Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

SEAD oferta cinco cursos de Educação Continuada EAD sem tutoria

29 de Setembro de 2015, 18:10, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Superintendência de Educação Aberta e a Distância (SEAD) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio de seu Núcleo de Educação Continuada, informa que estão abertas as inscrições on-line de cinco cursos de Educação Continuada EAD sem tutoria. Os cursos são gratuitos e abertos a comunidade interna e externa da UFRB.

"Estes cursos possuem a flexibilidade da educação a distância e permitem ao participante estudar no horário que desejar dentro do período estabelecido. Como são cursos de curta duração, também tornam possível uma capacitação pontual com a vantagem de contar com a qualidade e respaldo acadêmico da UFRB", decalara o professor do Núcleo de Educação Continuada da SEAD, Eniel Santo. Os cursos ofertados são:

a) Introdução a Conferência Web RNP: software da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) com salas virtuais para reuniões, disponíveis para uso em computadores, tablets e smartphones. É destinado às pessoas que possuem acesso ao sistema Conferência Web RNP. Após o cadastro do curso, o participante possui até 15 dias para a sua finalização. Carga horária: 20h;
b) Curso Básico de Prezi: plataforma de apresentações dinâmicas de trabalhos acadêmicos e/ou profissionais. O curso apresenta noções básicas para a criação de apresentações como cadastro na plataforma, inserção de conteúdo e sua organização. Com carga horária 20h, o curso terá turmas abertas mensalmente. É necessário se inscrever nas datas de 01 a 07 de cada mês;
c) Moodle para Professores e Tutores EaD, com carga horária de 34h, tem como objetivo habilitar professores e tutores na utilização das potencialidades pedagógicas da plataforma Moodle em cursos ou disciplinas presenciais, semipresenciais ou a distância;
d) Planejamento, Avaliação e Fundamentos da EaD, com carga horária de 51h, propõe a compreensão dos fundamentos da educação a distância a fim de planejar e introduzir uma prática consistente de avaliação processual nesta modalidade de ensino;
e) Leitura e Produção de Textos Acadêmicos: o curso aborda temáticas relacionadas com a leitura, escrita, normas ABNT e formatação dos gêneros acadêmicos mais utilizados: resumo, resenha, artigo e monografia. Após o cadastro no curso, o participante possui até 60 dias para a sua finalização. Carga horária: 68h.

Os cursos não possuem o acompanhamento de tutores ou professores e o objetivo é promover a educação continuada para interessados em aprofundar-se em um tópico específico, visando aprimorar sua formação. Os três cursos disponíveis fornecem certificados aos participantes que concluírem com aproveitamento de 70%. Para se inscrever, os interessados devem acessar a página Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da UFRB. As vagas são ilimitadas.

Mais informações: SEAD/UFRB
Link para inscrições: ava.academico.ufrb.edu.br
Contato: sead@ufrb.edu.br/ (75) 3621 6922

 



Propaae divulga nota técnica sobre apoio à apresentação de trabalhos

29 de Setembro de 2015, 13:31, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Pró-reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (PROPAAE) divulga nota técnica em virtude da impossibilidade de atender o Edital Nº 08/2015, que versa sobre o apoio à apresentação de trabalhos científicos e/ou tecnológicos. De acordo com a nota, o período de greve não permitiu o recebimento das propostas, a análise dos dados e a divulgação dos resultados por parte da equipe da PROPAAE. Portanto, o referido Edital está anulado a partir desta data.

Deste modo, os discentes interessados em solicitar o auxílio devem, com 25 dias de antecedência da data do evento, apresentar proposta pessoalmente na PROPAAE, através de requerimento.

Confira a Nota Técnica N° 01/2015.



CCAAB realiza I Curso de Tratorista da UFRB

28 de Setembro de 2015, 14:43, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

O Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia realizou, entre os dias 16 e 18 de setembro, o I Curso de Tratorista da UFRB. O curso foi direcionado à comunidade externa e contou com a participação de agricultores do Recôncavo e de outras regiões da Bahia.

Foram abordados, na programação, os conteúdos teóricos: motor de combustão interna e trator como fonte de potência, tipos de tratores e aplicações, manutenção e segurança no uso do trator, máquinas para o preparo do solo e aplicação de corretivos fertilizantes, máquinas para a semeadura e plantio. Já as aulas práticas trataram de operação, manutenção e segurança no uso do trator; regulagem e operação de implementos de semeadura e plantio, de cultivadores e pulverizadores e de colhedora de grãos.

As aulas práticas e teóricas foram ministradas por professores e alunos da UFRB. Segundo a coordenação, o objetivo do I Curso de Tratorista foi o de transmitir conhecimentos técnicos de máquinas e equipamentos, tendo em vista sua correta seleção e utilização com respeito às regras de segurança, saúde no trabalho e no ambiente. 

Para o assessor especial para Projetos Estratégicos e coordenador do trabalho, Geraldo Costa, o curso de Tratorista é uma forma de desenvolver extensão promovendo trabalhos diretos com as comunidades. “Esse curso está em consonância com os objetivos da UFRB, realizando uma interface do mundo acadêmico com as comunidades em torno da instituição. Além disso, é uma oportunidade para estudantes e professores exercitarem suas habilidades e conhecimentos”, afirma.  

Confira as fotos do evento:

{gallery}noticias2015/curso_tratorista{/gallery}       



UFRB participa de reunião do comitê gestor da agricultura familiar no Recôncavo

25 de Setembro de 2015, 14:07, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

O reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Silvio Soglia, reuniu-se com representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) do Estado da Bahia para instalação do comitê gestor do termo de cooperação técnica e científica para o fortalecimento da agricultura familiar no Território do Recôncavo. A reunião ocorreu na sede da Embrapa Mandioca e Fruticultura, em Cruz das almas, e estabeleceu os pontos iniciais de ação do projeto.

Estavam presentes os professores Alexandre Almassy e Aelson de Almeida e o aluno Vanderson Santos da UFRB. Além deles, participaram da reunião Wilson Dias e João Carlos Silva da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR); Orlando Pereira Filho, Coordenador de Pesquisa, Inovação e Extensão Tecnológica (Cepex/SDR); Célia Tavares do Serviço Territorial de Apoio a Agricultura Familiar (SETAF); Glória Neiva e Rosana Vieira do Codeter Recôncavo e Ananias Viana do Conselho Quilombola da Bacia e Vale do Iguape.

O termo de cooperação foi assinado no dia 27 de agosto e tem como objetivo fortalecer a agricultura familiar na região. A UFRB vai participar através de equipes de estudantes e professores realizando diagnósticos e caracterização das propriedades de pequenos agricultores do recôncavo. “A Universidade vai realizar a caracterização das comunidades. Os dados e as pesquisas vão servir de base para implantação de ações adequadas a cada localidade pelo Projeto Bahia Produtiva, do Governo do Estado”, afirma o reitor Silvio Soglia.

O diretor presidente da CAR, Wilson Dias, revela que inicialmente serão contempladas cerca de 3600 famílias nos municípios de Governador Mangabeira, Cruz das Almas e Sapeaçu. ”Aqui se instalou um comitê técnico para construir planos de trabalho a fim de responder a investimentos nas cadeias produtivas da mandioca e da fruticultura do recôncavo. Vamos também prover investimentos do projeto Bahia produtiva para agroindústrias relacionados a essas cadeias produtivas”, disse Dias.

Para Orlando Pereira, do Cepex, o fundamental do projeto é juntar ensino, pesquisa e assistência técnica para construir uma metodologia para organizar a agricultura familiar no recôncavo. “Vamos realizar a universalização da regularização fundiária e dos cadastros ambientais de cada propriedade e município. Também serão instaladas 12 agroindústrias de mandioca e fruticultura, distribuídas de maneira igualitária entre elas. Além disso, será instalada uma propriedade referência em cada cidade para implantação e difusão de tecnologias”, explica.    



UFRB firma parcerias para desenvolver projetos sobre pesca artesanal

23 de Setembro de 2015, 12:48, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) firmou, no mês de agosto, uma parceria com a Organização não Governamental (ONG) RARE Brasil para implantar o “Programa Pesca para Sempre Brasil” nas reservas extrativistas marinhas da Baía do Iguape, no Recôncavo e de Canavieiras, no Sul do estado. O projeto visa garantir a sustentabilidade dos recursos pesqueiros nas comunidades de pescadores artesanais e também conta com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e da Fundação Vovó do Mangue.  

A UFRB foi representada pelos professores Moacyr Serafim e Marcelo Freitas, ligados ao colegiado do curso de Engenharia de Pesca da instituição. Segundo o Serafim, o projeto contemplará cerca de trinta famílias de pescadores das comunidades de Capanema e Baixão do Guaí e pretende avaliar a captura por unidade de esforço (CPUE), o desembarque total anual espécies de moluscos bivalves, o preço pago aos pescadores e os custos e lucros diários da pesca da ostra nativa e lambreta. “Também vamos gerar dados sobre a biomassa e a diversidade de moluscos nas Áreas de Direito de Uso Territorial da Pesca (DUTEPE) e nas Áreas Sem Pesca (ASP)”, acrescenta.  

Na Baía do Iaguape, o projeto é coordenado pelo professor Moacyr Serafim com a participação dos professores Norma Barreto, Soraia Barreto, Carla Macedo, Clóvis Pereira e Renato de Almeida. Serafim acredita que o programa será importante para o desenvolvimento de pesquisas sobre a pesca artesanal no litoral da Bahia. “O programa também vai garantir a sustentabilidade dos recursos pesqueiros através do manejo adequado e alternativas como a ostreicultura (cultivo de ostras nativas) para as famílias contempladas”, revela.

RARE – É uma organização internacional com sede nos Estados Unidos e concentra-se nas experiências exitosas em conservação — esforços bem-sucedidos que merecem ser replicados. Ao longo das últimas décadas, a RARE vem demonstrando uma metodologia que adota soluções localmente empreendidas repetindo-as em outras comunidades espalhadas pelo mundo. Este modelo replicável permitiu à RARE transformar a mudança local em impacto global.



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres