Go to the content
Show basket Hide basket
Full screen Suggest an article

Notícias

January 12, 2009 22:00 , by Unknown - | 1 person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

UFRB lança canais para envio de notícias à sociedade no Telegram

May 31, 2021 18:35, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) conta agora com canais de informação no Telegram. Os usuários da ferramenta podem se inscrever para receber informações de seu interesse, que serão segmentadas em dois canais inicialmente:

O objetivo é ampliar as formas pelas quais as pessoas podem ter acesso a informações sobre a Instituição. A produção dos conteúdos enviados será uma responsabilidade da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade.

O novo canal será utilizado apenas para disseminação de informações. Caso os inscritos queiram entrar em contato com a instituição para fazer algum comentário, a orientação é que enviem e-mail para os setores responsáveis.

Como se inscrever

O Telegram é um aplicativo de celular gratuito, baseado na nuvem, que possibilita a troca de mensagens, áudios, imagens, dentre outros conteúdos. Além disso, ele permite a criação de canais, nos quais os administradores podem enviar mensagens para grupos amplos de usuários interessados em um determinado tipo de conteúdo.

Para se inscrever, é preciso baixar o app Telegram na loja de aplicativos do seu celular e, após o download, procurar pelos canais no campo de busca do app. Quando encontrar o canal desejado, basta selecioná-lo e clicar em "entrar" ou "join", dependendo do idioma do aparelho celular.

Outra opção é fazer o download do aplicativo e, em seguida, clicar nos links dos canais nos quais se tem interesse.

Outros canais

Além do Telegram, a UFRB está presente em várias outras plataformas de comunicação e sites de redes sociais, como InstagramFacebookTwitter e Linkedin e Youtube (canal TV UFRB).



UFRB fica em 3º lugar no Ciclo 2 do Desafio A4F de Startups e Grupos de Pesquisa

May 31, 2021 9:26, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

allforfood2

Pesquisadores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) tiveram destaque com premiação no Ciclo 2 – Desafio de Startups e Grupos de Pesquisa (Desafio All 4 Food), cuja temática em Produtos, Ingredientes, Embalagens do Futuro e Economia Circular, teve a programação online encerrada no último dia 28 de maio. Foram cinco dias de imersão no All 4 Food, programa multidisciplinar ativo, colaborativo e de governança policêntrica no ecossistema de inovação na área de alimentos e bebidas. Congrega pesquisadores e alunos das maiores universidades e centros de pesquisa do país.

Os grupos de pesquisas Núcleo de Estudo dos Insetos (INSECTA) e Laboratório de Probióticos (LAPRO) da UFRB trabalharam integrados e conquistaram o terceiro lugar geral entre os oito grupos pré-selecionados do Brasil inteiro.

Com o terceiro lugar, os pesquisadores foram premiados com 50% de desconto em um dos cursos Aspectos jurídicos ou Empreendedor para empreendedor: Como é o investimento anjo (patrocinado por Anjos do Brasil); Fast pass para a fase de pitch do Programa Germinar de Conexão com Startups (da M. Dias Branco); e ingressos para a próxima Campus Party, em São Paulo (patrocinados pelo SEBRAE).

A organização do evento ainda reconheceu os pesquisadores da UFRB com a distinção “Menção Honrosa” - outros quatro grupos de pesquisa receberam essa referência.

Os grupos INSECTA/LAPRO concorreram no Ciclo 2 na Categoria A: Ideação, Desenvolvimento e Validação e obtiveram o terceiro lugar geral.

São considerados “grupo de pesquisa”, pesquisadores individuais e grupos ou organizações de pesquisa atuando em universidades ou laboratórios de pesquisa públicos ou privados, integrantes do quadro permanente ou temporário de institutos de pesquisa públicos ou privados; professores em qualquer nível de ensino, alunos de iniciação científica, de graduação e pós graduação, e seus orientadores; bem como outras categorias acadêmicas que desenvolvam ciência e tecnologia em qualquer nível de ensino.

Três fases

A disputa do Desafio All 4 Food conta com três fases. O Ciclo 1 do Desafio A4F, já encerrado, destinou-se às soluções com proposta de valor relacionadas à Indústria 4.0, food safety, food fraud e food defense (Mais informações em: https://cors.usp.br/all4food/desafio-a4f-de-startups).

O Ciclo 2 do Desafio A4F destinou-se às soluções relacionadas às grandes temáticas de economia circular, food waste e food loss (desperdício e perda de alimentos), novos ingredientes, produtos e embalagens.

O Ciclo 3 do Desafio A4F, planejado para o segundo semestre de 2021 será voltado a soluções direcionadas às cadeias produtivas e varejo inteligente.

Mais em All 4 Food - https://all4food.com.br.



UFRB tem propostas de cursos aprovadas em Edital de Mobilidade Virtual Internacional

May 29, 2021 16:07, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Três propostas de cursos de curta duração a serem ministrados por professores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) submetidas ao edital do Programa de Mobilidade Virtual Internacional Andifes(Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), foram aprovadas.

As propostas de cursos são: La Sociología Crítica de Florestan Fernandes: los dilemas sociales brasileños y latinoamericanos, com o professor Diogo Valença de Azevedo Costa (CAHL); Black Lives Matter: Cidades Negras no Brasil e Saúde Mental / Black Lives Matter: Villes Noires au Brésil et Santé Mentale, com a professora Regina Marques de Souza (CCS); e France et Brésil « en diptyque » : Alberto Cavalcanti fait du cinema, com a professora Fernanda Aguiar Carneiro Martins (CAHL).

O Programa de Mobilidade Virtual Internacional Andifes – Destino: Brasil tem por objetivo a proposição de oferta coletiva, no âmbito da Andifes, de cursos a serem oferecidos em língua estrangeira a parceiros internacionais, na modalidade virtual, de forma a proporcionar aos participantes uma experiência de imersão em diferentes aspectos da cultura brasileira. Desta forma, pretende-se criar um programa amplo de mobilidade virtual que vise à promoção do Ensino Federal brasileiro no exterior; a valorização e disseminação da(s) língua(s) e da diversidade cultural brasileira em âmbito internacional; o aumento da atratividade internacional das IFES brasileiras e a dinamização do processo de internacionalização das instituições envolvidas.

Segundo a Superintendência de Assuntos Internacionais (SUPAI) da UFRB, a disposição dos professores Diogo Valença, Fernanda Aguiar Carneiro Martins e Regina Marques de Souza em participar deste projeto, contribui para a consolidação das ações de internacionalização da UFRB.

Através desta iniciativa, os professores irão ministrar cursos de curta duração para um público internacional e também para comunidade acadêmica das IFES (Instituições Federais de Ensino Superior) brasileiras. Os cursos deverão acontecer nos meses de julho e agosto, contabilizando um total de seis semanas consecutivas, em datas a serem definidas pelos respectivos ministrantes, respeitando os meses mencionados.



UFRB e Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente criam Comitê Mata de Cazuzinha

May 28, 2021 13:09, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

cazuzinha1

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio do Centro Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB) e a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Cruz das Almas (SEAMA) assinaram protocolo de criação do Comitê Mata de Cazuzinha, em solenidade ocorrida nesta última quinta, dia 27.

A criação do comitê vai permitir o desenvolvimento de atividades de pesquisa, preservação, recuperação, educação e uso ambiental da Mata.

O Comitê é formado por oito profissionais – quatro de cada instituição. Os representantes da UFRB são o biólogo Grenivel Mota da Costa, o professor Renato de Almeida; o professor e engenheiro florestal Josival Santos Souza e professor e geógrafo Gustavo Luis Schacht. Pela SEAMA, o secretário Leone Ricardo, o assessor especial, Robson Pereira, a diretora do departamento de meio ambiente, Kely Patrícia Rosário, e a engenheira florestal Karolina Montenegro.

Reconhecida como fragmento de Mata Atlântica, a Mata de Cazuzinha é localizada no meio do município de Cruz das Almas e é um importante registro do ecossistema, contando com espécies exclusivas da área, que foram descritas nos últimos anos. O secretário Leone Ricardo, conta que o foco da Prefeitura desde o início da gestão teve o objetivo de estruturar as ações ideais para cuidar com responsabilidade do local.

Segundo Leone, “queremos estabelecer ações duradouras e que perpassem as gestões desta secretaria ao longo dos anos. Para isso, nada melhor que fundar um comitê junto com a UFRB, que dispõe de inúmeros especialistas e, sem dúvidas, irá mudar a atual realidade desse fragmento".

O diretor do CCAAB, professor Elvis Lima Vieira, acredita que é importante a parceria da universidade com a prefeitura. “Essa aproximação é muito interessante para os alunos e professores para termos mais um campo de atividades de ensino, pesquisa e extensão. Também é uma prestação de serviço à comunidade, demonstrando os aspectos benéficos da conservação e sustentabilidade de nossa fauna e flora”.

{youtube}74t8XOuv8OE{/youtube}

Mata Atlântica

Para marcar o Dia Nacional da Mata Atlântica, comemorado neste dia 27, uma muda de ipê branco foi plantada, em ato simbólico em frente ao prédio do CCAAB. "É importante salientar que a Mata Atlântica é um dos biomas com maior biodiversidade do planeta. Nós somos privilegiados em termos uma parte desse tesouro encravado no centro de nossa cidade. Precisamos conhecer, entender e preservar esse espaço”, afirmou Leone.

A UFRB já renovou o acordo de cooperação técnica com a Prefeitura de Cruz das Almas, que entre as ações previstas, está a entrega de 10 mil mudas de espécies nativas para a recuperação de áreas na Mata de Cazuzinha, bem cromo de variedades exóticas para a arborização de ruas e praças. Até o final deste ano, mil plantas terão sido entregues.

Com informações da ASCOM/Prefeitura de Cruz das Almas.



A história das vacinas e pesquisas com cacau no próximo Univerciência

May 28, 2021 11:33, by UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

{youtube}d7WZju_Chqk{/youtube}

No Univerciência deste sábado (29), pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vão contar a história do surgimento das vacinas. O programa mostra também a descoberta do grupo de pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) de um composto capaz de combater as superbactérias, e a pesquisa das composições alimentícias de chocolate e de gelado comestível, que proporcionou à Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), sua terceira carta patente. No ar pela TVE aos sábados, às 14h30, o programa tem horários alternativos às segundas-feiras, às 20h, e quartas-feiras, às 7h30.

Sabemos hoje que as vacinas são produzidas por microorganismos conservados em laboratório, sendo atenuados ou inativados. Porém, a história da vacina começa com a varíola no século XVIII. A partir da observação de trabalhadores da agropecuária que adoeciam da varíola bovina foi constatado a imunidade da varíola humana. Ao perceberem a proteção, os pesquisadores imunizaram um adolescente com a varíola bovina e conseguiram provar para a população que ele estava imune a variante humana. Esses conhecimentos, experimentos e descobertas, que aconteceram graças às pesquisas científicas, serão contados no programa por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba produziram um composto que pode combater as temidas superbactérias, altamente resistentes aos antibióticos. A composição atua para evitar que a bactéria coloque para fora os antibióticos e foi descoberta a partir do ácido celeno glicólico.

O cacau é um dos principais frutos produzidos no sul da Bahia. “Composição Alimentícia com ‘mel de cacau’ é o título da invenção que fez com que a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia obtivesse sua terceira carta patente, emitida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), em fevereiro de 2021. O programa vai mostrar como a pesquisa trata das composições alimentícias de chocolate e de gelado comestível, a partir do chamado ‘mel de cacau’. O produto também promete ser um substituto natural do açúcar, além de ser uma esperança para a crise do agronegócio do cacau no Brasil causada, inclusive, pela devastação da vassoura de bruxa.

O programa Univerciência tem a participação de instituições de todos os estados nordestinos a partir da parceria entre as universidades e televisões públicas da região. A produção do conteúdo é colaborativa e a veiculação acontece em TV’s públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras e das universidades na Internet.

Onde assistir

Sábado, 29/05, às 14h30, no canal do Youtube da TVE.

Segunda, 31/05, às 10h, no canal do Youtube da TV UFRB.



Categories

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil