Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

3 de Abril de 2013, 21:00 , por Daniel Tygel - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Celebração do dia da Economia Solidária: Página no Cirandas para todos os empreendimentos mapeados!

15 de Dezembro de 2013, 13:45, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Secretaria Executiva do FBES e Cooperativa EITA

Image

É com muita alegria que no Dia Nacional de Economia Solidária o FBES, em parceria com a Cooperativa EITA, lança a atualização completa dos empreendimentos de economia solidária na plataforma Cirandas.net.

Hoje o Cirandas conta com mais de 22 mil empreendimentos de economia solidária que podem interagir e ter sua página na internet no sistema, destes, mais de 280 empreendimentos foram indicados diretamente pelos fóruns estaduais e os demais foram atualizados a partir do mapeamento de economia solidária finalizado em 2013.

Esta atualização foi realizada a partir da parceria do FBES com a Cooperativa EITA (Educação, Informação e Tecnologia para a Autogestão), com apoio da Unisinos e da Senaes.

Agora, todos os empreendimentos solidários mapeados e indicados pelos fóruns podem ativar seus sites, com acesso a um espaço virtual para mostrar seu trabalho, catálogo de produtos e serviços, sistema de pedidos online, divulgação junto as redes sociais, entre outros.

Image

Para saber a lista de empreendimentos inseridos acesse em http://www.cirandas.net/search/enterprises

Ativar o site dos empreendimentos é fácil, a maioria recebeu orientações por e-mail, ou então, basta enviar um e-mail para [email protected] indicando o nome e cidade/UF do empreendimento.

Para o próximo ano, o Cirandas contará com mais novidades. Dia 5 de março haverá um mutirão virtual de ativação dos sites dos empreendimentos solidários, além de atividades presenciais junto aos fóruns estaduais de SP, RS, RJ, MG e BA.

Os empreendimentos também podem solicitar parceria com os Pontos de Apoio Cirandas, os formadores e formadoras que se disponibilizam a realizar atividades formativas sobre o Cirandas. Para isso acesse contatos pelo contato mais próximo na listagem: http://www.cirandas.net/cirandeiros/lista-de-pessoas-que-fizeram-o-curso-de-formacao-no-cirandas

Saiba Mais

O Cirandas.net é uma iniciativa do FBES de uma rede social e econômica que visa a promoção da articulação social, política e econômica entre atores do movimento de economia solidária e destes com o público em geral (consumidores e simpatizantes). Possui os perfis de usuário individual, comunidade, empreendimento solidário, e futuramente o de rede de empreendimentos solidários. Enquanto os usuários e comunidades podem ser livremente criados, os empreendimentos e as redes passam por processos de validação, definidos e atualizados pelo FBES. Hoje, a atualização ocorre por indicação dos fóruns estaduais e pelo mapeamento nacional de economia solidária, a cada ano haverá a abertura para que os fóruns estaduais indiquem novos empreendimentos solidários interessados em entrar na plataforma.

Desde 2012 o FBES estabeleceu uma parceria com a Cooperativa EITA para gestão e acompanhamento técnico, desenvolvimento, uso e atualização do Cirandas.

* Entre nesta rede: http://www.cirandas.net



Parceria entre FBES e Fora do Eixo lança Cartilha da Economia Solidária

15 de Dezembro de 2013, 8:11, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Secretaria Executiva do FBES

Image

Para comemorar o dia 15 de dezembro, o Fórum Brasileiro de Economia Solidária lança, em parceria com o Fora do Eixo, a Cartilha sobre os 10 anos do FBES. Este material tem por objetivo trazer um entendimento sobre o que é o FBES, suas ações, princípios, projeto político, estrutura, explicação de como formar um fórum local, além de um resumo das principais resoluções da V Plenária Nacional de Economia Solidária.

Acesse este presente em: www.docs.google.com/uc?export=download&confirm=wOSK&id=0B6LATJkaVVAUXzRwVmNhdFJBU2c



Empreendimentos indicados pelos fóruns já tem seu site no Cirandas

27 de Novembro de 2013, 12:01, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Fonte: http://cirandas.net/fbes

A partir desta última segunda-feira (18/11) os empreendimentos de economia solidária indicados pelos fóruns estaduais, e ainda, pela Soltec, a partir do mapeamento realizado no projeto Brasil Local Etnodesenvolvimento, tem seus sites na plataforma Cirandas.net

Agora, o desafio é que estes empreendimentos possam se apropriar da ferramenta e utilizá-la para melhorar sua visibilidade, comercialização e articulação em rede.

Para iniciar o uso dos sites, todos os EES receberam por emails orientações para alimentar suas páginas. Para qualquer dúvida, o contato por email com [email protected] também está disponível. Além dos formadores [email protected]

Esta atualização foi possível a partir da parceria do Fórum Brasileiro de Economia Solidária com a Cooperativa EITA, que realizou a inserção dos novos EES no Cirandas, e que também segue com a atualização a partir dos dados do recente mapeamento.

Visualize as novas inserções em: http://cirandas.net/fbes/blog/empreendimentos-indicados-pelos-foruns-ja-tem-seu-site-no-cirandas



Audiencia Publica em comemoração aos 10 Anos do FBES

31 de Outubro de 2013, 5:11, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Divulgado por Rodrigo Vieira

Image

Conheça a loja virtual do FBES, 15 produtos disponíveis!

1 de Agosto de 2013, 23:53, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Secretaria Executiva do FBES

Image

Conheça a loja do FBES, uma iniciativa em comemoração aos 10 anos para avançar na sustentabilidade organizativa da economia solidária.

Estão disponíveis os seguintes produtos: canecas ecológica (em promoção!); canecas de porcelana; camisetas; bottons; bonés e sacolas recicláveis.

Acesse em: www.cirandas.net/loja-fbes

Alguns produtos estão com pessoas referência nos estados, confira lista abaixo:

AL - Ana Lucia Ferraz de Menezes: [email protected], [email protected]

AL - Lindinalva: [email protected]

AP - Maria das Graças Santos Brazão: [email protected]

BA - Diogo Ferreira Rego: [email protected]

CE - Ana Lourdes de Freitas: [email protected], [email protected]

ES - Daniela Gomes Coutinho: [email protected]

MG - Maria Geralda Lopes: [email protected]

MG - Francisca Maria da Silva (Chica): [email protected]

MS - Sebastiana Almire de Jesus: [email protected]

MT - Ana Carolina França Bogo: [email protected]

PA - Rosângela M. Santos: [email protected]

PB - Maria de Lourdes Lira de Oliveira: [email protected]

PI - Claudio Roberto Moral: [email protected]

PI - José dos Santos Cardoso: [email protected], [email protected]

PI - Francisco Xavier de Oliveira

RJ - Daniele Braz da Silva: [email protected]

RJ - Adriana Cardoso: [email protected]

RN - Edgar Pereira da Silva: [email protected], [email protected]

RS - Irma Lourdes Dill: [email protected]

RS - Eliandra E. Gomes Marques: [email protected]

RS - Katiucia Gonçalves: [email protected]

SC - Kristiany Bender: [email protected]

SE - Fagner dos Santos Araújo: [email protected]

SP - Jorge Alberto Ferreira: [email protected]

SP - Leonardo Griz Cavalhera: [email protected]

TO - Eni Cunha: [email protected]



10 anos do FBES envolve II Fórum Social Mundial de Economia Solidária

18 de Julho de 2013, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Secretaria Executiva do FBES

Image

Com muita animação militantes da economia solidária comemoraram os 10 anos do FBES na noite do dia 13 de julho, em conjunto com as comemorações dos 10 anos da Senaes, Recid e 30 anos da Cáritas Brasileira, em Santa Maria. Sebastiana Almire, do Fórum de Economia Solidária do Mato Grosso do Sul e Ademar Bertucci, da Cáritas Brasileira, trouxeram os principais momentos da história do FBES. Ana Lourdes, da Rede Cearense, convidou todos e todas a espalharem as sementes deste outra economia, e ainda, Edigar, do Fórum Potiguar, recitou um cordel dos 10 anos.

Também neste momento foi lançado oficialmente o Documento Final da V Plenária Nacional de Economia Solidária, fruto de quase dois anos de debates nacionais pelo movimento de economia solidária e que traz as orientações políticas, de acões e organicidade para o movimento de economia solidária para o próximo triênio. Documento disponível em:

Durante todo o II Fórum Social Mundial também foram comercializados os produtos da campanha envolva-se para o bem-viver, de apoio a sustentabilidade do FBES, e que contou com o apoio de diversos militantes dos fóruns locais de economia solidária.

A solidariedade também esteve presente junto a companheira Marcia Lima, do Fórum do Acre, com o apoio de diversos militantes que somaram recursos para a saúde da companheira.

Ao final do II Fórum Mundial diversos estados retornaram com produtos para seguir com a campanha envolva-se para o bem-viver, para comercialização local das canecas ecológicas e de porcelana, camisetas, bottons, adesivos e bolsas. Aos interessados, basta entrar em contato com as pessoas abaixo:

AL - Ana Lucia Ferraz de Menezes: [email protected], [email protected]

AL - Lindinalva: [email protected]

AP - Maria das Graças Santos Brazão: [email protected]

BA - Diogo Ferreira Rego: [email protected]

CE - Ana Lourdes de Freitas: [email protected], [email protected]

ES - Daniela Gomes Coutinho: [email protected]

MG - Maria Geralda Lopes: [email protected]

MG - Francisca Maria da Silva (Chica): [email protected]

MS - Sebastiana Almire de Jesus: [email protected]

MT - Ana Carolina França Bogo: [email protected]

PA - Rosângela M. Santos: [email protected]

PB - Maria de Lourdes Lira de Oliveira: [email protected]

PI - Claudio Roberto Moral: [email protected]

PI - José dos Santos Cardoso: [email protected], [email protected]

PI - Francisco Xavier de Oliveira

RJ - Daniele Braz da Silva: [email protected]

RJ - Adriana Cardoso: [email protected]

RN - Edgar Pereira da Silva: [email protected], [email protected]

RS - Irma Lourdes Dill: [email protected]

RS - Eliandra E. Gomes Marques: [email protected]

RS - Katiucia Gonçalves: [email protected]

SC - Kristiany Bender: [email protected]

SE - Fagner dos Santos Araújo: [email protected]

SP - Jorge Alberto Ferreira: [email protected]

SP - Leonardo Griz Cavalhera: [email protected]

TO - Eni Cunha: [email protected]

Pela loja do FBES também é possível adquirir os produtos: www.cirandas.net/loja-fbes



Parabéns aos 10 anos do Fórum Brasileiro de Economia Solidária

27 de Junho de 2013, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Secretaria Executiva do FBES ([email protected])

Image

Hoje, 29 de junho de 2013, comemoramos juntos e juntas os 10 anos do Fórum Brasileiro de Economia Solidária, fruto de uma grande caminhada coletiva para a construção, organização e articulação nacional do movimento de economia solidária. Uma trajetória de muitos debates em plenárias, encontros regionais, locais, nacionais, marchas e mobilizações com a participação de milhares de militantes. Nossa história ultrapassa estes 10 anos, muitas das iniciativas de economia solidária tem uma caminhada de muito mais tempo, de luta, resistência e construção de novas práticas sociais com base na cooperação, justiça e solidariedade.

Image

A economia solidária cresceu e se consolidou nestes 10 anos, avançou em experiências em todos os campos (educação, cultura, produção, comercialização, consumo, marco legal e finanças solidárias) e de forma transversal com as demais lutas socias do campo e da cidade. E o FBES, partindo destas experiências locais, se consolidou em todo país, presente em todos os estados e em mais de 160 fóruns locais com ações para:

* Fortalecer o movimento de Economia Solidária por meio da mobilização de sua organização em fóruns e da promoção de práticas de desenvolvimento justo, solidário e sustentável.

* Somar forças com diversos movimentos sociais para diálogo e convergência nas lutas sociais.

* Lutar pela construção de políticas públicas, participando de sua elaboração e acompanhamento, para que promovam o direito ao trabalho associado.

Como marco destes 10 anos lançamos a campanha Envolva-se para o Bem-Viver, com uma séria de iniciativas para resgatar nossa memória, lutas, conquistas e desafios, cuja grande festa ocorrerá durante o II Fórum Social da Economia Solidária, entre 11 e 14 de julho, em Santa Maria.

Saiba mais em: www.cirandas.net/envolvase

Confira uma breve linha do tempo desta luta nacional, que tem ainda muita história pra lembrar e recordar junto a cada experiência de organização local e territorial da economia solidária. Envolva-se para o Bem-Viver!

-----

Breve linha do tempo

Segue os principais eventos e atividades nacionais de destaque que orientaram o rumo e as definições políticas do FBES:

Image

2001/jan - No I Fórum Social Mundial (FSM), em Porto Alegre, foi iniciada a articulação nacional da economia solidária, com a presença dos diversos campos da economia solidária: empreendimentos de economia solidária urbanos e rurais, entidades/ongs, sindicatos, igrejas e universidades. Este momento demonstrou o grande interesse social pelo tema e o início das articulações nacionais, sendo então criado o Grupo de Trabalho (GT) Brasileiro de Economia Solidária.

2002/jan - No II FSM a economia solidária passou a ser um dos eixos centrais do debate, consolidando a articulação via GT Brasileiro, no exercício de construir a unidade política na diversidade de práticas desta articulação nascente.

2002/dez - I Plenária, em São Paulo, teve mais de 200 participantes, definindo a plataforma da economia solidária nos eixos: finanças solidárias, marco legal, produção, comercialização e consumo, democratização do conhecimento e da tecnologia e organização social da economia solidária. Neste momento foi percebida a necessidade de avançar na articulação nacional dos trabalhadores/as da economia solidária. Foi encaminhada a Carta ao governo Lula, como mobilização e pressão social para a criação da Secretaria Nacional de Economia Solidária (Senaes), para construção da política pública.

2003/jan - II Plenária ocorreu durante o III FSM em Porto Alegre, com 800 participantes, coordenada por Paul Singer. Definiu agenda de mobilização de debates e sensibilização pelas regiões, passando a dar destaque para a estrutura do movimento da economia solidária no país.

2003/jun - III Plenária teve mais de 900 participantes de 17 estados em Brasília, deliberou pela criação do Fórum Brasileiro de Economia Solidária (no dia 29/06/2003), além de construir a Carta de Princípios e a Plataforma de Lutas da Economia Solidária. É dado início a definição sobre composição e funcionamento do FBES e o início do processo de interlocução do FBES com a SENAES.

2004/ago - I Encontro Nacional de Empreendimentos Econômicos Solidários, mais de 2500 participantes em Brasília, com debates por ramo de atividade, levantando pautas, prioridades e diálogo com o governo.

2008/mar - IV Plenária contou com a participação de 320 participantes de todos os estados do país reunidos em Luziânia - GO. Os debates foram desencadeados por uma reflexão sobre o significado do FBES frente a criação do Conselho Nacional de Economia Solidária. Teve dois anos de preparação envolvendo diretamente mais de 4.000 pessoas, iniciando com a Caravana Rumo à IV Plenária Nacional - que consistiu em 5 seminários regionais de formação (120 representantes) e a realização de 25 plenárias estaduais e mais de 130 atividades preparatórias desde 2006. As principais deliberações foram: bandeiras e ações prioritárias (formação, marco legal, finanças solidárias e produção, comercialização e consumo solidários), natureza, estrutura e forma de funcionamento do FBES.

2009/jan - Fórum Social Mundial, em Belém, organizando uma grande feira.

2010/jun - Durante a II Conferência Nacional de Economia Solidária o FBES teve atuação marcante em todas as etapas da conferência e mobilizou uma Marcha na Esplanada dos Ministérios pela Lei da Política Nacional da Economia Solidária, realizando também um debate com parlamentares para a aprovação do PL.

Image

2010/dez - O FBES mobiliza a sociedade para a Campanha pela lei de Economia Solidária: iniciativa popular para um Brasil Justo e Sustentável, coletando assinaturas para pressionar pela aprovação da lei, abrindo diálogo educativo com a sociedade sobre a importância da economia solidária. Esta iniciativa busca o reconhecimento do direito ao trabalho associado. Também foi aberto diálogo com campanhas convergentes, como Contra Agrotóxicos e pela vida; Reforma Política e Defesa das Florestas. A campanha segue em curso para a aprovação e implementação da lei, com a vitória de ter sido apresentado o projeto de lei 4685 pelo legislativo federal. Acesse em: www.cirandas.net/leidaecosol

Image

2011/mai - Mobilizações pelo país frente ao PL 865, que propunha unificar a estrutura da política pública da economia solidária com a da micro e pequena empresa. Realizamos 23 audiências públicas pelo país trazendo nossa identidade, projeto político e a diferença com a microempresa. O governo retirou a proposta, sendo uma vitória para o movimento de economia solidária. Outro resultado das mobilizações foi a conquista de eixo temático no Plano Plurianual 2012 - 2015.

Image

2011/set - Nos eixos de denúncia, resistência e construção de alternativas foi realizado o Encontro Nacional de Diálogos e Convergências, no objetivo de convergência de pautas e lutas entre os movimento sociais da Agroecologia, Saúde e Justiça Ambiental, Soberania Alimentar, Economia Solidária e Feminismo. Saiba mais em: http://dialogoseconvergencias.org/ e anexo a Carta Política do evento.

Image

2012/jun - Construímos junto com outros movimentos sociais a Cúpula dos Povos por Justiça Social e Ambiental: contra a mercantilização da natureza e em defesa dos bens comuns, realizada no Rio de Janeiro no contexto da Rio + 20 pautando uma outra economia e novos paradigmas de sociedade.

Image

2012/dez - A V Plenária foi realizada no tema Economia Solidária: bem viver, cooperação e autogestão para um desenvolvimento justo e sustentável, contou com o envolvimento de mais de 10 mil trabalhadores/as da economia solidária do país, nas 200 plenárias locais, estaduais, temáticas e de balanço realizadas durante o ano. Teve a participação de cerca de 600 pessoas na etapa nacional, avançando na construção do projeto político, nas articulações com outros movimentos sociais e na organicidade da economia solidária no país. Veja os resultados em: http://cirandas.net/v-plenaria-nacional-de-economia-solidaria e acesse o documento final em: http://e.eita.org.br/vplenaria

Confirma o mural de fotos destes 10 anos: http://cirandas.net/envolvase/mural-de-fotos

Acesse o vídeo curto da campanha Envolva-se para o Bem-Viver: http://vimeo.com/63905192



Leilão solidário em Belo Horizonte, uma metodologia que cresce para sustentabildade do FBES

16 de Junho de 2013, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Secretaria Executiva do FBES

Image

Durante o lançamento dos projetos Rede CFES Sudeste e da Rede Brasileira de Comercializacão Solidária, o movimento de economia solidária mobilizou mais um leilão solidário para sustentabilidade do FBES. Foram arrecadados quase R$ 250,00 que apoiará a manutenção da sede da Secretaria Executiva do FBES, em Brasília.

O leilão contou com a mobilização e animação de Luis, do Fórum de Cooperativismo Popular do Rio de Janeiro. Segue abaixo os principais passos metodológicos de um leilão solidário, mais uma ação de finanças solidárias para a sustentabilidade organizativa do movimento de economia solidária a nível local e nacional.

* Montar uma comissão organizadora para animar e mobilizar o leilão

* Agendar e divulgar o leilão em um momento coletivo

* Convocar empreendimentos de economia solidária e demais participantes a doarem produtos ao leilão, explicando a proposta

* Com base nas doações montar uma tabela contendo: produto, nome do doador, lance inicial e lance final

* A comissão anima o leilão, pedindo que os empreendimentos de economia solidária possam explicar como o produto foi feito, suas características e história. Na sequência se convoca os participantes para os lances, e o maior lance leva o produto/serviço

* Após todos os produtos serem leiloados, é divulgado o saldo final do leilão.



Envolva-se para o Bem-Viver! Colabore com o FBES!

5 de Junho de 2013, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Por Secretaria Executiva do FBES

Image

Convidamos cada um e cada uma a envolva-se para a sustentabilidade da articulação nacional do movimento de economia solidária, o FBES!

As contribuições podem ser feitas via:

* Projeto no Catarse até 25/06: http://catarse.me/pt/forum

* Loja virtual do FBES, com camisetas, bonés e canecas produzidos por empreendimentos de economia solidária: http://cirandas.net/loja-fbes

* Fundo Solidário do FBES, com a conta: Caixa Econômica Federal - Agência 1041 op 003 C/P 1940-3

Além disso, a campanha envolva-se para o Bem-Viver tem uma série de ações para movimentar nossa história, lutas e conquistas, saiba mais em: http://cirandas.net/envolvase/noticias

Saiba porque sua contribuição é necessária e fundamental, pois o FBES é responsável por:

* Articular a economia solidária no país, através da militância de trabalhadoras/es em todos os estados, nos mais de 160 fóruns locais, que constrõem e lutam pelo fortalecimento desta nova sociedade.

* Manter a página www.fbes.org.br fresquinha com notícias da economia solidária do Brasil e do mundo, além de conter informações dos fóruns locais, oportunidades, uma biblioteca virtual, lançar um boletim quinzenal e muito mais!

* Desenvolver o portal Cirandas, com blogs, página para os empreendimentos de economia solidária, ferramentas para inteligência econômica e interação no universo da economia solidária: www.cirandas.net

* Ter uma Secretaria Executiva Nacional, com equipe diariamente atuando de acordo com as deliberações do FBES, com escritório em Brasília-DF.

* Atuar para o controle social e fortalecimento das políticas públicas, tanto no nível municipal e estadual, quanto nacional, principalmente junto ao Conselho Nacional de Economia Solidária e com órgãos federais que tem ou possam ter ações de economia solidária.

* Manter reuniões trimestrais de sua Coordenação Executiva, responsável pela gestão política cotidiana, e ainda encontros anuais de sua Coordenação Nacional, principal espaço de orientação política do FBES.

* Realizar a cada três anos uma Plenária Nacional de Economia Solidária, convocando toda militância para debates e novas orientações para a economia solidária.

* Dinamizar atividades de Grupos de Trabalho, para aprofundamento de temas estratégicos e subsídio aos fóruns locais e estaduais de economia solidária, nos temas: Educação e Cultura; Finanças Solidárias; Marco Legal; Estratégias Econômicas; Articulação com Movimentos Sociais, Comunicação e Relações Internacionais; Mulheres; e Raça, Etnia, Povos e Comunidades Tradicionais.

* Representar o Brasil em redes e articulações internacionais de economia solidária: Espacio por um Mercosul Solidário, Rede Intercontinental de Promoção da Economia Social e Solidária, Mercosul Social e Solidário.

* Dialogar e convergir ações e pautas com outros movimentos sociais, somando forças em diversas lutas sociais, no nível local e nacional, por exemplo, com participação no Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional, e na construção do III Encontro Nacional de Agroecologia.



Leilão solidário também anima capacitação do SIES

3 de Junho de 2013, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Fonte: Por Secretaria Executiva do FBES

Image

O encontro promovido pela UNISINOS (23 a 25 de maio) para os entrevistadores que comporão o Mapemaneto SIES, agora com vista a conhecer o trabalhador da economia solidária. A capacitação ocorreu na Bahia, para os entrevistadores que atuarão nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Durante a atividade foi realizado o Leilão Solidário, com vistas a Campanha Envolva-se para o Bem-Viver, do FBES. A atividade do Leilão Solidário, segundo a Joana Darc do Fórum Goiano de Economia Solidária, visa a ser uma estratégia de tecnologia social para que os fóruns possam compor fundo solidário. Ao todo foi arrecadado R$ 230,00. Também durante a atividade foi realizado captura de depoimentos dos militantes dos fóruns de economia solidária.