Go to the content
Show basket Hide basket

Full screen Suggest an article

Informes e notícias sobre o processo da V Plenária Nacional de ES

January 12, 2009 22:00 , by Unknown - | No one following this article yet.

Cariri (CE) realiza a Plenária Regional de Economia Solidária

July 26, 2012 21:00, by Unknown - 0no comments yet

Fonte: Fórum Caririense de Economia Solidária - FOCAES

O Fórum Caririense de Economia Solidária realiza neste próximo dia 30/07/2012 (segunda-feira), a Plenária Regional de Economia Solidária do Cariri, que terá como temática: "Economia Solidária: bem viver, cooperação e autogestão para um desenvolvimento justo e sustentável". Esta atividade faz parte das ações rumo a V Plenária Nacional de Economia Solidária.

O objetivo é aprofundar o debate acerca da economia solidária como estratégia de desenvolvimento territorial, sustentável, diverso e solidário, como opção de organização popular e luta emancipada das/os trabalhadoras/es associadas/os e eleger os/as representantes para participação na Plenária Estadual de Economia Solidária.

Local:SESC CRATO - Rua André Cartaxo, 44 - Crato - CE, a partir das 08h00min.

Contato: [email protected]

Parceiros: SESC Crato, Centro de Formação em Economia Solidária ? CFES nordeste

Apoio: FETRAECE Cariri, SEBRAE Crato, Cáritas Diocesana, Casa Lilás, Flor do Pequi, CooperCrato, SINTROEC, ITEPS UFC Cariri, Brasil Local, Mandato Popular Vereadora Mara Guedes, Casa de Sementes Senhor dos Exércitos, Território da Cidadania e URCA.



Vale do Mucuri (MG) realiza a I Plenária Territorial de Economia Solidária

July 25, 2012 21:00, by Unknown - 0no comments yet

Fonte: Alexandre Amador (str.machaca[email protected])

Em 23 de julho de 2012 foi realizada na cidade de Mucuri, Minas Gerais, a 1a Plenária de Economia Solidária Territorial Setorizada do Vale do Mucuri. O evento foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Assalariados e Agricultores Familiares de Machacalis-MG, e contou com a participação de entidades governamentais e não-governamentais, agricultores familiares, o Secretário de Agricultura de Umburatiba, representantes de diversas associações rurais da região, representante do SENAR Minas e Instrutor e Mobilizador do Projovem Rural Juventude Cidadã.

A atividade faz parte da preparação rumo à V Plenária Nacional de Economia Solidária que tem como tema "Economia Solidária: bem viver, cooperação e autogestão para um desenvolvimento justo e sustentável".

Sob a Coordenação Nacional do FBES, o STR de Machacalis juntamente com todos os participantes presentes na referida plenária abriu-se a oportunidade para fortalecemos mais a economia solidária na cidade de Machacalis e Região. Através da primeira semente, que foi a realização da I Feira de Artesanato e Agricultur Familiar de Machacalis e Região, a qual foi contemplada via edital no ano de 2009, onde envolveram-se os diversos dos seguimentos da economia solidária. As associações e os sindicatos juntamente com outros parceiros como IDENE, SEBRAE, FETAE-MG, EMATER, FUNASA e Gestores Municipais, iniciaram uma rede de cooperação visando o desenvolvimento do setor na microrregião.

Com os resultados significativos que a feira trouxe mais o apoio que o pequeno produtor rural tem recebido através de iniciativas como o PCPR que vem oportunizando com assistência técnica e investimento no setor para que estes produtores possam cada vez mais produzir produtos de qualidade e ao mesmo tempo expandir para outras zonas de comércio através de cooperativas.

É sabido que a Economia Solidária é uma forma de produção, consumo e distribuição de riqueza (economia) centrada na valorização do ser humano - e não do capital - de base associativista e cooperativista, voltada para a produção, consumo e comercialização de bens e serviços, de modo autogerido, tendo como finalidade a reprodução ampliada da vida. Assim, nesta economia, o trabalho se transforma num meio de libertação humana dentro de um processo de democratização econômica, criando uma alternativa à dimensão alienante e assalariada das relações do trabalho capitalista.

Os participantes apontaram que os envolvidos com a economia solidaria em nossa comunidade têm desenvolvido suas ações de maneira tímida ainda. Desde o ano de 2009 tem sido realizado um trabalho de mobilização e concientização para a importância da economia solidária para os pequenos produtores rurais e artesãos, informando que esta é uma forma de geração de renda para os mesmos, pois o tema tem sido muito focado pelos governos para fortalecer o homem do campo. De acordo o escopo das diretrizes da comissão organizadora nacional para a implementação das plenarias locais e estadual que visa o debate de propostas com três eixos de suma importância que atendam: orientação política do movimento, orientação das ações do movimento e organicidade do movimento, que levam a formatar uma contribuição para consolidação do movimento da economia solidaria, além disso contribuir para o processo de extruturação e organização do Fórum Brasileiro de Economia Solidária. No decorrer da 1a Plenária da Economia Solidaria Territorial Setorizada do Vale do Mucuri foi apresentado pelos organizadores uma descrição sobre a importância da participação e mobilização da comunidade para com o tema da economia solidaria em nossa região. A comissão organizadora juntamente com os participantes indicou os pontos a serem aprofundados para a V Plenária, levando para a mesma as nossas sugestões de acordo a nossa realidade local que ficou assim determinado:

a) Sustentabilidade: Investimento junto ao homem do campo e urbano, para que os mesmos sejam capacitados para produzirem de forma sustentável e com responsabilidade.

b) Autogestão e autonomia: Que o governo federal e outros entes que apóiam a economia solidaria possam criar mecanismos para investimentos junto a cadeia produtiva "Agricultor Familiar, Artesãos, Quilombolas e Silviculas" através da oferta de recursos financeiros e de equipamentos para que os mesmos possam ser independentes e com autonomia econômica.

c) Economia popular: Fomentar e implementar ações para a edificação da enconomia solidaria e popular em Machacalis e Região. Criação de uma rede de microempreendedores individuais e também o fortalecimento das associações e cooperativas para ampliar a rede de negócios voltado para os indivíduos que atuam com a economia solidaria e popular de Machacalis e Região.

d) Emancipação econômica e política dos Empreendimentos de Economia Solidaria: Com o advento da realização da I Feira de Artesanato e Agricultura Familiar de Machacalis e Região, que abriu um grande leque de oportunidades para os pequenos empreendedores apresentarem seus produtos, solicitamos que seja levado em pauta na V Plenária Nacional a disponibilidade para a realização da feira na cidade de Machacalis e Região. Solicitamos também que seja colocado em pauta a criação de um edital para aquisição de equipamentos para o fortalecimento da economia solidaria local. Que seja levado também em pauta a criação de um centro de comercialização e capacitação na cidade de Machacalis para atender toda a demanda das cidades circunvizinhas "Machacalis, Bertopolis, Umburatiba, Santa Helena de Minas, Fronteiras do Vales, Comunidade Indigena Maxakali do Pradinho e Agua Boa, Comunidade Quilombola de Fronteiras dos Vales, bem como todas as zonas rurais dos municipios supramencionados".

e) Território e Territorialidade: Articular e promover a criação de um território setorizado da região do Vale do Mucuri, compreendendo os municipios Machacalis, Bertopolis, Umburatiba, Santa Helena de Minas, Fronteiras do Vales, Comunidade Indigena Maxakali do Pradinho e Agua Boa, Comunidade Quilombola de Fronteiras dos Vales para ampliar o projeto de acesso as politicas públicas de economia solidaria da Região.

f) Diversidades: Nossa Região tem uma especificidade com relação as diversidades. É sabido que em nosso território temos 02 reservas indígenas da etnia Maxakali, "os quais participaram efetivamente da I Feira de Artesanato e Agricultura Familiar de Machacalis e Região". Além disso temos também 03 comunidades quilombolas. Queremos levar em pauta na V Plenária Nacional que o Governo Federal através do FBES a implementação de projetos e programas para o fortalecimento da etnia dos indios Maxakali e dos quilombolas, na área da economia solidaria.

g) Cidadania, organização da sociedade e relação entre o movimento de Economia Solidária e o Estado: Gostaríamos que levassem em pauta durante a V plenária a criação de um artigo para lei da economia solidaria obrigando o Estado e a União a se comprometerem para com o desenvolvimento de políticas públicas voltados a economia solidaria. Fortalecer os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, CONSEA, FETAEMG, CONTAG, SENAR, SEBRAE, IDENE, e vários outros atores que atuam para o bom desenvolvimento da economia solidaria. Gostaríamos também que o FBES possa fomentar e implementar plenárias setorizadas dando apoio in loco para o fortalecimento do tem em nosso País.



Maranhão realiza a primeira plenária estadual rumo à V Plenária Nacional de Economia Solidária

July 22, 2012 21:00, by Unknown - 0no comments yet

Por Secretaria Executiva do FBES

Image

São Luiz do Maranhão é a sede da primeira Plenária Estadual rumo à V Plenária Nacional de Economia Solidária, que se inicia hoje (23) até quarta-feira (25).

A plenária estadual foi antecedida pela realização de cinco plenárias territoriais no Maranhão, quando foram escolhidos os representantes e realizado o balanço da economia solidária a partir das experiências locais. Agora, o foco dos debates é a orientação política e aspectos sobre a organicidade, além da retirada de representantes para a Plenária Nacional.

A partir de uma articulação do Fórum Estadual Maranhense, a plenária estadual ocorre junto com o evento "Ciência, Cultura e Saberes Tradicionais para enfrentar a pobreza" da SBPC (Sociedade Brasileiro para o Progresso da Ciência). Durante os eventos também ocorrerá uma Feira de Economia Solidária.



Prorrogado prazo para realização de plenárias estaduais

July 18, 2012 21:00, by Unknown - 0no comments yet

Por Comissão Organizadora Nacional

Image

A Comissão Organizadora Nacional no objetivo de orientar e facilitar o processo da V Plenária Nacional de Economia Solidária complementa orientações, os destaques são:

* Plenárias Estaduais poderão ser realizadas até 18 de setembro de 2012

* Solicitação de transmissão online das Plenárias Estaduais

* Orientação para realização de plenárias temáticas municipais e estaduais

Acesse as todo o conteúdo das orientações complementares em: http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=1582&Itemid=99999999

Acesse as agendas das Plenárias Estaduais em: http://cirandas.net/v-plenaria-nacional-de-economia-solidaria/agendas-das-plenarias-locais-estaduais-tematicas-de-balanco-e-nacional



Prorrogado o prazo para realização de plenárias estaduais

July 18, 2012 21:00, by Unknown - 0no comments yet

Por Comissão Organizadora Nacional

Image

A Comissão Organizadora Nacional no objetivo de orientar e facilitar o processo da V Plenária Nacional de Economia Solidária complementa orientações, os destaques são:

* Plenárias Estaduais poderão ser realizadas até 18 de setembro de 2012

* Solicitação de transmissão online das Plenárias Estaduais

* Orientação para realização de plenárias temáticas municipais e estaduais

Acesse as todo o conteúdo das orientações complementares em: http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=1582&Itemid=99999999

Acesse as agendas das Plenárias Estaduais em: http://cirandas.net/v-plenaria-nacional-de-economia-solidaria/agendas-das-plenarias-locais-estaduais-tematicas-de-balanco-e-nacional