Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

Fórum Brasileiro de Economia Solidária

Voltar a Notícias da Economia Solidária no Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

Segundo relato da Audiência Pública em São Paulo

11 de Maio de 2011, 21:00 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 313 vezes

Por Luigi Verardo

Companheiros da Economia Solidária, fazendo uma breve contribuição sobre a nossa Audiência Pública em São Paulo que parece que foi a primeira do Brasil não é?

A Audiência Pública realizada, ontem, em São Paulo, lotou o auditório Teotônio Vilela, na Assembléia Legislativa, com a participação de aproximadamente 200 pessoas. Estavam ali reunidas diversas pessoas, grupos que na última década vem construindo o movimento de economomia solidária em São Paulo, foi um momento muito importante de encontro, fortalecimento e principalmente de diálogo sobre visões da economia solidária e quais nossas estratégias para a consquista de uma política pública.

Estiveram à mesa: deputada Federal, Luiza Erundina (PSB); o líder na Câmara, deputado Paulo Teixeira (PT), deputado estadual Simão Pedro (PT), deputado estadual Vicente Candido (PT), deputado estadual Carlos Grana (PT), Fábio Bechara (Senaes) e Renato (Economia Solidária).

Além das falas da mesa, ouvimos Daniel (FBES), Luigi (Anteag), Domingos (Unisol), Djalma (Rede Bancos Comunitários), Diogo (Nesol USP), Aguinaldo (Cáritas), representante do Sindicato Patronal das Micro e Pequenas Empresas, Vanessa (Faces do Brasil), Isabel (Pontos de Cultura), Reinaldo (Rede de ITCP), Índio (Instituto Invoz), Armando e Zé Pret. Do Movimento dos Catadores, Sandra (Rede de Gestores), Edna (Tendarte).

A primeira audiência mostrou o acerto do FBES em propor as audiências como forma de trazer o debate para que todos participem, porque este o jeito de fazer Economia Solidária no fazer a gestão do negócio, da organização e da política de forma coletiva, aberta e sobretudo democrática que parece não tem sido o tom de alguns setores do nosso próprio movimento.

Da representação do Sindicato patronal das micro e pequenas empresas havia apenas 3 ou 4 pessoas que nem ficaram até o fim, saíram no meio da Audiência, por conta de outros compromissos. Da nossa parte éramos quase todo o auditório. É importante destacar este fato, pois as audiências públicas sobre o PL 865 foram conquistadas pelo movimento de economia solidária. O setor das micro e pequenas empresas parecem estar confortaveis com o PL 865. Afinal, é o resultado de uma promessa da campanha. A fala do representante do Sindicato Pa tronal vê a economia solidária e micro e pequena empresas como se fossem a mesma coisa, dizendo, simplesmente:" que os pequenos juntos podem se ajudar". Isso evidencia um total desconhecimento dos princípios que movimentam e constituem a economia solidária. Estar num mesmo espaço, além de eclipsar as várias articulações com diversos espaços governamentais, aponta um lugar não só de conflito, mas de confusão. Aí fica muito difícil mostrar nossas características para a sociedade e a construção das políticas de fortalecimento da economia solidária com as especificidades e propostas de modelo de desenvolvimento. /p>

Das 17 falas pude contar a minorias, umas 4 ou 5, explicitamente foram a favor da integração da economia solidária com a micro e pequena empresa na nova secretaria. Houve uma que não pude ter certeza. Mas, seguramente, expressiva maioria foi clara em defender um espaço próprio para economia solidária. Das intervenções sobraram argumentos sobre as características que diferenciam profundamente das micros e pequenas empresas, dizendo que nosso espaço não é nem no Minist. do Trabalho e Emprego e nem na SEMPE porque temos muito mais afinidade com outros espaços.

No final, o deputado Simão Pedro, resumindo o espírito da Audiência, encerrou dizendo que a Economia Solidária precisa de um espaço próprio no governo.

Abraço

Luigi


Tags deste artigo: audiências públicas pl 865
Fonte: http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6054&Itemid=62

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    FBES - Fórum Brasileiro de Economia Solidária

    Brazil