Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Algumas Não Convencionais na Cesta de Produtos da Época

28 de Julho de 2015, 18:34 , por Guandu - Rede de consumo - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 325 vezes

Esta semana, na Cesta de Produtos da Época, algumas plantas não convencionais!

Além da mandioca, da couve, dos tomatinhos, da salsinha e do manjericão, a Dona Lourdes e a Thais colocaram: Mentruz (ou Mastruz), Serralha e Trevo.

A Serralha, parente selvagem da alface

Originária da Europa, a serralha (Sonchus oleraceus L.) se espalhou por todo o mundo adaptando-se muito bem a diferentes climas, inclusive ao clima brasileiro. Suas folhas são muito similares ao dente-de-leão, que também é comestível. A planta apresenta um látex que não é tóxico mas que pode causar coceiras. Quando consumida na primavera apresenta um leve amargor, semelhante ao da chicória e da alface que são da mesma família, as Asteraceae.

Assim como o dente-de-leão, pode ser utilizada para o bom funcionamento do fígado e vesículas, para curar diarreias, como depurativo e como digestivo. Sendo assim, seu consumo está normalmente associado a comidas de lenta digestão como feijão e carnes. É rica nas vitaminas A, B e C, cálcio e ferro.

A melhor época de cultivo é entre o inverno e a primavera. Pode ser semeada em sulcos, com dez centímetros de distância entre cada uma.

Por ter um gosto levemente amargo, para a oficina de degustação, acomodamos a serralha na forma de patê, misturando com requeijão e temperos.

O mastruço, uma erva medicinal nativa

Popularmente conhecida como menstruço (Coronopus didymus L. Smith), é uma planta originária da América do Sul, muito comum no Brasil. Erva anual, rasteira, ela gosta de solos úmidos.

Conhecido também por suas propriedades medicinais, o mastruço quando fervido em água e posto em contato com ferimentos, revela-se um excelente cicatrizante. Quando ingerido na forma de infusão é muito indicado para tosses e tem efeito expectorante. Na forma de salada, é eficiente para o tratamento de infecções urinárias, problemas de estômago e fraturas ósseas. Pode ser consumido como salada e no feijão para temperar o caldo, substituindo, por exemplo, a salsinha. Seu gosto é parecido com o agrião.

Trevo ou Azedinha

Existem centenas de espécies de Oxalis, também chamado de falso trevo. Podem ser consumidos em salada ou ainda preparar geléias com suas flores.


Fonte: http://terramater.org.br/guandu/?p=1316

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar