Ir para o conteúdo
Mostrar cesto Esconder cesto
Tela cheia Sugerir um artigo

Notícias

12 de Janeiro de 2009, 22:00 , por Desconhecido - | 1 pessoa seguindo este artigo.
Notícias publicadas no portal oficial da UFRB e clonadas nessa comunidade.

UFRB apresenta na Bahia Pesca nova tecnologia para criação de Tilápia no semiárido

19 de Fevereiro de 2014, 9:12, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Apresentação do sistema caseiro de piscicultura (Foto: Ascom Bahia Pesca)Inovação tecnológica para a convivência com a seca. Esse é o objetivo do Projeto PeixeFácil, apresentado pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) nesta terça-feira, 18, para análise da Bahia Pesca. O sistema será inicialmente implantado na Estação Experimental de Pedra do Cavalo e direcionando as atividades para a região do semiárido baiano como forma alternativa de estímulo à produção e produtividade diante de condições climáticas desfavoráveis à piscicultura. O próximo passo é estabelecer um termo de cooperação técnica entre as duas instituições, sob a supervisão do pesquisador da UFRB Antônio José da Silva Júnior, criador do sistema.

Idealizado como sistema caseiro de piscicultura o Projeto PeixeFácil  prevê otimização de recursos hídricos e democratização da atividade uma vez que requer materiais simples com fácil manutenção e operação. “O projeto toma proporções ainda melhores quando conseguimos aliar seus objetivos com o plano de trabalho do Governo do Estado que colocou as alternativas de convivência com a seca como prioridade na Bahia”, comentou o presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto, durante a apresentação do PeixeFácil, ressaltando que a viabilidade econômica, aliada à possibilidade de criação de um sistema de hidroponia vertical, pode atender até quatro famílias.

“Dessa forma, esperamos nortear novos experimentos vinculados à produção de Tilápias em mini sistemas intensivos caseiros de recirculação, incentivando o desenvolvimento de metodologias capazes de garantir e viabilizar a produção de pescados em nível caseiro no âmbito de pequenos piscicultores familiares e microempreendedores”, enfatiza Peixoto.

Outro aspecto positivo é não impactar o meio ambiente e ocupar pouco espaço para a montagem do sistema. “Os efluentes são transformados em biofertilizante agrícola e o manejo simples auxilia na melhoria de produtividade e precocidade das matrizes”, explica o Assessor de Projetos Institucionais da Bahia Pesca, Eduardo Rodrigues, acrescentando que a resposta zootécnica da Tilápia é a melhor opção em se tratando se um sistema de recirculação fechado como o proposto pelo PeixeFácil.

Tanques de cultivo feitos em polietileno cobertos com toldos (Foto: Antônio Júnior)Aspectos Técnicos – O Projeto PeixeFácil, já implantado na área experimental da UFRB em Cruz das Almas, possui três tanques de cultivo feitos em polietileno, com capacidade para cinco mil litros para criação de Tilápia. Ao lado destes são colocados tanques reservatórios para reposição de água e logo em seguida os biodigestores, biofiltros e o sistema de hidroponia vertical. Os tanques principais são produzidos com um visor estanque de policarbonato translúcido para observação dos peixes.

Existem ainda toldos de cobertura para proteção, unidade compacta de bombeamento, filtragem mecânica e biológica, esterilização, aquecimento, oxigenação e recirculação de água entre outros itens. “E tudo isso em apenas oito metros quadrados, com toda a estrutura elétrica e hidráulica necessárias”, informa o pesquisador Antônio José da Silva Júnior.

Fonte: Bahia Pesca



Fapesb e Sema lançam edital de apoio à formação e articulação de redes de pesquisa ambiental

18 de Fevereiro de 2014, 16:46, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Foi lançado na última segunda-feira, 17 de fevereiro, o Edital Fapesb/Sema N°002/2014 de Apoio à Formação e Articulação de Redes de Pesquisa Ambiental no Estado da Bahia. As submissões de trabalho devem ser feitas até 16 de maio.

Os projetos apresentados devem estar em conformidade com as Áreas Temáticas/Linhas de Pesquisa abaixo indicadas:

  1. Biologia da Conservação e Ecologia de Ecossistemas;
  2. Tecnologias Limpas e Melhores Tecnologias Disponíveis;
  3. Recuperação de Áreas Degradadas e Restauração de Ecossistemas;
  4. Qualidade Ambiental e Indicadores de Sustentabilidade;
  5. Socioambiente e Economia Ambiental.

Os recursos para este Edital serão da ordem de R$ 3.900.000,00. Poderão ser submetidos projetos de pesquisa científica e/ou tecnológica desenvolvidos em universidades, instituições de ensino superior, centros de pesquisa e desenvolvimento, públicos ou particulares (sem fins lucrativos), localizados no Estado da Bahia, até valor máximo de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) por projeto. Todas as informações e requisitos para apresentação das propostas constam no Edital Fapesb/Sema N° 002/2014.

O Edital é uma iniciativa do Governo do Estado, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), e convoca pesquisadores a apresentarem propostas para o apoio financeiro a projetos de pesquisa científica e/ou tecnológica na área ambiental. O intuito é ampliar o conhecimento sobre a biodiversidade e o funcionamento dos ecossistemas e biomas baianos, além dos aspectos sociais, econômicos e tecnológicos relacionados ao uso dos recursos naturais. 

Mais informações: Fapesb e Sema

Fonte: Fapesb



Fapesb lança edital de apoio à formação e articulação de redes de pesquisa ambiental

18 de Fevereiro de 2014, 16:46, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Foi lançado na última segunda-feira, 17 de fevereiro, o Edital Fapesb/Sema N°002/2014 de Apoio à Formação e Articulação de Redes de Pesquisa Ambiental no Estado da Bahia. As submissões de trabalho devem ser feitas até 16 de maio.

Os projetos apresentados devem estar em conformidade com as Áreas Temáticas/Linhas de Pesquisa abaixo indicadas:

  1. Biologia da Conservação e Ecologia de Ecossistemas;
  2. Tecnologias Limpas e Melhores Tecnologias Disponíveis;
  3. Recuperação de Áreas Degradadas e Restauração de Ecossistemas;
  4. Qualidade Ambiental e Indicadores de Sustentabilidade;
  5. Socioambiente e Economia Ambiental.

Os recursos para este Edital serão da ordem de R$ 3.900.000,00. Poderão ser submetidos projetos de pesquisa científica e/ou tecnológica desenvolvidos em universidades, instituições de ensino superior, centros de pesquisa e desenvolvimento, públicos ou particulares (sem fins lucrativos), localizados no Estado da Bahia, até valor máximo de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) por projeto. Todas as informações e requisitos para apresentação das propostas constam no Edital FAPESB/SEMA N° 002/2014.

O Edital é uma iniciativa do Governo do Estado, por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) e convoca pesquisadores vinculados a auniversidades, instituições de ensino superior, centros de pesquisa e desenvolvimento científico e/ou tecnológico, públicos ou particulares (sem fins lucrativos), localizados no Estado da Bahia, a apresentarem propostas para o apoio financeiro a projetos de pesquisa científica e/ou tecnológica na área ambiental. 

Mais informações: Fapesb

Fonte: Fapesb



Administração Central da UFRB se reúne com estudantes residentes

18 de Fevereiro de 2014, 15:14, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Foto: Jheffeson JheksonA Administração Central da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) se reuniu na manhã desta terça-feira, 18, com os estudantes das Residências Universitárias do campus de Cachoeira para discutir os pontos de pauta da ocupação que bloqueou o acesso ao prédio que abriga a Coordenadoria de Tecnologia da Informação (COTEC) e a Superintendência de Implantação e Planejamento do Espaço Físico (SIPEF).

Os estudantes ocuparam o prédio das duas unidades administrativas nesta terça-feira, 18, por voltas das 10 horas. As demandas que culminaram na ocupação estão ligadas a questões de infraestrutura das Residências Universitárias, conectividade (relacionada à internet), reforço da segurança e pagamentos dos auxílios estudantis por parte do MEC. Logo após a ocupação, foi iniciada a negociação com a Administração Central da UFRB.

Estiveram presentes na reunião o pró-reitor de Planejamento (PROPLAN), Juvenal Conceição; o pró-reitor de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (PROPAAE), Ronaldo Barros; o coordenador de Tecnologia da Informação (COTEC), Anderson Lago, e os chefes dos Núcleos de Gestão de Atendimento a Usuário, José Sérgio da Silva, e de Segurança da Informação, Tcherrison Diniz.

A negociação resultou na desocupação do prédio por volta das 12 horas, com a elaboração de uma agenda de negociação com a Administração Central da UFRB e o compromisso de avaliar as demandas prioritárias em visitas técnicas às Residências do campus de Cachoeira. Uma nova reunião sobre a pauta está agendada para o dia 25 de fevereiro com os estudantes. 



PET Agronomia abre seleção de duas bolsistas do sexo feminino

18 de Fevereiro de 2014, 12:06, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O Programa de Educação Tutorial do curso de Agronomia (PET Agronomia) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) torna pública a realização do processo seletivo para provimento de vagas para bolsistas. São disponibilizadas duas vagas para candidatas do sexo feminino. As inscrições devem ser realizadas na sala do PET Agronomia, no Pavilhão de aulas II, campus Cruz das Almas, até o dia 24 de fevereiro.

Dentre os requisitos básicos estão: matrícula igual ou superior ao segundo semestre no curso de Agronomia da UFRB; coeficiente de rendimento acadêmico maior ou igual a 6,0; dedicar 20 horas semanais às atividades do programa, e não ter outra bolsa, de qualquer natureza.

O processo seletivo será realizado em etapa única, constituída das seguintes avaliações: coeficiente de rendimento do histórico escolar, entrevista e redação dissertativa. A primeira avaliação será a Redação Dissertativa, que ocorrerá no dia 26 de fevereiro, às 18h30, no Pavilhão de Aulas II, campus Cruz das Almas. A segunda avaliação será a Entrevista, que ocorrerá no dia 27 de fevereiro, às 18h30, também no Pavilhão de Aulas II, campus Cruz das Almas.

O resultado final da seleção será publicado e divulgado no site do PET Agronomia da UFRB no dia 7 de março. As duas primeiras classificadas serão efetivadas a partir de 10 de março. As candidatas selecionadas receberão uma bolsa no valor de R$ 400,00 fixada pelo MEC-SESu e paga mensalmente.

Confira o Edital Nº 01/2014 – PET Agronomia.

Mais informações no site www.ufrb.edu.br/petagronomia ou pelo email [email protected]



Categorias

Bahia, Comunicação, Cultura, Formação, Marco Legal, Pesquisa e tecnologia, Políticas públicas, Relações internacionais, Saúde popular, Software, cultura e conhecimentos livres

UFRB

Brazil