Gehe zum Inhalt

Warenkorb

Warenkorb leeren
Einkauf beenden
Gesamt:
Warenkorb anzeigen Warenkorb verstecken
Vollbild Einen Artikel vorschlagen

Notícias

January 12, 2009 22:00 , von Unbekannt - | 1 Person following this article.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

Treinamentos do Portal de Periódicos serão online em 2016

February 25, 2016 12:14, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Em 2016, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) passará a ministrar os treinamentos do Portal de Periódicos via web. O principal objetivo é atender cada vez mais usuários da biblioteca virtual, uma vez que o meio digital permite o acesso rápido e fácil às informações, sem limitação do tempo dos instrutores ou da logística necessária para se colocar usuários e multiplicadores em um mesmo local e hora. A agenda do ano já está em andamento.

A tecnologia utilizada será o Mconf – serviço de multiconferência desenvolvido pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), com ampla capacidade de comunicação em áudio e vídeo em tempo real. As inscrições continuam da mesma forma: os interessados devem acessar a área de Treinamentos do Portal para garantirem a participação. Além da capacitação promovida pelo Portal de Periódicos, haverá também treinamentos dos editores com os quais a Capes assina contrato. Ambos os tipos de sessões seguirão os mesmos padrões para inscrições, acessos e realização do curso.

Requisitos básicos

Para receber o certificado, é imprescindível que o usuário realize a inscrição no Portal, uma vez que o documento que atesta a participação no treinamento ficará disponível no “Meu Espaço”. O curso terá turmas todos os dias, em turnos intercalados. Para evitar intercorrências no acesso à sala de aula virtual, recomenda-se abrir o link de acesso ao Mconf – que será enviado para o e-mail cadastrado – pelo navegador Mozilla Firefox. Também é necessário ter os softwares Java e Flash atualizados no computador.

Resultados

Em 2015, foram realizados 35 treinamentos presenciais, qualificando um público de mais de quatro mil pessoas da comunidade acadêmica – docentes, pesquisadores, bibliotecários, alunos de graduação e pós-graduação e profissionais de diversas áreas. Em comparação com 2014, o número de turmas dobrou. A expectativa é de que cresça ainda mais em 2016, devido à facilidade proporcionada pelo Mconf para a prática das aulas.

Por meio da capacitação é possível verificar qual é o conteúdo que está disponível para a comunidade acadêmica e científica brasileira, compreender de forma mais clara as ferramentas de pesquisa que estão disponíveis e com isso facilitar o processo de busca pela informação desejada no menor tempo possível. Ou seja, essa oportunidade permite aos usuários reconhecer a informação que precisam e melhorar a habilidade de localizar, avaliar e usar efetivamente a informação.

Contato

Em caso de dúvidas sobre os treinamentos online, o e-mail de contato para atendimento aos usuários é [email protected].



CNPq recebe até março inscrições para o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia

February 23, 2016 18:45, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Estão abertas até o dia 07 de março deste ano as inscrições para o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia.

Com o tema "Inovação e Empreendedorismo", o Prêmio é atribuído a cinco categorias: Iniciação Científica; Estudante Universitário; Jovem Pesquisador; Pesquisador Sênior, categoria incluída nesta nova edição; e Integração. As inscrições devem ser feitas exclusivamente no endereço do prêmio. 

O prêmio é lançado anualmente e de forma simultânea nos países membros e associados ao MERCOSUL: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Para esta edição, o projeto ou trabalho de pesquisa deverá abordar uma ou mais das seguintes linhas: Inovação tecnológica; Geração de startups e aceleradoras; Gestão da Inovação, compreendendo os processos, serviços, estratégias e recursos envolvidos; Modelos e propostas de ambiente gerador de idéias, dentro da empresa ou instituição, voltadas para a inovação tecnológica e o empreendedorismo e Ferramentas e treinamentos facilitadores da criação e manutenção de uma cultura empreendedora na empresa ou instituição.

A divulgação do resultado está prevista para acontecer até o dia 31/05/2016, na página no Prêmio na internet.

O Prêmio - Instituído em 1998 pela Reunião Especializada em Ciência e Tecnologia do MERCOSUL (RECyT) com a denominação Prêmio Mercosul para Jovens Pesquisadores e a partir da edição de 2004 o prêmio passou a ser denominado Prêmio Mercosul para Ciência e Tecnologia.

O Prêmio é organizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil (MCTI) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), conta com o apoio institucional da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) e do Movimento Brasil Competitivo (MBC) e patrocínio da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O objetivo é reconhecer e premiar, entre os países membros e associados ao MERCOSUL, os melhores trabalhos de estudantes, jovens pesquisadores e equipes de pesquisa; incentivar a realização de pesquisa científica, tecnológica e a inovação; e contribuir para o processo de integração regional, mediante incremento na difusão das realizações e dos avanços no campo do desenvolvimento científico e tecnológico local.

Informações Ascom CNPQ



Nova direção do CAHL toma posse

February 22, 2016 14:55, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

Na tarde da última sexta-feira, 19, foi realizada a solenidade de posse dos professores Jorge Cardoso Filho e Gabriel da Costa Ávila para os cargos de direção e vice da direção do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em Cachoeira.

A mesa de abertura foi composta, além dos professores empossados, pelo reitor da UFRB, Silvio Soglia; pelo diretor cessante, Wilson Penteado; pelo representante dos servidores técnico-administrativos, Leonardo de Freitas; dos docentes, Antonio Eduardo de Oliveira; e discentes, Antônio Taffarel. Na solenidade, também estavam presentes pró-reitores, gestores da Instituição e outras autoridades locais.

O professor Wilson que exercia o cargo de diretor agradeceu a equipe de gestão, a comunidade acadêmica e os parceiros nos desafios de consolidação do centro. Desejou ainda sucesso aos novos diretores e apresentou um relatório com o balanço da gestão.

Jorge Cardoso agradeceu a confiança da comunidade acadêmica para com a nova gestão do centro. “Queremos representar os anseios da nossa comunidade acadêmica em todos os órgãos institucionais dessa universidade, consolidar a produção científica existe e fortalecer canais de diálogo. É preciso fazer que o CAHL atue de forma mais orgânica e articulada. Agradecemos especialmente à comunidade externa que nos apoia e nos ensina a cada dia a admirar e conviver nas nossas diferenças e semelhanças”, comentou.

Já o vice-diretor Gabriel da Costa Ávila, reafirmou a disposição da nova gestão pela transparência, pelo diálogo e pelo compromisso de defesa de um espaço de inclusão e de excelência acadêmica. “Vamos fortalecer essa ideia de construir as pautas de forma coletiva. O desafio que nós temos é grande, mas coletivamente vamos ter sucesso”, ressalta. O reitor Silvio Soglia agradeceu as contribuições da direção anterior e também parabenizou a nova equipe e comunidade acadêmica pelo processo de escolha da direção.

O novo diretor do CAHL, Jorge Cardoso, é jornalista graduado pela UFBA (2004), mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA (2006) e doutor em Comunicação pela UFMG (2010). O vice-diretor, Gabriel da Costa Ávila, cursou Doutorado (2015) e Mestrado (2011) no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Minas Gerais, Licenciatura e Bacharelado em História pela Universidade Federal da Bahia (2008).

Eleita pela comunidade acadêmica do CAHL, a nova diretoria assume para o quadriênio 2016-2019. Confira fotos da cerimônia:

 {gallery}noticias2016/possecahl{/gallery} 



Dengue, Chikungunya e Zika são tema do X SEMULPATO na UFRB

February 21, 2016 19:27, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

As “Arboviroses emergentes no Recôncavo da Bahia - Dengue, Chikungunya e Zika” estiveram em pauta no X Seminário Multiprofissional de Patologia (SEMULPATO) realizado na quinta-feira, 18 de fevereiro, no Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Estudantes, professores e profissionais da saúde se reuniram em rodas de conversas e sessão científica para esclarecimentos acerca do assunto que está mobilizando o Brasil.

Fizeram parte da mesa de abertura do evento o chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus, Jorge Bulhões; a secretária de Saúde do município, Laurijane Mercês; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Brito; a diretora do CCS, Flávia Henrique; a professora e egressa da primeira turma de Enfermagem da UFRB, Juliana Ribeiro, e o professor e coordenador do SEMULPATO, George Mariane.

“O X SEMULPATO consolida a agenda de eventos de extensão do CCS”, anunciou a diretora Flávia Henrique. Ela parabenizou os organizadores pela forma criativa e participava como o evento é realizado e pelo leque de parcerias e a quantidade significativa de atores internos e externos que envolve. A diretora também destacou a transmissão ao vivo do evento pelo canal do Youtube da UFRB e Rádio Andaiá FM. “O uso da comunicação aproxima o conhecimento científico da população, o que se torna ainda mais oportuno diante de um tema central como o das arboviroses”, disse. Para ela, o enfrentamento do problema requer a integração entre poder público, universidades e sociedade civil para a promoção de ações convergentes e sincronizadas.

O presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Brito, parabenizou a UFRB pela iniciativa de reunir os interessados em debater o tema e chamou atenção para o papel de todos no combate ao Aedes aegypti. “Muitas vezes somos omissos e não nos damos conta do perigo que estamos correndo quando um vizinho tem um criadouro em casa, mas temos que estar vigilantes. Essa não é só uma luta do poder municipal ou da UFRB, é um momento que todos têm que se unir”, afirmou.

Mobilização e conscientização

A secretária de Saúde Laurijane Mercês reforçou a importância da conscientização. “Não adianta o poder público realizar ações de promoção da saúde se não houver a mobilização da população”, disse. Ela informou que a Prefeitura iniciou mutirões de visitas a residências no bairro da URBIS 4 e que irá intensificar em outros bairros de grande incidência das arboviroses. De acordo com a secretária, a melhor forma de chegar até as pessoas é por meio da informação e ressaltou a contribuição da UFRB no contexto regional para fortalecer e disseminar tais conhecimentos. “Momentos como esse ajudam a reforçar as estratégias para o cenário que estamos vivendo”, acredita.

O coordenador do SEMULPATO, professor George Mariane, afirmou ser um dever da Universidade abordar temas que são um anseio da sociedade. Segundo ele, para além da atualidade da questão é preciso alinhar os profissionais de saúde para seu entendimento. “Temos um pânico instalado e temos um problema. É preciso acalmar o pânico e nos instrumentalizar para resolver o problema. E a educação é a base para entender a dimensão de qualquer condição de saúde”, defendeu. Para Mariane, o evento é também “uma etapa imprescindível da formação dos novos profissionais que vão chegar ao mercado com uma visão muito mais ampla”.

A professora Juliana Ribeiro, egressa da primeira turma de Enfermagem da UFRB, endossou as palavras do coordenador do evento. “Acredito que eventos como esse fazem todo um movimento de reorientação, de pensar diferente a formação. O SEMULPATO vem consolidar o tripé da Universidade: ensino, pesquisa e extensão”, disse. A professora e os demais presentes durante a abertura assinaram um termo de compromisso a fim de apoiar a criação de uma rede de atenção às famílias das crianças com microcefalia, a proteção das gestantes e o combate ostensivo ao Aedes aegypti.

Programação paralela

Durante o X SEMULPATO foram oferecidos aos participantes diversos serviços de saúde como atualização vacinal, orientação nutricional, avaliação de glicose sanguínea, aferição de pressão arterial, dentre outros. Atividades de arte-cultura como a confecção coletiva de uma mandala e momentos de integração com os internos do Lar dos Idosos também marcaram o evento.

O seminário recebeu ainda a visita de gestantes da Rede Cegonha que participaram da simulação de um parto humanizado e de terapeutas do Centro Espiritualista Porto das Amizades que atuaram no Espaço Saúde Complementar, com terapias integrativas de Aromoterapia, Reiki e Cromoterapia. O encerramento cultural ficou por conta do Samba do Machucador.

{gallery}noticias2016/semulpato{/gallery}



UFRB participa de Mobilização Nacional da Educação Zika Zero

February 19, 2016 18:19, von UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - 0no comments yet

{youtube}oGUMddiFULg{/youtube}A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) participou nesta sexta-feira, 19 de fevereiro, da Mobilização Nacional da Educação Zika Zero. A atividade integra o esforço permanente do Governo Federal, em parceria com os estados e municípios, no enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti. Um grupo de trabalho formado por servidores do quadro administrativo da UFRB reuniu-se com a Secretaria de Educação de Cruz das Almas para firmar um calendário de ações e também visitou escolas do município para engajar estudantes e professores no combate.

O coordenador de Programas de Extensão (Coproext) da UFRB, Alessandro Correia, destacou a importância da mobilização. “Hoje é o dia D de combate ao mosquito. O Ministério da Educação fez essa convocação necessária e convidou a rede educação como um todo para cumprir essa missão de combater o Aedes aegypti”. E complementou: “esse cenário de gravidade é um desafio de toda sociedade, temos que compreender que é nossa responsabilidade evitar que esse mosquito se prolifere”.    

A Escola Municipal Joaquim de Medeiros, situada no campus da UFRB em Cruz das Almas, recebeu a visita de servidoras da Universidade para uma palestra de conscientização contra o mosquito e entrega de panfletos. Para a diretora, Ana Georgina, a escola é uma local que gera multiplicadores. “A criança leva a informação para casa e ajuda a divulgar. Já desenvolvemos diversos projetos, ano passado realizamos um teatro em parceria com o Posto de Saúde Família (PSF) do bairro da Tabela cujo tema era o combate ao Aedes aegypti.

A mobilização também passou pelo Centro Educacional Cruzalmense (CEC) e no Colégio Municipal Virgildásio Sena. Em reunião com professores e alunos, os membros do grupo de trabalho da UFRB debateram a importância de que combate ao mosquito se torne um assunto transversal e constante nas escolas. A professora de matemática do CEC, Cibele Fonseca, destacou que se cada um fizer sua parte vai poder colaborar para a extinção do mosquito transmissor da Zika. “Com essas ações já conseguimos perceber mudanças de atitude. Uma aluna relatou que todas as garrafas de sua casa estavam viradas para cima e ela virou para impedir que o mosquito nascesse”.  

Zika Zero em Serrinha

Em ação paralela no município de Serrinha, o reitor da UFRB Silvio Soglia participou da abertura da Mobilização Nacional da Educação Zika Zero. O reitor representou o secretário de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do MEC, Paulo Gabriel Nacif, e integrou a mesa solene do evento, ao lado do prefeito Osni Cardoso, do bispo Dom Ottorino Assolari, da secretária Municipal de Educação Gelcivânia Mota e do secretário de Saúde Jorge Gonçalves.

Na oportunidade, o reitor Silvio Soglia disse da preocupação da UFRB na ajuda para combate ao mosquito. “No Brasil, são 60 milhões de pessoas vinculados à Educação, vamos reproduzir informações para conscientização nas escolas, em casa”, disse Soglia. Ele participou de caminhada e visitas a residências e escolas do município.

Informações e fotos de Serrinha cedidas pela Prefeitura Municipal.

{gallery}noticias2016/zika-zero{/gallery}



Kategorien

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil