Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Programa Saberes Abertos aborda Projeto Kefir do Recôncavo

21 de Junho de 2017, 16:55, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Superintendência de Educação Aberta e a Distância (SEAD), lançou o quarto vídeo do projeto de extensão “Saberes Abertos”. A iniciativa objetiva apresentar perfis e entrevistas que articulem o campo da comunicação e da educação, promovendo difusão de conhecimento e a exposição dos objetos de estudos de professores e pesquisadores da UFRB. 

O professor Ferlando Santos do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFRB foi o entrevistado da edição. Ferlando é professor do programa de pós-graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (PROFNIT) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). No vídeo, o docente apresenta sua atuação no campo de Biotecnologia de Alimentos, com ênfase em Microbiologia de Alimento nos seguintes temas: Inovação Tecnológica, Desenvolvimento de produtos e Alimentos Funcionais (Probióticos e Kefir). 

O pesquisador coordena o Laboratório de Probióticos do CCS do projeto Kefir do Recôncavo e lidera o grupo de pesquisa no CNPq: Bioprodutos e processos aplicados à nutrição humana (BIONUTRI). Ferlando é também avaliador do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP/MEC) e faz parte da Comissão Editorial das revistas: Cadernos de Prospecção, Diálogos & Ciência, Uniciências e da Revista Brasileira de Nutrição e Saúde e Interfaces Científicas - Saúde e Ambiente.

Assista

 



Núcleo de Estudos da UFRB divulga Coleção sobre cultura Afro-brasileira e Indígena

20 de Junho de 2017, 16:56, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (NEAB-UFRB) lançou no final de 2016 a Coleção UNIAFRO – NEAB. A coleção reúne 22 obras, organizadas por pesquisadores de diversos estados e países, cujo tema central baseia-se no cumprimento da Lei nº 11.645 - que torna obrigatório o ensino de História, Cultura Afro-brasileira e Indígena nas escolas de educação básica.

Os livros incluem autores de diversas instituições de ensino nacionais e internacionais. A publicação foi uma parceria da Editora  da UFRB com a Editora Fino fino Traço de Belo Horizonte-MG. Segundo o professor Antonio Liberac, um dos organizadores da coleção, “A  coleção é uma conquista dos movimentos negros e indígenas brasileiros”, destaca.

Histórico - O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros do Recôncavo da Bahia (NEAB – Recôncavo), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) surgiu no ano de 2006, a partir das ações do Grupo de Pesquisa NEAB-Recôncavo (CNPq) e do Núcleo de Diversidade, Educação e Cultura (NUDEC), da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (UFRB).

A partir daí foram incrementadas as ações relativas à consolidação do grupo, no que concerne à infraestrutura, adesão de novos pesquisadores e elaboração de diversos trabalhos vinculados às linhas de pesquisa: “Comunidades Negras Rurais”, “Educação e Relações Interétnicas”, “Escravidão e Pós-Abolição”, “Saúde das Populações Negras”, “Gênero e Raça” e “Cultura Negra”.

Em tais linhas são desenvolvidas diversas atividades de iniciação científica, de trabalhos de conclusão de curso, eventos científicos, projetos de extensão, projetos de pós- graduação, incluindo o Curso de Especialização lato sensu em História da África, da Cultura Negra e do Negro no Brasil, voltado para a formação de profissionais das instituições de ensino público das redes municipais e estaduais da Bahia (SECADI/MEC/FNDE) e o Mestrado Profissional em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas (CAPES).

Segundo Liberac, esse processo de institucionalização e produção acadêmica possibilitou a participação do NEAB-Recôncavo no edital do Programa UNIAFRO, da Secretaria de Ensino Continuado, Alfabetização e Inclusão do Ministério da Educação. A coleção foi concebida priorizando a publicação de coletâneas e envolve uma grande rede de pesquisadores brasileiros e estrangeiros filiados a diversas instituições de ensino superior e fundações culturais, oferecendo vasto material para professores e pesquisadores, em variadas abordagens disciplinares, objetivando a implantação da Lei n.º 11.645 de 2008.

Conheça mais da Coleção Uniafro na Biblioteca Virtual do Estado da Bahia



ENADE 2017: edital com prazos e informações para o exame é publicado

20 de Junho de 2017, 8:54, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou nesta segunda-feira, 19, no Diário Oficial da União (DOU), o edital do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017. É a primeira vez que o Enade tem um edital com as diretrizes, os procedimentos e os prazos do exame. O Enade 2017 será realizado em 26 de novembro, em todo o Brasil.

Juntamente com o edital foram abertos os prazos de enquadramento e inscrição. Os coordenadores de cursos devem fazer as inscrições dos estudantes irregulares de anos anteriores e dos estudantes ingressantes regulares entre 19 de junho e 11 de agosto. Eles também são responsáveis pela inscrição dos estudantes concluintes regulares. Nesse caso, a inscrição vai de 10 de julho a 11 de agosto.

A principal novidade do Enade 2017 é a participação do estudante no processo de inscrição. Até a edição de 2016, os coordenadores de cursos inscreviam todos os estudantes, sendo responsáveis por informar, inclusive, suas necessidades de atendimento especializado e específico, além de dados pessoais. Em 2017, a inscrição continua sendo responsabilidade do coordenador, mas cada estudante deverá realizar seu cadastro, informando suas especificidades.

O cadastro dos estudantes concluintes regulares será realizado entre 14 de agosto e 26 de novembro, às 23h59 (Horário de Brasília). O estudante que cursa mais de uma graduação também deverá escolher em que curso quer ser avaliado durante o cadastro. Até a última edição, essa escolha era feita no dia da prova. As solicitações de atendimento especializado e específico serão feitas entre 14 de agosto e 3 de setembro, também pelo estudante.

O Enade 2017 é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e é composto por uma prova para avaliação individual de desempenho do estudante e um questionário do estudante. De acordo com a legislação, devem ser inscritos no exame os estudantes dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes dos cursos avaliados na edição, bem como estudantes irregulares. No histórico escolar do estudante ficará registrada a situação de regularidade em relação à obrigação de participação do Enade.

Confira o cronograma completo do Enade 2017

Ação

Responsável

Período

Enquadramento dos cursos

Procurador Educacional Institucional

19 de junho a 11 de agosto

Inscrições dos estudantes irregulares de anos anteriores

Coordenador do curso

19 de junho a 11 de agosto

Inscrições dos estudantes ingressantes regulares

Coordenador do curso

19 de junho a 11 de agosto

Inscrições dos estudantes concluintes regulares

Coordenador do curso

10 de julho a 11 de agosto

Retificação de enquadramento e inscrições intempestivas

Procurador Educacional Institucional

14 a 25 de agosto

Cadastro dos estudantes concluintes regulares

Estudante

14 de agosto a 26 de novembro

Solicitação de atendimento especializado e/ou específico

Estudante

14 de agosto a 3 de setembro

Preenchimento do questionário do estudante

Estudante

28 de agosto a 26 de novembro

Divulgação dos locais de prova

Inep

13 de novembro

Preenchimento do questionário do coordenador de curso

Coordenador do curso

27 de novembro a 8 de dezembro

Divulgação da relação de estudantes em situação regular (previsão)

Inep

20 de dezembro

Período de solicitação de dispensa pela instituição

Coordenador do curso

22 de dezembro a 31 de janeiro de 2018

Período de solicitação de dispensa pelo Inep

Coordenador do curso

5 a 23 de fevereiro 2018

 

Enade 2017 – Nesta edição, o Enade vai avaliar aos estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de: arquitetura e urbanismo, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia de alimentos, engenharia de computação, engenharia de controle e automação, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia florestal, engenharia mecânica, engenharia química, engenharia e sistemas de informação; dos cursos que conferem diploma de bacharel e licenciatura nas áreas de ciência da computação, ciências biológicas, ciências sociais, filosofia, física, geografia, história, letras-português, matemática e química; dos cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de artes visuais, educação física, letras-português e espanhol, letras-português e inglês, letras-inglês, música e pedagogia; e dos cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de análise e desenvolvimento de sistemas, gestão da produção industrial, redes de computadores e gestão da tecnologia da informação.

Leia o edital

Faça a inscrição

Fonte: Assessoria de Comunicação Social/MEC



PROGRAD informa sobre Programa Andifes-Santander de Mobilidade Acadêmica

19 de Junho de 2017, 11:28, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) informa à comunidade acadêmica que não haverá a disponibilização das bolsas referentes ao Convênio Andifes-Santander de Mobilidade Acadêmica no semestre letivo 2017.1, pelos motivos explicitados a seguir:

1. O Edital PROGRAD nº 08/2017 - Processo Seletivo para Bolsistas do Programa Andifes-Santander de Mobilidade Acadêmica não registrou inscrições;

2. Pelo Ofício Circular-SE/Andifes nº 092/2017, a UFRB tem o prazo até 31 de julho de 2017 para envio das informações dos bolsistas selecionados via edital para o Programa Andifes-Santander de Mobilidade Acadêmica;

3. As bolsas referentes ao Programa Andifes-Santander de Mobilidade Acadêmica terão pagamento da primeira parcela a partir do mês de agosto e o semestre letivo na UFRB encerra-se em setembro, gerando inconsistência entre as datas do Calendário Acadêmico da UFRB e o Calendário Andifes de pagamento de bolsas.

Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com o Núcleo de Gestão de Programas e Projetos (NUPROP) da PROGRAD, pelo número (75) 3621-9214.

Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD
Núcleo de Gestão de Programas e Projetos - NUPROP



Pesquisa de percepção avalia perfil empreendedor das universidades brasileiras

19 de Junho de 2017, 10:24, por UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0sem comentários ainda

A Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior) lança o Índice Universidades Empreendedoras 2017. O projeto tem como objetivo principal identificar as práticas e iniciativas empreendedoras das Instituições de Ensino Superior (IES). A elaboração deste índice, com apoio do Ministério da Educação (MEC), conta com a participação de todos os estados do país e mais de 80 universidades nesta edição.

Elaborada por quatro organizações estudantis, Rede Ciências sem Fronteiras (CsF), Associação Brasileira de Estudantes (AIESEC), Brasa (Brazilian Student Association), e a Entrepreneurial Action Us (Enactus), a construção do conceito de Universidade Empreendedora foi desenvolvida por meio de uma pesquisa on-line destinada ao público universitário. Podem participar alunos e ex-alunos das instituições.

Os eixos que são mapeados em cada universidade são: cultura empreendedora, inovação, extensão, capital financeiro, internacionalização e infraestrutura. Os estudantes avaliam as oportunidades que são dadas a eles e quais são os potenciais de melhorias. Cada Universidade irá receber um estudo, com detalhes sobre cada número e possíveis ações para tentar debater sobre essas mudanças.

No Índice Universidades Empreendedoras 2016, as universidades destaques em cada um dos eixos variaram entre as regiões Sudeste e Nordeste. Em primeiro lugar está a Universidade de São Paulo (USP), em segundo, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e, em terceiro, a Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro. Em quinto, aparece a Universidade Federal do Ceará (UFC). Neste estudo também foram disponibilizados cases de sucesso das universidades analisadas.

A embaixadora da UFRB no Índice 2017, a estudante Thaís Bitencourt, avalia que a pesquisa é o primeiro passo para iniciar uma micro-revolução nas práticas da Universidade. “Na relação com projetos estudantis, de extensão e empresa juniores pude perceber a importância de uma universidade que insira a comunidade acadêmica em um ambiente favorável, para que esta desenvolva a sociedade por meio de práticas inovadoras”, diz a diretora de Marketing da empresa júnior Engenhe Jr.​

Participe da pesquisa de percepção das Universidades Empreendedoras 2017.​

Confira o Índice Universidades Empreendedoras 2016.



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres