Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Congresso UNICAFES Minas define oito resoluções para o cooperativismo solidário no estado

21 de Novembro de 2014, 8:50 , por Andrea Araujo do Nascimento - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 101 vezes

Mesa de abertura do I Congresso UNICAFES Minas

O I Congresso UNICAFES Minas, realizado nos dias 18 e 19 de novembro, teve como resultado importantes resoluções que vão guiar as ações da entidade nos próximos anos, reafirmando o seu compromisso com a luta pelo fortalecimento do cooperativismo na agricultura familiar e economia solidária em Minas.

 São oito os pontos prioritários que constarão na pauta das ações da UNICAFES Minas: Alteração e democratização da legislação do cooperativismo em Minas Gerais, referente à alteração da lei do cooperativismo (nº 15.075/2004); Elaboração de propostas para uma política tributária justa para as cooperativas; Ampliação e fortalecimento a Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER); Promoção de atividades em defesa de legislação sanitária específica para empreendimentos de pequeno porte; Ampliação do Crédito para o Cooperativismo Solidária da Agricultura Familiar; Ampliação da produção e comercialização dos produtos da Agricultura Familiar; Fortalecimento e ampliação da participação da juventude e das mulheres na agricultura familiar e solidária; e Fortalecimento das relações institucionais. (Veja em breve no site versão completa com as resoluções do I Congresso UNICAFES Minas)

O evento contou com a participação de diversas autoridades, como o deputado federal Patrus Ananias (PT), o subsecretário de Agricultura Familiar da SEAPA, Edmar Gadelha, os deputados estaduais André Quintão (PT) e Rogério Correia (PT), além do presidente da UNICAFES Nacional, Luiz Possamai e Gisele Obara, coordenadora do Trias no Brasil (ONG belga). Também participaram do I Congresso José dos Reis, vice presidente da FETAEMG, e José Helano Anacleto, da FETRAF Minas.

Os participantes reforçaram a importância da UNICAFES Minas e da organização de classe para vencer os desafios postos para a agricultura familiar no estado. Para André Quintão, a UNICAFES Minas tem um papel essencial no estado, dada a importância da agricultura familiar, já que, segundo ele, “o que segura o PIB em Minas é a agricultura e a pecuária”. Edmar Gadelha também destaca a necessidade de valorização dos quase um milhão de agricultores no estado, “que produzem 70% do que consumimos em Minas”.

Durante o Congresso foi realizada Assembleia Extraordinária para eleger a nova diretoria, que foi eleita por unanimidade com conselhos Administrativo, Fiscal e Executiva. (Em breve, no nosso site, listagem completa da nova diretoria e seus cargos).


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    [+] CANAL UNICAFES

    [+] ONDE ESTAMOS

    Unicafes MG

    Belo Horizonte - Minas Gerais - Brazil