Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Blog
Tela cheia

Paul Singer Participa do II Encontro Nacional da Rede de Comercialização Solidária

25 de Maio de 2014, 20:14 , por Otávio Santos de Miranda - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 4 vezes

O último dia do encontro Nacional da Rede ComSol, contou com a participação do Secretário Nacional de Economia Solidaria do Ministério do Trabalho e Emprego, Paul Singer, que destacou a importância de uma rede de comercialização da Economia Solidária em todo o Brasil:

“Vocês são a vanguarda da Economia Solidária no Brasil, porque vocês se defrontam diretamente com o capitalismo no país…A comercialização é estratégica, não só porque ela vende aquilo que se produz e retorna os recursos para que mais produção possa haver, mas é mais do que isso, quem faz acontecer a comercialização está em contato direto com os consumidores e concorrentes, e com isso tem o aprendizado que é precioso para nós, nós do Governo que  precisamos saber o que vocês fazem e assim propor as políticas que são necessárias”.

“A Economia Solidária é uma realidade no nosso país e não só aqui, mas em muitos países no mundo e essa multiplicação, essa expansão da EcoSol praticamente por todos os continentes é que enriquece a Economia Solidária”

“E o comercio é uma das formas, a ciência é outra, a educação é uma terceira forma de congraçamento… normalmente o comércio é uma forma pacífica de gente diferente entrar em intercâmbio e descobrir que são todos seres humanos, que podem se gostar, que podem se ajudar que podem ser solidários, que podem alcançar juntos, lado a lado, o bem viver, e se vocês quiserem a felicidade.”

A Rede de comércio solidário definiu como missão conectar pontos fixos de Comercialização Solidária, fortalecendo as relações e experiências comerciais entre os empreendimentos econômicos solidários e seus parceiros comerciais, respeitando as diversidades, os saberes populares, construindo a prática contínua do comércio justo, fomentando o consumo consciente e as práticas agroecológicas, para o bem viver.

E tem como objetivo ser referência mundial como rede de comercialização financeiramente independente, forte e articulada de forma democrática e solidária, promovendo o comércio justo e o bem viver.

FONTE: WWW.MARISTA.EDU.BR


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar