Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Segredos públicos
Tela cheia

CIGR Syrdall

12 de Maio de 2010, 21:00 , por rosana kirsch - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1042 vezes

Liliane, do CIGL Hesperange, levou-me até o CIGR Syrdall, onde conheci o Pedro, que também tem descendência portuguesa e é o agente de desenvolvimento deste Centro.

O Centro Regional de Syrdall foi criado em 1999, desenvolvendo atualmente atividades nas comunas de Contern, Niederanven, Sandweiler,  Junglinster e Nommern, abrangendo uma população de 20mil habitantes.

O Centro está localizado numa região industrial de Sandweiler, contando com um espaço de oficina, vestiários, escritórios e sala de reunião. Conta com 65 salaries (trabalhadores-as em inserção) e presta os serviços de:

  • Coleta de material reciclável: a coleta é feita nas casas e o material é depositado em eco-pontos (estes são de responsabilidade de uma empresa).
  • Serviço de proximidade: jardinagem, pequenos consertos e limpeza.
  • Serviços em conjunto com equipes das comunas: manutenção das florestas, jardins públicos, calçadas, trabalho com marcenaria.
  • Internetstuff: são 3 espaços onde são oferecidos cursos de informáticas e acesso à internet.

2010_05132010avrilrio0069

2010_05132010avrilrio0067

Construções feitas pelo CIGR Syrdall: no espaço de um grupo de escoteiros e para uso de estudantes.

Internetstuff

Estávamos chegando ao Internetstuff e encontramos três idosos conversando, se despedindo depois da aula de informática. Na sala estava outra pessoa que havia telefonado para Philipe, educador do local, pedindo ajuda para enviar um email.

Philipe chegou no CIGR na época que estava desempregado,em 2007. Durante 15 anos trabalhou em escritório. A partir do Centro fez a formação para ser instrutor de informática, voltado para trabalhar com idosos. Conta que tem ótima relação com as pessoas que fazem os cursos, que retribuem ao seu trabalho com respeito, agradecimento. Neste Internetstuff pessoas de outras comunas vem ter aulas, pois ficam sabendo pelos seus "alunos-as" sobre as suas aulas.

Para ele, o trabalho no CIGR é muito diferente da sua experiência em escritório, onde havia desrespeito pelas pessoas. Na economia solidária pode ajudar as pessoas e tem prazer em trabalhar.

Para conhecer um pouco mais do trabalho do Philipe (descendente de portugueses, opah!) clique aqui. Tem até um vídeo com uma aula em alemão!:

2010_05132010avrilrio0071

Liliane, Pedro e Philipe no Internetstuff de Sandweiler.




0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar