Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Reitor analisa conceito de qualidade nas avaliações e rankings universitários em artigo na Folha de S. Paulo

30 de Setembro de 2013, 13:58, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Paulo Gabriel Soledade Nacif, analisa o conceito de qualidade nas avaliações e rankings universitários em artigo da Folha de S. Paulo, em 30 de setembro de 2013. Leia abaixo texto na íntegra:

OUSAR NO CONCEITO DE QUALIDADE
Paulo Gabriel Soledade Nacif

Apesar de todas as críticas possíveis, não podemos esquecer que as universidades são públicas ou atuam, quando privadas, sob concessão do Estado brasileiro.

É, portanto, legítimo que a sociedade tenha referências de qualidade sobre as instituições que mantém. Ademais, tais informações são importantes para ações de políticas públicas, de regulação do Estado.

A grande questão nas avaliações e em rankings é justamente a delimitação de critérios, ou seja, para hierarquizar, precisamos expor quais as epistemes que nos guiam.

É necessária a exposição de um conceito de universidade. No caso do Ranking Universitário Folha (RUF), esse conceito baseia-se no modelo hegemônico e, felizmente, incontornável de universidade científico-tecnológica.

No entanto, a universidade não pode ser apenas isso. Ainda é contemporânea a preocupação de Alceu Amoroso Lima, que considerava insuficiente a educação ou formação profissional que faz a pessoa ser apenas uma expert em conhecimentos.

O conceito compreendido pelo RUF é muito óbvio e pouco colabora com o debate necessário ao país. Afinal, podemos falar em um conceito de universidade brasileira? O que há da experiência mais singular da universidade brasileira no RUF? Atrevo-me a responder: quase nada!

Qualquer universidade, conceitualmente, deve ter na pesquisa a sua ação basilar e, nesse aspecto, talvez os 40 pontos (em 100), destinados à pesquisa no RUF, sejam até poucos. Vale ressaltar que não é aí que está a questão, inclusive porque a simplificação conceitual da universidade que preocupa ocorre efetivamente nos outros parâmetros!

Será que não precisamos ousar sobre aquilo que tão ardentemente defendemos como "qualidade"? Pensar no conceito de universidade não deve significar também uma colaboração efetiva com a formação geral dos nossos estudantes?

A universidade precisa ir além de preparar o que William Zinsser chamou de "bárbaros altamente qualificados". Qual o posicionamento das universidades brasileiras quanto ao recente comportamento dos nossos médicos em relação a colegas estrangeiros? Não há uma dimensão de formação acadêmica nessa questão? A consideração mais aprofundada da avaliação da formação geral presente no Enade pode contribuir para a análise de uma instituição universitária?

A busca por inserir os seus alunos na diversidade territorial brasileira não deve ser referência de qualidade, que se soma aos conceitos emitidos pela área de recursos humanos de grandes empresas, como usa o RUF? Afinal, a busca de reconhecimento das diversidades étnico-racial, geracional e de gênero não deveria ser parâmetro de qualidade em um país como o Brasil, com feridas sociais tão doídas e abertas?

Qual é a nossa opinião sincera sobre o preceito constitucional da extensão como pilar fundamental da universidade brasileira?

Não podemos esquecer que, ao determinarmos parâmetros de avaliações ou rankings, estamos também estabelecendo para a sociedade o conceito de universidade brasileira! Ao que parece, estamos nos distanciando, para o bem e para o mal, daquilo que sonhou gente como Darcy Ribeiro e Anísio Teixeira.

PAULO GABRIEL SOLEDADE NACIF, 49, engenheiro agrônomo e doutor em solos, é reitor da UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia)

Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2013/09/1349055-paulo-gabriel-soledade-nacif-ousar-no-conceito-de-qualidade.shtml

 



UFRB empossa diretores dos novos campi de Feira de Santana e Santo Amaro

30 de Setembro de 2013, 13:19, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

{youtube}jmBZ5dYh0_U{/youtube}Tomaram posse nesta sexta-feira, dia 27, os diretores dos novos campi da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em Feira de Santana e Santo Amaro. Situadas a 108 e 72 quilômetros de Salvador, respectivamente, as cidades passam a abrigar o Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS) e o Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT).

A professora Tatiana Velloso foi conduzida ao cargo de diretora pro tempore do CETENS pelo reitor Paulo Gabriel Nacif. Emocionado, ele não poupou elogios à nova diretora que, em sua opinião, representa um exemplo de luta pela transformação social. “Sempre que a vejo, lembro da frase de Paulo Freire: ‘aos esfarrapados do mundo e aos que neles se descobrem e, assim, descobrindo-se, com eles sofrem, mas, sobretudo, com eles lutam’”, disse, expressando toda a sua admiração.

Em seu discurso, a nova diretora agradeceu a confiança da reitoria da UFRB e o apoio dos colegas que ajudaram no processo de construção do projeto do CETENS. “Este centro nasce tendo como missão a produção de conhecimento a partir da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão universitária, para que contribua no desafio da questão energética e do semiárido, com matrizes sustentáveis”, afirmou Tatiana, logo em seguida acrescentando: “daqui sairão profissionais com formação cidadã e relação humana com o meio ambiente”.

A cerimônia de posse aconteceu às 10h, no campus provisório da UFRB em Feira de Santana, localizado no prédio do Instituto de Educação e Desenvolvimento (Ined). Estiveram presentes pró-reitores, diretores dos centros de ensino e membros da comunidade local. O coordenador executivo de Ensino Superior da Bahia, professor Nildon Pitombo, representou o Governo do Estado. Dentre as demais autoridades políticas, o deputado federal Zezéu Ribeiro, o deputado estadual Zé Neto e a prefeita da cidade de Valença Jucélia do Nascimento.

UFRB em Santo Amaro

Na segunda cerimônia do dia, o professor Danillo Barata foi conduzido ao cargo de diretor pro tempore do CECULT. A posse teve início às 16h, na sede do Teatro Dona Canô, em Santo Amaro. O reitor Paulo Gabriel Nacif presidiu a solenidade, que contou com as presenças do prefeito Ricardo Machado, do secretário municipal de Cultura Rodrigo Veloso e de representantes do movimento “Para ser do Recôncavo, a UFRB tem que estar em Santo Amaro”.

O diretor empossado lembrou a luta de 191 anos pela conquista de uma universidade federal em Santo Amaro, já reivindicada na Ata da Vereação de 14 de junho de 1822, e prevista desde o projeto original da UFRB. “Essa cidade é tão generosa que naquela época já pedia uma universidade pro Brasil e tão acolhedora que no primeiro debate que tivemos para trazer a UFRB para cá foram duas mil pessoas para a praça”, lembrou Barata. “Espero que, em breve, possamos ter aqui dois mil alunos para ficar à altura daqueles que pediram a universidade do Recôncavo”.

Barata explicou que o CECULT vai discutir o campo da cultura como um tripé: a cultura cidadã, simbólica e, sobretudo, econômica. “Precisamos produzir bens simbólicos com valor agregado, a partir daquilo que o baiano tem de melhor que é a sua criatividade”, defendeu. Com a alusão à capacidade criativa do povo baiano, o reitor lembrou a filha ilustre da cidade e aproveitou para agradecer sua luta pela UFRB em Santo Amaro. “Dona Canô, em si, tem toda representação simbólica do Recôncavo. Tenho certeza que ela está aqui nesse momento feliz”, disse.

No encerramento, os presentes fizeram uma visita ao campus provisório da UFRB em Santo Amaro, localizado na Escola Araújo Pinho. O reitor da UFRB, o prefeito da cidade e o diretor do CECULT participaram do ato simbólico de inauguração da sede do novo centro de ensino.  

Confira fotos da posse em Feira de Santana:

{gallery}noticias2013/posse-cetens{/gallery} 

Confira fotos da posse em Santo Amaro:

{gallery}noticias2013/posse-cecult{/gallery}

 



Reitor garante apoio ao combate da violência de gênero e homofobia na UFRB

26 de Setembro de 2013, 16:44, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 25, o reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Paulo Gabriel Nacif, recebeu representantes do Núcleo de Gênero, Diversidade Sexual e Educação da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis e do Núcleo Capitu de Ensino, Pesquisa e Extensão em Gênero, Diversidade e Sexualidade. Na oportunidade, os grupos reivindicaram e garantiram apoio institucional ao combate da violência de gênero e homofobia no âmbito da universidade.

Representados pela professora Ana Cristina Givigi e discentes da UFRB, os Núcleos entregaram ao reitor um relatório contendo denúncias de abusos, violências físicas e verbais contra gays, lésbicas, mulheres heterossexuais e pessoas transgenêros dentro e fora da universidade. “Somos todos ameaçados e violados junto com esses alunos. A reitoria não pode fazer tudo sozinha, mas podemos fazer isso juntos na medida em que tivermos condições estruturais e políticas”, ponderou Ana Cristina.

A estudante do Centro de Formação de Professores e 1ª Diretora LGBT da União Nacional dos Estudantes (UNE), Larissa Passos, afirmou a necessidade de a universidade criar políticas que se comprometam com a luta contra a violência de gênero. Para o presidente da Associação dos Professores Universitários do Recôncavo (APUR), David Teixeira, que também participou da reunião, as denúncias do relatório precisam ser tratadas do ponto de vista emergencial. O professor defende que seja garantido o direito de igualdade no tratamento de todos.

Após as falas, o reitor Paulo Gabriel Nacif anunciou algumas providências para garantir, o mais rápido possível, o direito ao nome social às pessoas transgêneros, bem como oferecer cursos sobre a temática no Plano Anual de Capacitação e Aperfeiçoamento dos Servidores Técnico-Administrativos (PACAP), melhor estruturar os Núcleos sobre diversidade sexual, promover debates formativos por meio de estudiosos de gênero e sexualidade, combater a evasão de alunos LGBT por meio do Programa de Promoção do Sucesso Acadêmico e publicar uma cartilha educativa sobre a universidade e a homofobia.

Ao final, o reitor frisou a importância do diálogo com o Movimento LGBT para a consolidação da universidade: “É um movimento fundamental para consolidar a UFRB. Nós precisamos dialogar, não podemos formar bárbaros qualificados”, defendeu Nacif.

Com informações da Ascom/APUR.

 



UFRB lança edital para apoio a realização de eventos por proponentes discentes

26 de Setembro de 2013, 13:47, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Pró-Reitoria de Extensão (PROEXT) e Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (PROPAAE), torna público o edital para apoio a eventos acadêmicos propostos por discentes. Serão financiadas 26 propostas de evento acadêmico, podendo haver mais de 26 propostas classificadas. O prazo para submissão de propostas vai até às 23h59 do dia 24 de outubro.

Podem submeter propostas apenas estudantes regularmente matriculados em cursos da UFRB. Os eventos submetidos devem ocorrer entre janeiro e dezembro de 2014 no âmbito desta instituição de ensino. As propostas devem ser apresentadas em formulário próprio disponível no site da PROEXT e encaminhadas, exclusivamente, para o e-mail editaisproextufrb@gmail.com. No ato do envio, o remetente receberá uma mensagem automática de resposta confirmando a submissão da proposta.

Cada proponente pode apresentar apenas uma proposta de evento acadêmico, o que não impede que o mesmo seja membro da equipe organizadora de outro evento submetido. As propostas deferidas serão avaliadas e classificadas em ordem decrescente. Para as propostas contempladas, serão financiadas apenas as despesas com diárias, passagens aéreas, materiais de consumo, serviços de terceiro/pessoa física e serviços de terceiro/pessoa jurídica. As informações e resultados da seleção serão divulgados nos sites da PROPAAE e da PROEXT.

Edital Nº 03/2013 – Apoio a Eventos Discentes

Formulário proposta Edital de Eventos - Discentes

Esclarecimentos Edital de Apoio a Eventos - Discentes

 



Edital da UFRB seleciona estudantes dos cursos de licenciatura para PIBID

25 de Setembro de 2013, 17:23, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) torna pública a abertura de processo seletivo de estudantes para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). Será ofertada uma bolsa de iniciação à docência para estudantes do curso de Licenciatura em Educação Física do Centro de Formação de Professores -campus Amargosa, além de constituir um quadro de reserva para o subprojeto em Educação Física.

Dentre as exigências listadas no edital de seleção, podem se inscrever estudantes regularmente matriculados em um dos cursos de Licenciatura da UFRB abrangidos pelo PIBID, cursando no máximo o 6º semestre e ter disponibilidade para dedicar no mínimo 12 horas semanais às atividades do programa. As bolsas serão concedidas pelo MEC/CAPES/FNDE e terão vigência de três meses. O valor mensal individual é de R$ 400.

Os interessados podem se inscrever no período de 30 de setembro a 1º de outubro, das 8h às 12h e das 14h às 17h, no Núcleo Acadêmico do Centro de Formação de Professores, situado à Avenida Nestor de Melo Pita, 535, Centro, Amargosa (BA), no prédio do Pavilhão de Aulas. No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar a documentação exigida em edital.

A seleção dos candidatos será feita em duas etapas. Na primeira etapa (eliminatória), serão analisados a Homologação das Inscrições, o Histórico Escolar e a Carta de Motivação. Serão classificados para a segunda etapa os candidatos que obtiverem, pelo menos, 70% de aproveitamento na avaliação preliminar. A segunda etapa (classificatória) será constituída por uma entrevista, a ser realizada no dia 04 de outubro.

O resultado final será publicado no dia 07 de outubro, no âmbito do CFP. Os bolsistas selecionados poderão atuar por meio de atividades propostas especificamente por cada área/licenciatura, nas unidades de ensino Centro Territorial de Educação Profissional do Vale do Jiquiriçá e Colégio Estadual Pedro Calmon, ambas localizadas no município de Amargosa.

Sobre o PIBID

O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência é um programa instituído pelo Ministério da Educação (MEC) no âmbito da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) cujo objetivo é fomentar as atividades de iniciação à docência, visando a melhoria da qualidade dos cursos de licenciatura das Instituições Federais de Ensino.

Confira o Edital Nº 23/2013 - PIBID.

Mais informações www.ufrb.edu.br/pibid



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres