Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

NESOL USP

Voltar a Destaques
Tela cheia Sugerir um artigo

Banco Comunitário Nascente concede o primeiro empréstimo produtivo

18 de Julho de 2012, 21:00 , por NESOL USP - 22 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1020 vezes

O Banco Comunitário Nascente concedeu ontem, dia 18 de julho de 2012, o primeiro empréstimo produtivo. O banco foi inaugurado recentemente no dia 23 de junho deste ano, com uma grande festa junina no bairro organizada pelo comitê gestor do banco com apoio de moradores, comerciantes local, NUMI-Ecosol/UFSCar e contou com a presença de moradores do Jardim Gonzaga, Pacaembu, Cruzeiro do Sul, Monte Carlo e demais bairros no entorno na cidade de São Carlos/SP.

O empréstimo foi concedido ao Sr. Sebastião, morador a mais de 15 anos do Jardim Gonzaga. Sebastião foi até o banco Nascente e solicitou um empréstimo produtivo para compra de matéria prima para seu negócio. Ele é artesão e customiza sandálias de borracha dentre outras coisas. Os agentes de crédito seguindo a metodologia dos bancos comunitários de desenvolvimento fizeram uma ficha de análise de crédito, onde foi levantado os custos da produção e as despesas pessoais. Fizeram consultas aos moradores da comunidade e comerciantes. Após obterem todas as informações levaram o caso ao Comitê de Análise de Crédito (C.A.C), que é composto pelos trabalhadores do banco comunitário e integrantes da comunidade, analisaram a ficha de crédito e as informações da obtidas, após análise de toda documentação o crédito foi aprovado, só faltava a validação na plenária do Fórum de Desenvolvimento Local.

 

Foto: Reunião do Fórum de Desenvolvimento Local do Jardim Gonzaga

Foi realizado a 1° Reunião do Fórum de Desenvolvimento Local do Jardim Gonzaga e entorno, o fórum é um espaço de encontro da comunidade, oportunidade dos moradores discutirem os problemas do bairro e construírem soluções coletivas, conhecer os empreendimentos locais com possibilidade de trabalho em rede. O fórum também decide a política de crédito e diretrizes do banco comunitário, e na reunião foi apresentada a solicitação de crédito do Sr. Sebastião. Ele se apresentou e fez o relato do empreendimento e como utilizaria o crédito, se dispôs a fazer uma oficina para ensinar os moradores da comunidade produzir os chinelos customizados.

Após debate dos integrantes do fórum foi validada à concessão de crédito produtivo. O contrato de concessão de crédito foi assinado na presença de todos os participantes.

Foto: Pedro, Gilmara e Rose (agentes de crédito) concedem o crédito ao Sr. Sebastião

O Banco Nascente foi implementado com apoio do Projeto de Finanças Solidárias com Base nos Bancos Comunitários – Sudeste da Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego executado pelo Núcleo de Economia Solidária da Universidade de São Paulo, NESOL-USP.

O Banco Nascente foi o 80° banco inaugurado da Rede Brasileira de Bancos Comunitários. A previsão que até o final de 2012 é que tenhamos aproximadamente 100 bancos comunitários no país.


Categorias

São Paulo, Crédito e finanças, Desenvolvimento territorial, Finanças Solidárias
Tags deste artigo: bancos comunitários

22 comentários

  • F1fd50be446f603d4dabd34ab1f5160e?only path=false&size=50&d=404João Luiz Marques Rodrigues Alves(usuário não autenticado)
    3 de Dezembro de 2012, 20:21

    Banco de Negócios Inclusivos - USP Ribeirão Preto

    Olá, boa tarde. Me chamo João, sou estudante de economia empresarial e controladoria pela USP de Ribeirão Preto, e temos um projeto que se chama Banco de Negócios Inclusivos (BNI) (www.bni.org.br), que surgiu na FGV ano passado e está chegando ao interior através de alunos de graduação e pós-graduação. O projeto consiste em levar capacitação e microcrédito à negócios inclusivos que gerem renda e inclusão para a base da pirâmide. Além do crédito, visamos dar suporte a implementação de bancos comunitários em comunidades. Sendo assim, estamos pesquisando comunidades aqui de Ribeirão Preto para dar nosso primeiro passo em relação à isso. Porém, nossa experiência com banco comunitário é apenas teórica. Sendo assim, gostaríamos muito de conhecer o trabalho do Banco Nascente, para que possamos conhecer melhor e trazer o conceito de banco comunitário para Ribeirão Preto. Com quem poderíamos entrar em contato? Muito obrigado.


    •  nesol pb  se mfundo branco   med minorNESOL USP
      10 de Dezembro de 2012, 16:03

      Resposta

      Caro João, boa tarde.

      Bem interessante o trabalho de vocês com o BNI. Poderíamos conversar com calma para trocarmos experiências. Nossa agenda nesse final de ano está bem apertada. Nosso e-mail para contato e agendamentos é [email protected]

      O contato do Banco Comunitário Nascente é [email protected] as agentes de créditos são Gil e Rose.

      Abraços,

      Equipe NESOL


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

Cancelar

Busca

Feed FBES

redirection forbidden: http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_rss&feed=RSS0.91&no_html=1 -> https://www.fbes.org.br/index.php?option=com_rss&feed=RSS0.91&no_html=1