Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

UFRB manifesta pesar pelo falecimento do professor Edgar Santos Filho

27 de Abril de 2017, 23:27, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do professor Edgar Santos Filho, lotado no Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB).

Professor Edgar era agrônomo e atuou na área de fitopatologia agrícola na Escola de Agronomia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e na UFRB. Além de docente, também foi auditor fiscal na Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA/MAPA), chefe do Departamento de Desenvolvimento Agrário, chefe do Serviço de Defesa Vegetal e Superintendente Federal de Agricultura da Bahia.

O sepultamento do professor Edgar ocorre nesta sexta-feira, 28 de abril, à tarde, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador.

Ao registrarmos nossas condolências, manifestamos apoio e solidariedade aos amigos e familiares.



Herbário da UFRB participa de pesquisa sobre a flora da região amazônica

26 de Abril de 2017, 19:26, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

Herbário do Recôncavo da Bahia (HURB/UFRB) colaborou em uma pesquisa que objetiva revelar espécies, algumas em risco de extinção, na Serra de Carajás no sudeste do Pará. A pesquisa reúne 74 botânicos de 22 instituições do país e do exterior na sistematização da flora e contou com a participação da curadora do Herbário da UFRB, professora Lidyanne Aona do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB), especialista na Commelinaceae (família de monocotiledôneas).

A docente realizou a descrição de nove espécies ocorrentes em Carajás e contou com a colaboração de Grênivel Costa, servidor biólogo do HURB, para monografar a família da planta em parceria com a professora Maria do Carmo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O estudo foi publicado no artigo "Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Commelinaceae".

Segundo Aona, o Herbário tem um papel relevante na pesquisa. "Todos os trabalhos de sistemática vegetal são aparados pelo Herbário, sendo ele o depositário desse material para posterior estudo”, explica.

O servidor Grenivel conta que além da pesquisa descrever as espécies, elas são ilustradas por meio de uma chave de identificação que é feita para auxiliar os pesquisadores que forem trabalhar com a pesquisa no futuro através da mesma base de dados. “Esse estudo foi realizado com rapidez por conta de um bom esforço de coleta nas áreas da Serra. E nesse sentido, um herbário é muito importante para realizar a documentação da flora da região. Os herbários que tinham coletas de Carajás, encaminharam as amostras pra diversos herbários pelo país, incluindo o nosso. Conhecer a flora de um local é fundamental para pensar em políticas de conservação, e no caso de Carajás, pode ser útil para a recuperação de áreas impactadas pela mineração”, comenta.

O grupo de pesquisadores descreveu 600 espécies, entre samambaias, musgos e flores. O estudo, parceria do Museu Paraense Emílio Goeldi e do Instituto Tecnológico Vale (ITV), será publicado em três volumes da Rodriguésia, prestigiada publicação do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. O primeiro, lançado em março, descreveu 235 espécies.

A Floresta Nacional de Carajás tem 400 mil hectares. Entre 2% e 3% da região é de cangas. O Museu Goeldi fez as primeiras pesquisas sobre as plantas locais nos anos de 1970, no início da mineração em Carajás. Nos afloramentos de minério de ferro, onde não crescem árvores, pesquisadores iniciaram a coleta de pequenas plantas que recobriam a região. Já em 2015, botânicos voltaram às áreas de canga para nova coleta sistemática.

Conheça mais sobre o Herbário UFRB.



UFRB convoca estudantes sujeitos ao cancelamento de matrícula em 2016.1

26 de Abril de 2017, 12:23, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Superintendência de Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC), convoca os estudantes sujeitos ao cancelamento de matrícula para que regularizem sua situação acadêmica.

Edital de Convocação de Alunos Sujeitos ao Cancelamento de Matrícula 2016.1 foi divulgado pela SURRAC nesta terça-feira, 25 de abril. A convocação é referente aos alunos atingidos pelo art. 65 do Regulamento de Ensino de Graduação da UFRB, que podem ter a sua matrícula cancelada na instituição.

Caso queira permanecer na Universidade, o estudante interessado deverá instruir Processo de Permanência no Curso nos Núcleos Acadêmicos dos Centros de Ensino apresentando defesa, acompanhado das provas que dispuser. Prazo: 

- 17/10/2017: prazo final para envio dos processos à SURRAC.

Conforme o lançamento de notas finais do período 2016.1, outros alunos, que não constam neste edital poderão passar a estarem sujeitos ao cancelamento, sendo devidamente notificados através da matrícula Web ou Presencial e deverão instruir processo de Permanência de Curso, conforme o edital.

Dúvidas sobre a convocação podem ser encaminhadas aos Núcleos Acadêmicos dos Centros de Ensino nos seguintes e-mails:

CCAAB - [email protected]

CETEC - [email protected]

CAHL - [email protected]

CFP -  [email protected]

CCS - [email protected]

CETENS - [email protected]

CECULT - [email protected]

Mais informações: www.ufrb.edu.br/surrac



UFRB divulga nota sobre Lista de Espera e Cadastro Seletivo 2017.1

24 de Abril de 2017, 19:35, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

Em razão de problemas técnicos, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio de sua Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), publicou uma Nota de Esclarecimento na qual comunica o adiamento do lançamento do Edital e cronograma do Cadastro Seletivo e Lista de Espera SISU Edição 2017.1.

Na ocasião, a PROGRAD informa ainda que assim que solucionado o entrave técnico em questão, será divulgado o edital com o respectivo cronograma.

Confira a nota oficial na íntegra.

Confira a Lista de Espera 2017.1.

Mais informações: www.ufrb.edu.br/prosel.



UFRB lança guia e jogos de tabuleiro voltados para comunidade acadêmica

20 de Abril de 2017, 13:00, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

{youtube}8g1SKAmx80g{/youtube}

A alegria de ingressar numa universidade muitas vezes vem acompanhada pela ansiedade em se ambientar a um novo cenário, novos colegas e outro ritmo de estudos. O estudante que acessa o Ensino Superior adquire maior autonomia, mas também responsabilidades. Para encarar esses primeiros passos com mais informação, a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio de sua Pró-Reitoria de Graduação, lançou nesta quarta-feira, dia 19, o Guia Viver UFRB.

Disponível no formato eletrônico, o Guia Viver UFRB pode ser acessado no endereço www.ufrb.edu.br/guiaufrb ou pelo Portal UFRB, no link Destaques. Nele, o estudante encontra informações rápidas e úteis para facilitar sua vida acadêmica. É possível acessar informações sobre programas de extensão, oportunidades de estágio, assistência estudantil, empréstimos na biblioteca, transporte intercampi, calendário acadêmico, cursos a distância e um “SOS” para dúvidas sobre outros espaços de atuação na universidade.

A pró-reitora de Graduação, Rita Dias, ressaltou a relevância dessa ação para a política de ensino da UFRB. “Isso reflete o que vimos defendendo como um dos pilares de nossa instituição, que é o de assegurar a permanência qualificada dos nossos estudantes e o seu êxito acadêmico, aqui entendido não apenas como o sucesso que se manifesta quantitativamente por meio de notas e avaliações, mas que ele tenha uma vivência acadêmica acolhedora e promotora das diferentes capacidades e competências técnico-científicas e humanas”, disse.

O Guia Viver UFRB substitui o Manual do Aluno no formato impresso, com objetivo de sanar limitações de circulação e acesso e dando continuidade ao projeto de sustentabilidade da UFRB. Outra novidade é que, além do site, há também a versão do aplicativo, disponível para smartphones com sistema Android na Google Play Store, sobre o título “Viver Universidade”. Trata-se de uma ação do Núcleo de Ensino, Integração e Êxito Acadêmico da PROGRAD, em parceria com a Superintendência de Educação Aberta e a Distância (SEAD).

Jogos de Tabuleiro - Na oportunidade do lançamento do Guia, a PROGRAD e a SEAD também apresentaram à comunidade acadêmica os jogos de tabuleiro, produzidos pelo Grupo de Tecnologia Engenharia, Robótica e Física (GTERF), que é formado por discentes e docentes da UFRB. Cada Centro de Ensino receberá um kit contendo 10 jogos, sendo eles Xadrez, Tangram, Dominó, Jogo da Velha, Trilhas, Torres de Hanói, Damas, Ludo, Ípsilon e Vektor.

O objetivo é promover momentos de entretenimento, estimular a interação social e o  desenvolvimento de funções ligadas às dimensões cognitivas, como explicou a pró-reitora Rita Dias. “O estudante passa boa parte de seu dia nas dependências da instituição. Essa é uma maneira de integrar a formação que já se faz em sala de aula. Os jogos de tabuleiro são jogos de desafio, que promovem um incremento na capacidade reflexiva, na inventividade e no raciocínio lógico”, destacou.

O reitor Silvio Soglia parabenizou todos os envolvidos e destacou que a iniciativa demonstra a capacidade de reação, de trabalho e de criatividade das equipes técnicas da UFRB para superar o atual momento que vive a universidade pública. “Estamos falando da atualização de um Guia para uma linguagem digital que hoje é fundamental para o diálogo com a nossa juventude. Por outro lado, estamos falando do resgate de jogos tradicionais, que vão estimular o contato e o convívio entre as pessoas”, disse.

Os jogos de tabuleiro também podem ser usados pelos servidores técnicos e docentes da UFRB. Cada Centro de Ensino terá autonomia para definir a unidade que será responsável pela guarda e mecanismo de empréstimo. 

Confira as fotos do lançamento:

{gallery}noticias2017/lancamento-guia-jogos{/gallery}



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres