Aller au contenu
Show basket Hide basket
Retour à Segredos públicos
Plein écran

Centro de Iniciativa e Gestão Local: proximidade e aprendizado

May 11, 2010 21:00 , par rosana kirsch - 0Pas de commentaire | No one following this article yet.
Viewed 327 times

Os Centros de Iniciativa e Gestão (CIG) são associações sem fins lucrativos onde são prestados serviços para a comunidade local. A Rede OPE é composta por 30 CIGs que atuam em nível local (comuna), regional (mais de uma comuna) ou setorial (um setor produtivo).

Os-as trabalhadores-as que realizam estes serviços são aqueles que estavam desempregados-as, se cadastraram na Administração do Trabalho do Governo de Lux e encontraram espaço de trabalho do CIG. O tempo de permanência neste trabalho é de até dois anos, recebendo o equivalente ao salário mínimo (1.600euros).

No período de inserção no CIG, o-a trabalhador-a tem acesso à diversas formações:

  • línguas: em Lux se fala luxemburguês, francês e alemão. A comunicação informal costuma ser em luxemburgês, sendo importante aprendê-la para favorecer o contato com os clientes e buscar outras oportunidades de trabalho.
  • específicos: o-a trabalhador-a recebe formação na área específica do trabalho que realizará. Esta formação é feita por educadores da OPE e, no dia a dia, entre os próprios trabalhadores-as.
  • sobre questões gerais: sobre relações interpessoais e outros temas gerais que contribuam para a formação do-a trabalhador-a.
  • informática.


Em cada CIG tem uma equipe fixa, formada por um (ou dois) agente de desenvolvimento local, agente técnico, agente administrativo. Alguns destes quadros fixos ingressaram no CIG no período de inserção e foram contratados-as na equipe fixa.

Atualmente, a Rede OPE está com cerca de 900 trabalhadores-as (salaries), entre trabalhadores fixos e da inserção. Todas-os atuando em serviços para a comunidade, onde a criação de laços sociais de proximidade coloca-se como um dos principais objetivos, consolidando uma esfera econômica distinta da economia de mercado e da economia estatal.

Desafios

Neste curto período aqui em Lux, alguns desafios vão se apresentando:

  • Adequação das equipes fixas ao plano de carreira da OPE.
  • Com o aumento do desemprego, há mais pessoas buscando inserção do que as vagas oferecidas nos CIGs.
  • Os CIGs somente podem oferecer serviços que não entrem em concorrência com as empresas.
  • A constituição de espaços de trabalho autogestionário é dificultada pela legislação, que exige um depósito de alto valor para a abertura de uma empresa, além da exigência da educação formal específica para o trabalho que serã prestado pelo empresa.

0Pas de commentaire

    Poster un commentaire

    Les champs sont obligatoires.

    Si vous vous êtes déjà enregistré(e) comme utilisateur, vous pouvez vous connecter pour être reconnu(e) automatiquement.

    Annuler