assembleia Legislativa promove na próxima segunda-feira, 17, às 17 horas, uma Audiência Pública para debater a atual conjuntura  e o futuro das políticas públicas em Economia Solidária no estado do Rio Grande do Sul. O encontro entre trabalhadores solidários, entidades de fomento, assessorias universitárias e representantes do legislativo estadual acontecerá na Câmara de Vereadores de Pelotas (Rua XV de Novembro, 207). A necessidade do debate resulta da extinção da Secretaria Estadual de Economia Solidária e Apoio a Pequena Empresa (SESAMPE), dos possíveis cortes orçamentários relativas as ações da pasta e das indefinições que marcam o momento da gestão executiva do RS.

O evento faz parte da rodada de discussões surgidas a partir do estabelecimento da Subcomissão de Economia Solidária na Comissão de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Acontecerão, além do encontro em Pelotas, outras audiências públicas regionais e estaduais. Diversas entidades se somam a esse movimento como o Fórum Gaúcho de Economia Popular e Solidária (FGEPS), o Conselho Estadual de Economia Solidária, o Núcleo Interdisciplinas de Tecnologias Sociais e Economia Solidária da Universidade Federal de Pelotas (TECSOL/UFPEL), O Núcleo de Economia Solidária e Incubação de Cooperativas da Universidade Católica de Pelotas (NESIC/UCPEL) e movimentos sociais.

 A agenda prevista de atividades segue abaixo:

17.08 – Pelotas (17h, Câmara de vereadores)
24.08 – Santana do Livramento (17h, Câmara de Vereadores)
31.08 – Caxias do Sul (17h, Câmara de vereadores)
28.09 – Torres (local e hora a definir)
05.10 – Canoas (local e hora a definir)
26.10 – Porto Alegre (Plenarinho da Assembleia Legislativa, as 15 horas)

 



Coleção Bem da Terra: cooperação no artesanato e resgate do patrimônio sociocultural

23 de Julho de 2015, 20:11, por Institucional Bem da Terra - 0sem comentários ainda

11793250_1114111651951609_1091372847_n

                Artesãs de diversos grupos da Associação Bem da Terra trabalham na confecção de uma coleção que visa destacar o patrimônio sociocultural e ambiental da região. As atividades são realizadas pelo núcleo de produção e buscam, através da autogestão, o compartilhamento de técnicas e materiais em um espaço coletivo. O lançamento da coleção está previsto para setembro desse ano.

                O núcleo de produção é formado por mulheres artesãs de vários empreendimentos econômicos solidários e grupos da Associação Bem da Terra. Sem interferir na produção de cada grupo, o núcleo une pessoas em uma forma específica de trabalho coletivo onde são empregadas e partilhadas técnicas para o desenvolvimento de um mesmo produto. Todo o processo fortalece a participação solidária e acontece duas vezes por semana na sala 202 L do prédio Santa Margarida.

                A característica principal da coleção de artesanato é a criação de itens com destaque para a identidade e flora local. Buscando o resgate/preservação de traços regionais em produtos com a utilização de técnicas artesanais seculares combinadas com novas tecnologias.

                O projeto é desenvolvido pelo Núcleo de Economia Solidária e Incubação de Cooperativas da Universidade Católica de Pelotas (NESIC/UCPEL) a partir de uma parceria entre a universidade, Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).

11791679_1114112235284884_1307449937_n

11759632_1114111558618285_2040162278_n

11774318_1114111895284918_2032845155_n



Rede Bem da Terra

Pelotas - Rio Grande do Sul - Brazil