Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

UFRB divulga processo seletivo para professor substituto do CETENS

29 de Novembro de 2017, 10:34, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) que trata da contratação de professor substituto para o Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS) em Feira de Santana. É ofertada apenas uma vaga na área de Engenharia.

As inscrições podem ser realizadas até 13 de dezembro, nos dias úteis deste período e nos horários das 08h30 às 11h30 e das 14h às 17h, no Prédio da Gerência Técnica Administrativa do Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade localizado na Avenida Centenário, Nº 697, SIM – Feira de Santana.

O valor da inscrição é R$ 60,00. O Guia de Recolhimento da União (GRU) para pagamento e o requerimento de inscrição estão disponíveis online no site de Concurso da UFRB.

Só poderão se inscrever candidatos brasileiros (natos ou naturalizados) ou estrangeiros com visto permanente, desde que os candidatos não tenham sido professores substitutos em Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) ou que não tenham trabalhado, com contrato temporário, em outro órgão federal, nos últimos 24 (vinte e quatro) meses, anteriores à data deste Edital.

O resultado do processo seletivo será divulgado até o dia 21 de dezembro.

Confira:

Edital nº 27/2017

Publicação no DOU



Editora UFRB lança e-book "O Serviço de Psicologia na Universidade"

29 de Novembro de 2017, 10:01, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Editora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (EDUFRB) está disponibilizando, gratuitamente, o e-book "O Serviço de Psicologia na Universidade", organizado pelas pesquisadoras Suely Aires e Sayuri Kuratani, coordenadora do Serviço de Psicologia da UFRB e psicóloga da UFRB, respectivamente.

O livro tem 240 páginas divididas em duas seções “Reflexões” e “Práticas”. Nele, os dezenove autores traçam um panorama a partir do curso de Psicologia iniciado há 11 anos e do Serviço de Psicologia da UFRB, iniciado há 6, que mantém suas atividades junto à comunidade interna e externa, empenhando-se no respeito à singularidade e à diversidade cultural, história e política de nossa população.

O livro "O Serviço de Psicologia na Universidade" é uma coletânea que surgiu da necessidade de questionar as ações realizadas no Serviço de Psicologia da UFRB em sua relação com a formação em Psicologia, considerando a viabilidade, a efetividade e os impasses das práticas desenvolvidas em um serviço que funciona como campo de estágio para estudantes e que oferta atendimento psicológico à comunidade.

Os artigos que integram o e-book foram escritos pelos pesquisadores Fernanda Lago Borges, Larissa Muniz Ribeiro, Sayuri Kuratani, Ângela Vorcaro, Suely Aires, Ana Laura Pepe, Marta Alfano, Virginia Teles Carneiro, Silmara Bergamo Marques, Juliana Augusta Soares, Ana Lúcia Barreto da Fonseca, Kamila Michele Marques Lopes, Dóris Firmino Rabelo, Roberval Passos de Oliveira, Fabíola Marinho Costa, Geremias Soares dos Santos, Maria Cláudia Mota Barreto, Mislane Santos de Andrade e Mayara Martha Gomes.

O livro pode ser lido na íntegra.

Editora UFRB

A EDUFRB existe desde 2010 com os objetivos de regular e produzir as múltiplas edições de livros no âmbito da Universidade, intensificar o intercâmbio com instituições congêneres, incentivar e promover a publicação cientifica, técnica, didática e artísticas da UFRB. Outros e-books estão disponíveis gratuitamente. Confira as obras disponíveis no site da EDUFRB.



Editora UFRB e SEAD lançam e-book "O Serviço de Psicologia na Universidade"

29 de Novembro de 2017, 10:01, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Editora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (EDUFRB) em parceria com a Superintendência de Educação Aberta e a Distância (SEAD) está disponibilizando, gratuitamente, o e-book "O Serviço de Psicologia na Universidade", organizado pelas pesquisadoras Suely Aires e Sayuri Kuratani, coordenadora do Serviço de Psicologia da UFRB e psicóloga da UFRB, respectivamente.

O livro tem 240 páginas divididas em duas seções “Reflexões” e “Práticas”. Nele, os dezenove autores traçam um panorama a partir do curso de Psicologia iniciado há 11 anos e do Serviço de Psicologia da UFRB, iniciado há 6, que mantém suas atividades junto à comunidade interna e externa, empenhando-se no respeito à singularidade e à diversidade cultural, história e política de nossa população.

O livro O Serviço de Psicologia na Universidade é uma coletânea que surgiu da necessidade de questionar as ações realizadas no Serviço de Psicologia da UFRB em sua relação com a formação em Psicologia, considerando a viabilidade, a efetividade e os impasses das práticas desenvolvidas em um serviço que funciona como campo de estágio para estudantes e que oferta atendimento psicológico à comunidade.

Os artigos que integram o e-book foram escritos pelos pesquisadores Fernanda Lago Borges, Larissa Muniz Ribeiro, Sayuri Kuratani, Ângela Vorcaro, Suely Aires, Ana Laura Pepe, Marta Alfano, Virginia Teles Carneiro, Silmara Bergamo Marques, Juliana Augusta Soares, Ana Lúcia Barreto da Fonseca, Kamila Michele Marques Lopes, Dóris Firmino Rabelo, Roberval Passos de Oliveira, Fabíola Marinho Costa, Geremias Soares dos Santos, Maria Cláudia Mota Barreto, Mislane Santos de Andrade e Mayara Martha Gomes.

O livro pode ser lido na íntegra.

Editora UFRB

A EDUFRB existe desde 2010 com os objetivos de regular e produzir as múltiplas edições de livros no âmbito da Universidade, intensificar o intercâmbio com instituições congêneres, incentivar e promover a publicação cientifica, técnica, didática e artísticas da UFRB. Outros e-books estão disponíveis gratuitamente. Confira as obras disponíveis no site da EDUFRB.



Palestra de professor surdo e negro abre Fórum 20 de Novembro em Feira de Santana

28 de Novembro de 2017, 19:21, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

O “III Fórum 20 de Novembro do CETENS/UFRB”, Campus Feira de Santana, foi aberto com uma palestra do professor surdo Albery Pires França Vasconcelos, 44 anos, militante das causas dos surdos e negros, por inclusão social, através da educação pública. Albery é graduado em Serviço Social, especialista em Libras, professor em três instituições e técnico administrativo na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

O “III Fórum 20 de Novembro do CETENS/UFRB” integra a programação do XI Fórum Pró-Igualdade Racial e Inclusão Social do Recôncavo, cujo objetivo é promover e possibilitar ações que provoquem a sociedade a conhecer, refletir e discutir, as políticas afirmativas e as práticas de promoção da equidade.

O evento em Feira de Santana aberto hoje (28), pela manhã, na Tenda Sertão Preto montada no interior do Campus da UFRB, e integrada com outras atividades paralelas, atraiu a atenção e a participação de professores, técnicos administrativos e alunos da UFRB; de alunos e professores do CEACM e do Instituto Federal da Bahia, Campus Feira de Santana, bem como pessoas da comunidade.

Na palestra “O Espaço do negro na Universidade”, relatada por uma intérprete em libras, Albery Vasconcelos destacou que a cultura dos surdos é visual e relatou suas dificuldades para vencer as barreiras educacionais ao longo de sua vida e inserção no mercado de trabalho.

Albery refletiu os avanços na área educacional para inclusão das pessoas com deficiência a partir de leis de definição de cotas, reserva de vagas e criação de cursos de Libras em universidades públicas, dentre elas, a UFRB.

Segundo ele, “antes os jovens negros tinham que titular-se em redes particulares de ensino superior, obtendo diplomas desvalorizados no mercado de trabalho” e que essa realidade começou a mudar com a política de expansão do ensino superior, a partir de 2003.

Albery defendeu que as universidades tenham mais vagas para negros e surdos, como instrumento de inclusão social e de perspectiva de melhores oportunidades de trabalho.

A pró-reitora de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis, professora Maria Goretti da Fonseca palestrou em seguida sobre o perfil do discente da UFRB. Segundo os dados apresentados, a UFRB é predominantemente feminina: 63,80%.

A pró-reitora fixou os dados no Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS). 59,01% do total de alunos são mulheres. Entre os alunos, 93,75% se autodeclaram negros – a média nacional é 47,57%. 84,80% dos alunos são oriundos de escolas públicas, destes 53% ingressaram por ampla concorrência.

“O CETENS reproduz a UFRB no geral, é uma universidade de mulher negra, de baixa renda”, disse a pró-reitora, para quem, isso demonstra a efetividade de uma política de inclusão social que tem dado certo nos territórios em que a UFRB está implantada.

Mesa de abertura – Antes da palestras de Albery e de Maria Goretti, o evento foi aberto com a composição da mesa de honra, da qual participaram o reitor, professor Silvio Luiz de Oliveira Soglia; a pró-reitora Maria Goretti; a diretora do CETENS, professora Susana Couto Pimentel; a professora Ana Paulo Inácio Diório, coordenadora de Extensão Universitária da Pró-Reitoria de Extensão; e o coordenador da CINOVA, professor Paulo José Lima Juiz, representante da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, Criação e Inovação.

A programação do evento em Feira de Santana segue até quinta-feira, dia 30.

Veja o vídeo da abertura:

Veja fotos da abertura do evento:

{gallery}noticias2017/forum-cetens{/gallery}



IGC 4 confirma qualidade do ensino de graduação e pós-graduação da UFRB

28 de Novembro de 2017, 11:59, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) manteve a nota 4 na avaliação do Índice Geral de Cursos (IGC), realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). Os indicadores de qualidade da educação superior 2016 foram divulgados, nesta segunda-feira, dia 27, e confirmam a qualidade do ensino de graduação e pós-graduação da UFRB, numa escala em que a nota máxima a ser alcançada é 5.

Para o cálculo do IGC 2016 na UFRB, foram utilizados dados referentes aos cursos de graduação em Agronomia, Medicina Veterinária, Enfermagem, Serviço Social, Zootecnia e Nutrição, além da média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu, a partir de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Os cursos da UFRB de graduação em Medicina Veterinária, Enfermagem e Nutrição obtiveram nota 4 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), sendo que o curso de Medicina Veterinária alcançou também nota 4 no Conceito Preliminar de Curso (CPC), indicador de qualidade que avalia os cursos de graduação. Os demais cursos avaliados foram Agronomia, Zootecnia e Serviço Social, que obtiveram nota 3 nas duas avaliações.

Cálculos - O cálculo do IGC é realizado anualmente e considera a média dos dados do CPC do último triênio, a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu, e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.

Já o cálculo do CPC tem por base a avaliação de desempenho de estudantes, por meio do Enade; o valor agregado pelo processo formativo, a partir do Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD); as características do corpo docente, por meio do censo da educação superior; e as condições oferecidas para o desenvolvimento do processo formativo, a partir do Questionário do Estudante.

Indicadores de qualidade - Atualmente, além do CPC e do IGC, o Inep calcula dois outros indicadores: Conceito Enade (CE) e Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD). Os resultados do CE e do IDD relativos a 2016 já haviam sido divulgados pelo Inep em setembro deste ano.

Acesse os resultados:

Índice Geral de Cursos 2016

Conceito Preliminar de Curso 2016

Conceito Enade 2016

Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado 2016



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres