Go to the content
Show basket Hide basket

Ecocivilização é uma cibercomunidade criada em torno da Proposta Para Ecocivilização.

Veja aqui Todo o conteúdo.

Full screen

Liberdade, não libertinagem!

December 2, 2016 18:18 , by Miro - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 214 times
Licensed under CC (by-sa)

24 de Março de 2015.

 

Liberdade nunca poderia significar libertinagem. Não há como dissociar a ética da vida cotidiana, a não ser para preservar as estruturas sociais desta civilização decadente ou para acelerar sua degradação. Liberdade real só existe quando há conhecimento, discernimento e respeito.


Imagines que alguém, considerando-se livre, resolva publicar textos, charges, vídeos ou áudios nos quais tuas crenças sejam ridicularizadas. Agora imagines que o veículo de comunicação utilizado tem grande circulação. Quantos jovens serão influenciados e quantas pessoas deixarão de investigar tuas crenças, tomadas por preconceitos, resultando em antipatia em massa contra tuas crenças e, como quase sempre, por extensão, antipatia a tu também?


Antes de nos expressarmos, sempre deveríamos pensar:

Devemos dizer algo? O quê dizer? Como dizer? Quais seriam as possíveis consequências imediatas, mediatas, de curto, médio e longo prazo?

 

Demonstrar respeito não é manifestar concordância nem submissão, é uma atitude de proatividade pacifista, resultante de discernimento e empatia.

 

Criticar é fundamental, mas vejas a etimologia da palavra "crisis". Criticar deveria ser realizar uma análise racional e rigorosa sobre um argumento, levando-o até seus limites, de modo a evidenciar suas falhas ou limitações; nada tem a ver com ridicularizar e ofender.

Percebes que quando não há limites, não há liberdade? Isso não é uma contradição. Somos livres apenas para escolher nossos pensamentos, vontades e sentimentos; podemos nos propor metas, mas não está sob nosso poder alcançar essas metas, sempre que elas escapam ao âmbito de nossos pensamentos, percepções, sentimentos e vontade. No mundo, somos todos interdependentes. Não é possível alcançar paz por meio da violência, tanto quanto não poderemos sequer sonhar em sermos respeitados, se não respeitarmos aos outros.

Liberdade pra falar o que se pensa? Depende. Realmente vale a pena o que você pretende falar? Sua fala contribuirá para um mundo melhor? Ou pelo menos é inócua?


Achas que alguém não raciocina direito ou possui crenças irracionais? Então ajude-o, em vez de humilhá-lo.

 

Revisado em 7 de dezembro de 2016.

Licença Creative Commons
O trabalho LIBERDADE, NÃO LIBERTINAGEM! de Miruí Araújo De Sá está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Em breve, novidades em Ecocivilização, incluindo novos empreendimentos voltados à autossustentabilidade socioambiental e à aplicação de itens da Proposta Para Ecocivilização.

Para se manter atualizado, inscreva-se no feed RSS ou frequente a página principal: http://cirandas.net/ecocivilizacao

 

 


Categories

Comunicação, Cultura, Formação, Política, Políticas públicas, Software, cultura e conhecimentos livres
This article's tags: ética axiologia liberdade libertinagem comunicação jornalismo cultura relações públicas humanas empatia compaixão colaboração amor piedade justiça vingança violência atentado massacre assassinato publicidade solidariedade charlie hebdo cooperação

0no comments yet

    Post a comment

    The fields are mandatory.

    If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.

    Cancel