Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

CFES Nordeste

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Comissões Organizadoras do I Seminário Nordestino de Educação Popular e Economia Solidária

29 de Julho de 2012, 21:00, por Luciana Rodrigues - 0sem comentários ainda

SECRETARIA, CREDENCIAMENTO E CERTIFICAÇÃO DO EVENTO – Mônica Vilaça / Aline Emmanuele / Juliana Maria da Conceição / Wagner José de Aguiar / Tayga Pimentel / Michelle Reis / Line

COMISSÃO DE APOIO PEDAGÓGICO – Alzira Medeiros (mobilização de participantes)

COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIA – Guilherme Soares / Luciana Rodrigues / Juliana Moraes / Isabela Steuer email: [email protected]

COMISSÃO DE MONITORES – Bruna Tarcília / Juliana Maria da Conceição / Wagner José de Aguiar / Tayga Pimentel / Noélia Carolina Melo / Ligiane Glace Lemos Coutinho / Suzana Pereira / Anilma Cavalcanti

COMISSÃO DE CULTURA – Aline Emmanuele / Michelle Reis / Wlademir Carneiro

COMISSÃO DE HOSPEDAGEM E TRANSPORTE – Shirley Santos / Concita Albuquerque / Lauande Botelho / André Luiz



I Seminário Nordestino de Educação Popular e Economia Solidária

17 de Junho de 2012, 21:00, por Mônica - 77 comentários

O Centro de Formação em Economia Solidária do Nordeste (CFES-NE), projeto apoiado pelo Ministério do Trabalho, através da Secretaria Nacional de Economia Solidária, realizará o I SEMINÁRIO NORDESTINO DE EDUCAÇÃO POPULAR E ECONOMIA SOLIDÁRIA sobre a temática “Educação popular e formação de educadoras e educadores na construção da sustentabilidade”.

O seminário será a culminância do processo de formação de formadores/as em economia solidária que ocorre desde 2009. Pretende aprofundar o debate regional sobre a Educação em Economia Solidária.

Após três anos, observamos coletivos estaduais organizados em torno de Rede de Educadores em Economia Solidária que buscam construir autonomia. É essa construção e experiências que procuramos fortalecer e evidenciar, sobretudo, sistematizando as aprendizagens.

O Seminário tem como público prioritário os educadores e educadoras populares das Redes de cada estado, mas aberto a outros movimentos sociais e a pesquisadores/as, estudantes e profissionais interessados/as na Educação em Economia Solidária. Serão garantidas nove vagas para cada coletivo de educadoras e educadores dos estados do Nordeste. As inscrições serão realizadas até 10 de julho.

O Seminário terá em sua programação Conferências, Rodas de Diálogo e Carrosséis Pedagógicos além de uma programação artístico-cultural  e feiras de trocas e exposição de produtos e serviços [email protected] participantes.

Na Roda de Diálogo e nos Carrosséis Pedagógicos, contaremos com coordenação e registro realizado pelos educadores das redes estaduais. A metodologia operacional do Carrossel Pedagógico será construída em cada carrossel pelos participantes, desde que não fira as condições estabelecidas para todos.

O Carrossel Pedagógico terá sua dinâmica a partir da produção de conhecimentos dos coletivos estaduais de educadores e educadoras em economia solidária. Nesse sentido, cada coletivo deverá construir, no mínimo, três textos/experiências de acordo com os temas que quiserem, mas que se relacionam com as temáticas do Carrossel.



Programação

17 de Junho de 2012, 21:00, por Mônica - 0sem comentários ainda

Flyer+email

DIA 21 DE AGOSTO DE 2012 – TERÇA

08:00 Credenciamento

09:00 Mística de abertura – Nossas identidades e saberes que queremos compartilhar! – Danças Circulares

10:00 Sessão de abertura

Ana Maria Dubeux – Professora da UFRPE e Coordenadora do CFES–NE;

Valmor Schiochet – Diretor do Departamento de Educação e Informação – MTE/SENAES

Moisés de Melo Santana – Diretor do Departamento de Educação – UFRPE;

Maria José de Sena – Reitora da UFRPE;

e outras autoridades e convidados.

11:00 – Conferência de Abertura – Educação em Economia Solidária - Rumos para a construção da sustentabilidade

Conferencista: Ana Maria Dubeux – Professora da UFRPE e Coordenadora do CFES–NE

12:45 – Almoço

14:00 as 18:00 – Carrosséis Pedagógicos 

Carrossel Pedagógico 1:

  • Fundamentos da Educação em Economia Solidária

Carrossel Pedagógico 2:

  • Sistematização de experiências e construção do conhecimento

Carrossel Pedagógico 3:

  • Prática Pedagógica de Educação em Economia Solidária

Carrossel Pedagógico 4:

  • A expressão artística e cultural na educação em economia solidária

Carrossel Pedagógico 5:

  • Organização dos educadores em economia solidária

 

DIA 22 DE AGOSTO DE 2012 – QUARTA

08:30 – Mística

08:45 – Roda de diálogos – Educação em Economia Solidária, movimentos sociais e território

Alzira Medeiros – Rede de Educadores em Economia Solidária–PE, Coordenação Pedagógica do CFES–NE

Edmerson dos Santos Reis – Professor da Universidade Estadual da BA, Membro da Rede de Educação do Semiárido e da Associação de Desenvolvimento e Ação Comunitária (ADAC–BA) 

Ana Emília Borba – Setor de Educação do Movimento dos Trabalhadores sem Terra – PE

10:15 – Roda de diálogos – As políticas públicas de Educação em Economia Solidária

Fernanda Alencar – Secretaria de Educação de PE, membro do Grupo Nacional de Educação do Campo/PRONACAMPO.

Rita de Cássia Lima Alves – Fórum Educação de Jovens e Adultos – CE

Valmor Schiochet – Diretor do Departamento de Educação e Informação – MTE/SENAES

12:45 – Almoço

14:00 as 18:00 – Carrosséis Pedagógicos

  

DIA 23 DE AGOSTO DE 2012 – QUINTA

08:30 – Mística

09:00 – Sessão de socialização dos carrosséis pedagógicos 1 e 2

Carrossel Pedagógico 1 – Fundamentos da Educação em Economia Solidária

Carrossel Pedagógico 2 – Sistematização de experiências e construção do conhecimento

10:15 – Sessão de socialização dos carrosséis pedagógicos 3 e 4

Carrossel Pedagógico 3 – Prática pedagógica de educação em Economia Solidária

Carrossel Pedagógico 4 – A expressão artístico–cultural na educação em economia solidária

11:15 – Debate das quatro apresentações e sínteses 

12:45 – Almoço

14:00 – Sessão de socialização do carrossel pedagógico 5

Debate sobre o futuro da rede de educadores

Sessão de Encerramento



DINÂMICA PARA ESTUDO: " TRÊS CAFÉS DA MANHÃ DIFERENTES"

26 de Dezembro de 2011, 22:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

OBJETIVO:Sentir vivencialmente o problema social, especialmente a fome e a exclusão.

Quantidades de pessoas: Grupos com mais de 20 participantes.

Material necessário: Para um terço do grupo deve-se preparar um café da manhã completo(com frutas, suco, frios), para outro terço, um café da manhã normal e para o outro terço um café da manhã fraco e em quantidade que não seja suficiente para todos. Havendo mais de três mesas, somente uma deverá ter o café da manhã completo.

Descrição da dinâmica: Antes dos participantes do curso chegarem para o café da manhã, prepara-se as mesas com o café da manhã completo, o café da manhã normal e o café da manhã em pouca quantidade( inclusive faltando talheres, guardanapos, etc). Deve haver alguém previamente acertado para ser o "conciliador" nas mesas onde vai faltar comida.

Quando as pessoas chegarem para tomar o café da manhã, podem sentar onde quiserem. Normalmente as pessoas não se dão conta do que estar acontecendo até que os "marginalizados" querem ir até a cozinha para pedir o que falta. o "conciliador" deve oferecer para ir até lá e ao regressar procura acalmar as pessoas sem resolver o problema da fome.

É bom que alguém grave ou anote discretamente o que está se passando.

Logo no primeiro momento de trabalho após o café da manhã, analisa-se:

1. O que aconteceu?

2. Como as pessoas se sentiram?

3. O que disseram?

4. Qual a relação disso com o que acontece no dia a dia?

O observador que fez as anotações deve intervir quando constatar que coisas se passaram de um jeito diferente do que está sendo dito.

Na sequência, o coordenador faz uma reflexão sobre o tema, chamando atenção para a necessidade das pessoas se comprometerem diante da injustiça social.

 

Fonte:www.jura emprosa e verso.com.br



DINÂMICA: "Auxílio Mútuo"

19 de Dezembro de 2011, 22:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

OBJETIVO: Para reflexão da importância do próximo em nossa vida.

Material: Pirulito para cada participante, e os seguintes comandos: todos devem segurar o pirulito com a mão direita, com o braço estendido. Não pode ser dobrado, apenas levado para a direita ou esquerda, mas sem dobrá-lo. A mão esquerda fica livre. Primeiro solicita-se que desembrulhem o pirulito, já na posição correta(braço estendido, segurando o pirulito e de pé, em círculo). Para isso, pode-se utilizar a mão esquerda. O mediador da dinâmica recolhe os papeis e em seguida, dá a seguinte orientação: sem sair do lugar em que estão todos devem chupar o pirulito! Aguardar até que alguém tenha a iniciativa de imaginar como executar esta tarefa, que só há uma oferecer o pirulito para a pessoa ao lado! Assim automaticamente, os demais irão oferecer e todos poderão chupar o pirulito. Encerra-se a dinâmica, cada um pode sentar e continuar chupando se quiser, o pirulito que lhe foi oferecido. Enquanto isso o mediador da dinâmica lê a seguinte reflexão:

CÉU E INFERNO

Deus convidou um Rabino para conhecer o céu e o inferno. Ao abrirem a porta do inferno, viram uma sala em cujo centro havia um calderão onde conzinhava uma suculenta sopa. Em volta dela, estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas.

Cada uma delas segurava uma colher de cabo tão comprido que lhe permitia alcançar o calderão, mas não suas próprias bocas.

O sofrimento era imenso.

Em seguida, Deus levou o rabino para conhecer o céu.

Entraram em uma sala idêntica à primeira: havia o mesmo calderão, as pessoas em volta, as colheres de cabo comprido.

A diferença é que todos estavam saciados.

-" Eu não compreendo"- disse o Rabino.

-"Por quê aqui as pessoas estão felizes, enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual"?.

Deus sorriu e respondeu:

-"Você não percebeu? É porque eles aprenderam a dar comida uns aos outros".

Obs: Ao termino da leitura. Abre-se a discussão que tem como fundamento maior dar abertura sobre a reflexão de quanto precisamos do outro para chegar a algum objetivo e de que é ajudando ao outro que seremos ajudados.

 

Fonte: Mensagens e Poemas.