Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

Ecocivilização é uma cibercomunidade criada em torno da Proposta Para Ecocivilização.

Veja aqui Todo o conteúdo.

Tela cheia

Acessibilidade Estratégica Universal

6 de Agosto de 2015, 8:52 , por Miro - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 241 vezes
Licenciado sob CC (by-sa)

Acessibilidade Estratégica Universal é o item 8 (oito) da Proposta Para Ecocivilização.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Refere-se à acessibilidade universal, estrategicamente executada, aos bens e recursos indispensáveis à vida e ao pleno desenvolvimento dos indivíduos, comunidades e organizações, gratuitamente, como dádivas.

Abolida a propriedade (privada e estatal), a acumulação de riquezas somente ocorrerá em âmbitos como o psicobiológico (com a busca pela saúde física e mental), o intelectual (com a busca por conhecimentos e desenvolvimento de competências), o ético (com a busca pelo aprimoramento moral e comportamental) e o espiritual. Isto significa que teremos menos distrações, desvios e impedimentos ao nosso aperfeiçoamento pessoal e coletivo.

 

Para mais fácil compreensão, pensemos, como exemplo, no transporte.

Cotidianamente o transporte coletivo em trens, bondes, ônibus ou outros veículos é muito mais eficiente e econômico (em termos ambientais) que os veículos privados. Contudo, há situações em que precisamos transportar muitos objetos, como numa mudança de domicílio, e há situações nas quais queremos passear com a família em lugar distante do sistema de transporte coletivo, por exemplo, quando vamos acampar. Estas e outras situações nas quais veículos de transporte em massa não poderiam nos atender adequadamente  seriam atendidas por caminhões, caminhonetes ou pequenos automóveis que estariam gratuitamente acessíveis em estacionamentos públicos. Para atender essas e quaisquer outras eventuais demandas especiais, automóveis, equipamentos e todos os produtos estariam gratuitamente disponíveis, semelhantemente aos sistemas de bicicletas compartilhadas que já existem em várias cidades do Brasil e do exterior.


Algo similar pode ser desenvolvido para atender cada uma das necessidades humanas, a começar pelas mais básicas, sem tentar uniformizar as pessoas, limitando-as a migalhas padronizadas, pois atualmente existem tecnologias que permitem a personalização (customização) de quase tudo, desde a aparência externa, até os componentes internos dos produtos. Também existem técnicas de produção modular que, aplicadas a tudo, garantiriam a liberdade de adaptar e recriar cada produto, inclusive garantindo liberdade estética a todos.

 

Não existindo propriedades, inexistiriam também a venalidade, o comércio e a obsolescência planejada, essa prática antiética e ambientalmente insustentável. Tudo seria produzido com a máxima eficiência e durabilidade ou com materiais biodegradáveis, sempre atóxicos.


A acessibilidade universal seria um dos principais aspectos de uma nova civilização, sustentável no sentido amplo, isto é, o da sustentabilidade socioambiental. Esta civilização ecológica, esta ecocivilização, seria a resultante do progresso além da chamada economia colaborativa ou economia do compartilhamento.

A acessibilidade precisa ser rigorosamente planejada para evitar desperdícios e injustiças. Por isso, para garantir sua viabilidade ela deverá ser estruturada sobre criteriosas estratégias de acesso universal. Então a chamemos de Acessibilidade Estratégica Universal.


Recomendo conhecer:

Jeremy Rifkin, "Sociedade Com Custo Marginal Zero" e "A Era Do Acesso"

Thomas Piketty, "O Capital No Século XXI"

Fritjof Capra, "O Ponto De Mutação"

 

Nota: Acessibilidade Estratégica Universal é um termo desenvolvido a partir de uma ideia de Jacque Fresco, chamada por ele de Acessibilidade Estratégica.

 

Texto refeito em 30 de novembro de 2016.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Em breve, novidades em Ecocivilização, incluindo novos empreendimentos voltados à autossustentabilidade socioambiental e à aplicação de itens da Proposta Para Ecocivilização.

Para se manter atualizado, inscreva-se no feed RSS ou frequente a página principal: http://cirandas.net/ecocivilizacao

 


Categorias

Comunicação, Comércio justo e solidário, Articulações internacionais, Agroecologia, Agricultura Familiar, Turismo, Saúde, Reciclagem, Limpeza e higiene, Indústria, Habitação e Construção Civil, Educação e formação, Cultura, Crédito e finanças, Nacional, Internacional, Software, cultura e conhecimentos livres, Saúde popular, Relações internacionais, Produção, comercialização e consumo, Povos e Comunidades Tradicionais, Políticas públicas, Política, Pesquisa e tecnologia, Organização do movimento, Meio-ambiente, Inclusão Digital, Formação, Finanças Solidárias, Economia, Desenvolvimento territorial, Cultura, Consumo ético e solidário, Construção, Confecção, fiação e tecelagem, Alimentação
Tags deste artigo: acesso acessibilidade economia baseada em recursos economia de recursos economia por recursos geopolítica ecocivilização ecologia sustentável recursos participação compartilhar compartilhado compartilhada liderança compartilhada tecnologia economia solidaria sustentabilidade inovação projeto vênus compartilhamento economia política

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar