Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia

Livros

17 de Maio de 2016, 16:36 , por Débora Nunes - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1086 vezes

 

“Atores engajados da economia solidária, empreendedores prontos para mudar o olhar sobre a economia e sobre o mundo, usuários de moedas sociais, adeptos das trocas de bens e das trocas de saberes, atores da rede cidades em transição, moradores de ecobairros e de ecovilas, membros de alianças cidadãs de todos os gêneros, fóruns sociais de diversos horizontes, pactos de associações e de cidadãos, grupos informais de cidadãos que se sufocam sob o jugo de uma sociedade com prazo de validade vencido, políticos prontos a correr os riscos de saírem da lógica partidária, criativos culturais, cooperadores de todos os países: uni-vos!”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Eis finalmente um manual de incubação de cooperativas populares,a completo, oferecendo uma ampla visão histórica do projeto socialista, que hoje se consubstancia cada vez mais na economia solidária, um histórico do ressurgimento desta última, a partir da globalização elvagem, possibilitada pelo triunfo do neoliberalismo. A abordagem histórica é sempre a mais didática por oferecer uma visão abrangente do encadeamento de causas e efeitos e por isso serve como introdução indispensável à compreensão do papel singular que a economia solidária desempenha no panorama de crise que envolve a esquerda hoje em dia, em quase todos os países.”    

(Da apresentação de PAUL SINGER)

 

 

 

 

 

 

Sobriedade feliz capa pequena

 Este texto inspirador, que tem a largueza do mundo e a singeleza do cotidiano, origina-se em uma palestra realizada pelo filósofo francês Patrick Viveret. O desafio de ser feliz com simplicidade, em conexão construtiva e criativa consigo mesmo, com os outros e com a Natureza, é o seu objeto. Este mesmo objetivo é vislumbrado na rede de eventos intitulada “Dialogues en humanité”, da qual Patrick Viveret é co-fundador e que pode ser conhecida no site http://dialoguesenhumanite.org/ Patrick Viveret foi Conselheiro do Tribunal de Contas do governo francês e relator da missão governamental “Novos fatores de riqueza”, encomendada pela Delegação Interministerial para a Inovação e a Economia Social.  Esta pesquisa deu origem ao livro “Reconsiderar a riqueza”, que tornou Patrick Viveret um intelectual de renome na França e na Europa. Além de autor de diversos livros, Patrick Viveret é um filósofo engajado nas causas das transformações pessoais e sociais e ativista em diversas instituições e publicações. 

 
 
 

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar