Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto

Comunidade de Cirandeiras e Cirandeiros

Voltar a Empreendimentos cirandeiros
Tela cheia

1ª Reunião de Empreendimentos Solidários Cirandeiros - 10 de junho de 2013

31 de Julho de 2013, 9:37 , por Daniel Tygel - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 260 vezes
Conversa entre empreendimentos sobre o CIRANDAS
10/06/2013
- Apresentação participantes
  • Daniel - EITA, Caldas, Minas Gerais
  • Mario Sergio - Art Gravatá, Gravatá/ PE
  • Rosangela - Grupo Mãos Unidas, São Lepoldo/RS
  • Luciano di Fant - Ass. Mulheres da Vida, BH/ MG
  • Andrea Mendes - Casa de Criola, Porto Velho/ RO
  • Rosana Kirsch - EITA, São Leopoldo, RS
  • Cida Reis - MCG Eventos e Buffet, Santo André, SP
  • Fernando - Ponto de Apoio Cirandas, Santo André, SP
  • Rosana Pontes - Artana e UNEES, Recife, PE
  • Edileuza - MAESOL, São Paulo
- Introdução
Daniel apresenta o Cirandas e a EITA.
- Reunião:
    . Maiores dificuldades no uso do Cirandas, em especial para utilizar o site do empreendimento
    . Ideias para o Cirandas melhorar e contribuir cada vez mais com a economia solidária
Relato das falas dos empreendimentos presentes:
Mario Sergio: 
Art Gravatá, desde 2008 no Cirandas. Usava outra ferramenta que saiu do ar sem aviso.
Achou que o Cirandas é muito prático. Começou a explorar mais o Cirandas e começou a dar retorno. 
Havia duas lojas da Art Gravatá que fecharam e as vendas tem sido pela internet. 
A Art Gravatá tem uma página na internet tb, em flash, feita pelos estudantes. Ajuda a ser localizado, mas não ajuda a vender.
O Cirandas mexe diretamente, com o cesto de compras melhorou muito para o empreendimento. Tem sido importante para as vendas da Art Gravatá. 
As vendas algumas vezes são pequenas, o frete às vezes é muito alto.
O cálculo do frete não tem como fazer na hora.
Conversou com Caio/ EITA, e algumas mudanças que precisava que fossem feitas, a EITA já fez. Inclusive falou com o Caio para algumas questões de programação do site feito pelos estudantes.
É uma plataforma grande, o Cirandas. Mexo muito no empreendimento, mas tem muita coisa no Cirandas que não mexo. Não mexo muito no meu perfil.
Rosana:
  • Estamos tentando divulgar o uso do cirandas.
  • Estão dialogando com CRC do Marista para fazer formação.
  • Para adicionar os produtos está lento.
  • Para divulgação, estamos tentando fazer acordos para fazer oficinas de formação.
Daniel
  • É melhor falar do Cirandas, usando o Cirandas. Sugestão: no caso de Pernambuco, é perguntar quem quer ter um site na internet? É como um facebook, email... um espaço na internet. A aprendizagem sobre o uso do Cirandas, acontece usando mesmo aos poucos.
  • No caso dos produtos, no Cirandas se coloca qualificadores sobre o produto e também se abre o preço: quanto que foi para cada item que compõe o produto.
Rosangela
  • Cadastrar o produto: dificuldade. Na classificação, nos perdemos um pouco. Para fazer o cálculo do produto, algumas integrantes do grupo faziam de cabeça. Tenho tentando ajudar.
  • A gente começou a entender o Cirandas só quando começamos a usar.
  • Faz parte da comunicação do Fórum de São Leopoldo. O Cirandas facilitou para postar as fotos.
  • Somos um grupo de mulheres que faz artesanato e alimentação. É um grupo antigo, tínhamos o produto, mas não tínhamos condições de participar de feiras. Começamos com 14 mulheres.
  • Temos uma página na internet e temos usado diretamente o Cirandas. (Daniel: dá para associar a página do grupo já ser o Cirandas, basta falar para a EITA).
  • Estamos mexendo no Cirandas, mas é tudo novo.
  • O Fórum está no face, tem blog.
  • No RS, estamos reintroduzindo as frutas nativas. Queremos colocar geleias, compotas... 
Edileuza
  • Tiveram dificuldade com a apresentação dos produtos, mas já colocamos uma nota na página do Cirandas.
Luciano
  • Tinha dificuldade na hora da inscrição. Estamos desde 2008 cadastrados como Mulheres da Vila. Tive de fazer a inscrição com o meu nome e não como o nome do grupo.
  • Seria melhor se fosse diretamente a página do Mulheres da Vila e não via usuário pessoa.
  • Para adicionar os produtos, seria melhor que desse para colocar mais fotos (Daniel mostra a página da Bem Arte Moda, que tem várias fotos). Luciano coloca, que então não tem este problema.
  • Tem tantas coisas na vida da gente, mas o segredo é saber as chaves para utilizar menos tempo possível.
  • Na comercialização, na página inicial tem a cesta, como funciona? (Daniel: ao finalizar a compra, o cliente informa seus dados. O Cirandas envia um email para o cliente e para o empreendimento. O Cirandas é um sistema de pedidos, a conclusão da compra é pelo telefone, email...Para ativar o cesto: gerenciar empreendimento, vai em cesto de compra e clica em Habilitar Cesto de Compras. No caso da entrega, é preciso informar se faz a entrega, se tem ponto de entrega...).
  • Está tendo muito movimento via Cirandas? Daniel: Ainda não temos este tipo de relatório. é uma sugestão que Cida deu.
Daniel
  • As categorias são importantes para uma facilidade que o Cirandas terá de encontrar fornecedores de insumos/ matérias-primas.
  • No caso dos produtos que já estão na página por causa do mapeamento, sugestão é de retirá-los e colocar os produtos que existem hoje, separados, com fotos e utilizando os qualificadores que estão à direita.
  • Cirandas vai permitir mais adiante, que além de colocar o preço em real, também poderá colocar em moeda local.
Andrea
  • Acha importante o que Rosana colocou, sobre uso de muito tempo para fazer upload, a proposta de ter o relatório de vendas e o esclarecimento sobre o cesto.
  • É possível usar a cesta e ele não ficar habilitado para produtos não disponíveis?
  • Numa próxima reunião, trazer o que está disponível no Cirandas.
Ideias
  • Cálculo automático do frete via CEP, no cesto de compras
  • Adicionar ícones diferentes no menu da esquerda, como por exemplo facebook, youtube, twitter, etc
  • Adicionar pagseguro ou moip ou paypal para o pagamento (ecomércio) 
  • {esclarecimento EITA: há questões jurídicas para inserir isto e é uma definição a ser feita pelo FBES}
  • Informações sobre volume de vendas. Quanto tem sido vendido pelo Cirandas? Relatórios - isso incentivaria o uso da ferramenta.
  • Aproveitar as atividades do CFES para os cirandeiros fazerem atividades formativas, tanto para empreendimentos poderem usar a ferramenta, como para possíveis clientes saberem usar a ferramenta. Isso geraria maior confiança no uso da ferramenta e na divulgação.
  • Permitir mais fotos para um mesmo produto
  • Periodicamente fazer uma pergunta aos empreendimentos no Cirandas para ter noção dos fluxos de venda que acontecem no Cirandas.
  • Cesto deve estar desabilitado para os produtos não disponíveis
  • Na próxima reunião dar algumas dicas sobre Cirandas.
  • Participantes verem as páginas uns dos outros.
  • Formação sobre composição de preço
  • Permitir integração de pagseguro/moip/paypal do empreendimento com o cesto de compras
Dificuldades
  • Mário mexe pouco no perfil pessoal
  • MCG: Tempo para se dedicar ao Cirandas
  • Adicionar os produtos ainda está um pouco trabalhoso, pois tem que classificar cada um
  • Cadastrar os produtos é muito trabalhoso
  • Mulheres da Vila teve dificuldade de fazer a inscrição
  • Confusão: confundir usuário individual com o empreendimento?
  • Habilitar o cesto de compras

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar