Go to the content
Show basket Hide basket
Full screen Suggest an article

Notícias

Gennaio 12, 2009 22:00 , by Unknown - | 1 person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Programa levará até 50 novos bolsistas para atuar em Timor-Leste

Giugno 3, 2013 21:00, by Unknown - 0no comments yet

Até o dia 12 de junho, estão abertas as inscrições do Programa de Qualificação de Docentes e Ensino de Língua Portuguesa no Timor-Leste (PQLP), que seleciona bolsistas para atuar na qualificação de docentes e ensino de língua portuguesa no Timor-Leste.

A iniciativa é da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), vinculada ao Ministério da Educação, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores e o governo do Timor e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O programa teve início em 2005 e chega em 2013 com a previsão de investimento de R$ 3 milhões.

O PQLP tem como objetivo a execução do ensino da língua portuguesa e outras atividades relacionadas à formação de docentes de diversos níveis das instituições de ensino timorenses. Os candidatos que atenderem aos requisitos descritos no edital podem se candidatar por meio de preenchimento de formulário de inscrição online e envio de documentos.

A meta é de enviar 50 docentes por ano ao Timor Leste, para atuar na elaboração e revisão de materiais didáticos, acompanhar professores timorenses na implementação de propostas, desenvolver cursos de português como segunda língua, oferecer cursos de língua portuguesa, entre outras atividades.

As bolsas concedidas pelo PQLP possuem duração de seis meses, podendo ser prorrogadas por até outros seis meses. Os candidatos selecionados recebem mensalidade no valor de € 2.100 para a modalidade Estágio Docente e de € 2.300 para a modalidade Articulador Pedagógico, além de passagem, seguro saúde, auxílio instalação e adicional localidade.

O resultado está previsto para ser divulgado a partir de junho e as atividades iniciadas a partir de agosto.

Mais informações pelo e-mail [email protected] 

Com informações da CAPES.



UFRB recebe visita de comissão do MEC para acompanhamento do curso de Medicina

Giugno 3, 2013 21:00, by Unknown - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) recebeu, na manhã desta segunda-feira (03), a visita de membros da Comissão de Acompanhamento e Monitoramento do Processo de Expansão dos cursos de Medicina nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), instituída pelo Ministério da Educação (MEC) por meio da Portaria N° 20 de 05 de maio de 2013. As professoras Maria Helena Senger, do curso de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), e Denise Herdy Afonso, do curso de Medicina da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), foram recebidas no Gabinete da Reitoria para a primeira reunião oficial sobre o projeto de implantação do curso de medicina na UFRB.

De acordo com Denise Herdy, a proposta do MEC para a expansão do ensino médico tem como meta melhorar os indicadores de saúde nas regiões do País onde os novos cursos serão instalados. “O objetivo da expansão é fixar o profissional no local de sua formação e melhorar a qualidade da assistência em saúde nestas regiões”, disse. Nesta terça-feira (04), está programada uma visita da comissão ao Centro de Ciências da Saúde (CCS), campus da UFRB de Santo Antônio de Jesus, para conhecer a estrutura física que abrigará o novo curso. Durante a visita, as professoras se reúnem com o diretor do Centro de Ensino e com os responsáveis pela elaboração do Projeto de Criação do Curso de Medicina da UFRB.

Dentre as recomendações do MEC, as professoras apontaram que o andamento de cada projeto deve respeitar a realidade regional. Segundo Maria Helena Senger, “a ideia do Ministério é que a comissão continue acompanhando os projetos e ofereça suporte durante todas as fases da implantação”. A previsão é que o curso de Medicina da UFRB seja ofertado já no segundo semestre letivo de 2013, com uma estrutura curricular organizada em regime de ciclos de formação.

Encontros - Em março desse ano, membros da comissão do MEC se reuniram com representantes das IFES, em Brasília, no I Seminário de Planejamento Estratégico dos Cursos de Medicina Criados no Processo de Expansão do Ensino Médico nas IFES. Na ocasião, eles puderam trocar informações sobre os projetos dos cursos e conhecer as experiências de outros países, em que a implantação de escolas médicas no interior apresentou os mesmos resultados esperados pelo MEC. Um segundo encontro da comissão está programado para o mês de julho, também em Brasília.

 



Inscrições para o Sisu 2013.2 começam na segunda-feira, 10

Giugno 3, 2013 21:00, by Unknown - 0no comments yet

Os candidatos ao acesso à educação superior pública já podem conferir a oferta de vagas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação para este segundo semestre. As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira, 10. Ambiente virtual do MEC, o Sisu seleciona estudantes com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Nesta segunda edição de 2013, cada estudante pode fazer até duas opções de curso. Serão 39.724 vagas, em 1.179 cursos, oferecidos por 54 instituições de educação superior públicas integradas ao sistema, entre elas a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). As inscrições estarão abertas até dia 14.

Ao longo do período de inscrições, a classificação parcial e a nota de corte dos candidatos serão divulgadas no portal do sistema na internet. Na mesma página, o estudante pode tirar dúvidas sobre nota de corte, datas das chamadas, período de matrículas nas instituições, resultados e lista de espera.

O sistema ainda permite ao estudante localizar cursos e vagas por meio de pesquisa com a indicação do município, da unidade da Federação e da instituição de ensino. É possível ainda saber em quais instituições estão as vagas pretendidas.

Cronograma - No dia 17 próximo será divulgado o resultado final. A matrícula dos estudantes selecionados em primeira chamada deve ser feita nos dias 21, 24 e 25. Os selecionados com base na segunda opção de curso ou que não atingirem a nota mínima em nenhum dos dois cursos escolhidos podem permanecer no sistema e ser convocados na chamada seguinte, a partir de 1º de julho. Quem não for selecionado em nenhuma das chamadas pode pedir inclusão em lista de espera.

Os candidatos devem conferir a oferta de vagas na página do Sisu na internet.

Com informações do MEC.



Categories

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil