Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Economia Solidária
Tela cheia Sugerir um artigo

Rio de Janeiro divulga sua carta política da plenária estadual

1 de Julho de 2013, 21:00 , por Sérgio Trindade - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 235 vezes

Aos companheiros e companheiras do movimento de Economia Solidária do Brasil e do mundo,

Na perspectiva de organicidade, o movimento de Economia Solidária do Estado do Rio de Janeiro defende a sustentabilidade nas dimensões social, cultural, económica, ambiental e política prezando os valores da solidariedade e cooperação em busca do bem viver. O movimento pauta-se pelos princípios da auto gestão e da autonomia em relação sua organização interna, com o estabelecimento das parcerias com o poder público e entidades sociais. Sendo assim, busca-se a emancipação económica e política através da articulação de redes e cadeias com estímulo ao consumo consciente e comercio justo, fortalecendo e ampliando os espaços solidários.

Na sua relação com o Estado busca-se:

A concretiza??o do marco legal, fortalecendo as ações voltadas a aprovação da Lei Nacional de Economia Solidária;

A criação de conselhos deliberativos de economia solidária, nas esferas federal, estadual e municipal, constituindo e gerindo seus respectivos fundos, prescindindo de assessorias técnicas;

Propor a regulamentação dos instrumentos de finanças solidárias tais como, os fundos rotativos, os banco comunitários, cooperativas de créditos, etc.;

Criar mecanismos para as compras governamentais de produtos e serviços dos EES, semelhantes ao instrumento usado pelo governo federal na aquisição de produtos da agricultura familiar.

Propor que as instâncias públicas desenvolvam as ações através de unidades administrativas intersetoriais;

Desenvolver estratégias de aproximação dos jovens bem como da economia popular, através de metodologias participativas, do uso das mídias (impressa e digital), de manifestações artísticas e redes sociais, disseminando os valores e princípios da economia solidária.

Pretende-se ampliar a articulação política com diferentes movimentos sociais e com os movimentos de economia solidária a nível internacional, dando ênfase a América Latina, tendo as questões de género, raça e etnia e a diversidade como temas estruturantes.

Temos como ações estruturantes do movimento:

Promover a emancipação económica dos EES;

Consolidar a educação popular como opção metodológica no processo de formação em Economia Solidária;

Propor a inclusão da disciplina Economia Solidária nos planos curriculares e pedagógicos;

Visibilizar e valorizar o trabalho realizado pelas mulheres nos EES;

Buscar formas de facilitar o acesso dos EES as politicas públicas ;

Criar mecanismos para que os EES tenham formao para elaborao de projetos para capta??o de recursos e acesso ao SICONV;

Defender a garantia do fluxo de comunica??o entre o FBES e a Secretaria Executiva do FCP (Fórum de Cooperativismo Popular) com o compromisso de repasse das informações aos fóruns municipais e a rede virtual dos empreendimentos económicos;

Criar novos critérios que reconheçam o papel dos fóruns locais nos editais das chamadas públicas de fomento ? Economia Solidária. Na elaboração dos referidos editais, as entidades que se candidatarem aos mesmos, devem ser referendadas pelos fóruns do movimento de Economia Solidária do Estado do Rio de Janeiro em todas as suas instâncias e com paridade nas comissões de avaliação da execução dos projetos de Economia Solidária;

Criação de Centros de Referência de Economia Solidária que tenham como objetivo promover e fomentar o movimento, bem como criar a Secretaria Estadual de Economia Solidária.

O Rio de Janeiro reafirma a Economia Solidária como um movimento social contra hegemônico que acredita num novo modelo de desenvolvimento social e económico e entende que o FBES é uma representação da organicidade dos setores organizados da Economia Solidária.

Baixe a carta em: http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=1691&Itemid=99999999 Veja a ata da Plenária Estadual em: http://www.fbes.org.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=1692&Itemid=99999999


0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar