Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

VII SEMULPATO aborda saúde e educação em Amargosa

25 de Outubro de 2013, 14:13 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 89 vezes

"Passamos a ver o indivíduo, neste caso, crianças e adolescentes, por vários ângulos, a exemplo do âmbito social no qual o indivíduo está inserido. Isto faz com que nossa formação seja menos tecnicista e mais humanista". A fala da estudante Tatiana Santos, quarto semestre de nutrição, traduz um dos objetivos do VII Seminário Multiprofissional de Patologia (VII SEMULPATO) do Centro de Ciências da Saúde, realizada na cidade de Amargosa, no Instituto Nordeste Cidadania, em 17 de outubro.

Além de trabalhar com estudantes dos cursos de graduação em enfermagem e nutrição, o evento tem como proposta o diálogo com outros cursos do próprio CCS, campus de Santo Antônio de Jesus, e do Centro de Formação de Professores (CFP), campus de Amargosa. "A possibilidade de articulação entre educação e saúde já deu certo, diversas políticas públicas mostram isso. E fazer essa articulação entre diferentes Centros de Ensino da UFRB é uma oportunidade real de garantir que a multicampia está acontecendo", aponta a professora Deyse Santos do CCS. Da mesma forma, o professor George Soares do CCS afirma que o encontro enriquece o diálogo entre as duas áreas.

Criado desde 2007, este ano o seminário itinerante teve como tema "Doenças na infância e na adolescência e suas repercussões na escola em uma abordagem multiprofissional e interdisciplinar". "A doença muitas vezes aparece dentro da escola e o professor pode ser a primeira pessoa quem a detecta", destaca o professor e idealizador do seminário George Soares. Ele foi o responsável pela palestra de abertura "Desorganização Afetiva e Viroses na infância".

"Tenho certeza que todos sairão daqui transformados", falou Deyse Santos na mesa de abertura. Ao seu lado, o diretor do CFP, Clarivaldo Sousa parabenizou a comissão organizadora do evento e enfatizou a multidisciplinaridade como fator fundamental na educação dos estudantes. Em sua opinião, o conhecimento não pode ser fragmentado e o SEMULPATO é um forte exemplo de integração multicampia.

A programação contou com uma mesa redonda sobre inclusão e a escola na perspectiva biológica, psicológica e pedagógica. Para completar, diversas palestras, entre elas: "aspectos epidemológicos das patologias crônica não transmissíveis na infância", "violência contra criança e adolescente e suas repercussões psicossociais"; "políticas públicas de alimentação e nutrição no ambiente escolar: reflexos sobre saúde de crianças e adolescentes"; "doença falciforme na infância e as repercussões na vida escolar"; "a importância da atividade física na infância e na adolescência"; "hospitalização infantil e suas repercussões na vida escolar"; "suporte básico de vida na escola". A pintura de um mosaico, simbolizando a participação no evento, também foi feita.

Para 2014, o SEMULPATO será realizado no campus de Cruz das Almas. De acordo com o professor George Soares, a temática também irá dialogar com os cursos dos Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas (CCAAB) e Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC).

Confira as fotos do evento:

{gallery}noticias2013/vii-semulpato{/gallery}


Fonte: http://www.ufrb.edu.br/agencia/cursos-e-eventos/3379-vii-semulpato-aborda-saude-e-educacao-em-amargosa

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar

    UFRB

    Brazil